“Três dicas” para orar em línguas


Veja também: Como orar em línguas.

Primeira dica: imagine a Xuxa no auge de sua fama cantando “ilariê”.

 

 

 

 

 

Segunda dica: mentalize o Scoopy-Doo no final de cada desenho… isso mesmo, quando eles desvendaram o “mistério”.

 

 

 

 

 

Terceira dica: pense agora no Fred Flinstitone muito feliz por ter recebido uma promoção no trabalho, ou por ter recebido um beijinho da Vilma.

 

 

 

 

 

 

Pronto! Agora é só ir para o grupo de oração mais próximo (ou qual quer culto protestante pentecostal na esquina) e mostrar pra todo mundo que “Deus faz maravilhas” em você. Claro que nem você entende o que diz, mas tudo bem, não importa, você agora é um carismático!!!

About these ads

167 Respostas to ““Três dicas” para orar em línguas”

  1. Marcos Says:

    Caro irmão,

    Acredito que vc tenha generalizado os grupos de oração.
    FAVOR REPENSAR NO QUE FOI ESCRITO.

    SDS,

    • Moisés Says:

      Marcos, referia-me aos grupos de oração da RCC, estes que se oram em línguas mesmo.
      Não me referí logicamente aos grupos católicos de oração, onde realmente se têm oração.

      • Cristo Jessus Says:

        vc e um grande idiota pq eu oro em linguas e isso q vc falou e uma grande mentira vai te catar nós da RCC oramos de verdade não precisamos de coisas bobas pra aprender e um dom não um aprendizado.

      • Moisés Gomes Says:

        Ué, então por que o Pe. Jonas Abib ensina como orar em línguas?

      • Alinny Silva Says:

        Ain queria Tanto ter o Dom mas Acho q Não Tenho , mas Acho lindoo ver orando em Linguas

      • Moisés Gomes Says:

        Quer “aprender este dom”?
        O Padre Jona ensina…

    • andreia Says:

      caro irmão ,se voçe acha que é tão facil assim que não se trata de um dom de Deus , tente se voçe conseguir me diga !

      • Moisés Gomes Says:

        Andreia, eu já “orei em línguas” quando era da RCC. Inclusive se espantaram por tão cedo ter “recebido” este dom quando lá entrei.

    • Rogério Says:

      Isso é uma coisa idiota

  2. ilza lucas Says:

    vc deveria ser mais específico a quem deseja criticar. Se aos nossos grupos de oraçoes ou se somente aos protestantes.
    lembre-se que nos grupos de oraçoes nos temos pessoas que oram em linguas com a bençao do paroco.
    acho vc muito infeliz nessa.

    • Moisés Says:

      Cara Ilza, ficou claro sim.
      Refiro-me a todos os grupos de orações onde existe a tal “oração em línguas”.
      Esta não corresponde ao evento de Pentecostes, pois todos comprendiam o que os Apóstolos falavam.
      Você entende o que reza Ilza?
      Que pena este pároco estar errado Ilza.
      Orar em línguas ininteligíveis Ilza é sinal de possessão demoníaca, por mais que um Padre venha aprovar tal absurdo.
      Outra coisa:denunciar os erros do protestantismo e da RCC é a mesma coisa. Ambos são essencialmente protestantes.
      Passar bem.

      • RICARDO Says:

        CARO AMIGO, PARTICIPO DO GRUPO E ORAMOS EM LINGUAS E TEMOS VISUALIZAÇOES. TEMOS TESTEMUNHOS NO NOSSO GRUPO DE LIVRAMENTO DE ASSALTOS, SEQUESTRO E ACIDENTES Q SERIAM TRAGICOS, E TUDO FOI REVELADO ANTECIPADAMENTE NO GRUPO. ALEM DO MAIS, AS PESSOAS SÃO INSTRUIDAS A PARTICIPAR MAIS DA SANTA MISSA, DA CONFISSÃO E AS ORAÇOES DIARIAS E A LEITURA DA PALAVRA DE DEUS. PERDOE-ME AMIGO, DE DEMONIO OU POSSESSAO, LÁ NAO TEM NADA PQ PELA ORAÇÃO DE LOUVOR EM LINGUAS, NAO HA DEMONIO Q FIQUE
        ! PAZ E BEM!

      • Moisés Gomes Says:

        Leia o que diz a Bíblia sobre advinhações…

      • Ancilla Domini Says:

        corretissímo…o que, que é a falta de discernimento, pois os tornam como um cavalo atado, que enxerga apenas um rumo…A Santa Madre Igreja Apostólica Romana jamais se resume em canção nova…Que Deus tende piedade pois esses não sabem o que leem e tal compreendem..E Para finalizar, alguém já viu Um santo reconhecido pela a Igreja Católica Romana, alias de preferência Doutor da Igreja, como Santo Agostinho, Santa Catarina de Sena e tantos outros, fazer tais práticas pentencostais?…Só lembrando que Lutero não é santo, viu…Pois “uma arvore podre não pode dar bons frutos”…isso é anormalia, e Deus é corência e a fé e a razão andam juntas…

      • Rafael Souza Says:

        Mais uma coisa: Se a Renovação Carismática Católica não envolvesse o Espírito Santo verdadeiramente, você acha que Sua Santidade Bento XVI não já teria acabado com esse movimento na Santa Igreja Católica?

      • Moisés Gomes Says:

        Você acha que o Papa aprova todos os erros da RCC?

      • Monique Says:

        Moisés ..voce está corretíssimo, ridiculo esse pessoal da RCC que criticam tanto e fazem exatamente o que tanto criticam.. fui uma vez.. detestei eles colocam a mao em voce e começam a tal oração….como boa católica tive vontade de sair correndo….

      • Celeni Maria Lyrio Says:

        Corintthios 1. 14.- 5. Le esta parte que dispensa qualquer palavra que alguem possa dizer. inclusive as besteiras que vc escreveu.

      • Moisés Gomes Says:

        “A caridade jamais acabará. As profecias desaparecerão, o dom das línguas cessará, o dom da ciência findará”. (1Cor 13,8)

  3. Alan Says:

    Bom… a Igreja precisa ser renovada…precisamos adorar o Senhor pelo Espirito Santo e ele vem em nós como em Pentecostes..como fogo santo… Ele ressucitou… Católico tem que parar de adorar um Deus morto…Deus está vivo..a oraçao em linguas eh dom divino..linguagem do espirito..nao é motivo de beboche de quem nao teve uma experiencia forte com Espirito Santo de Deus.. Olha amado..cuidado com as coisas do Senhor vio..

    • Moisés Says:

      Prezdo Alan.
      Os Apóstolos rezavam e os outros compreendiam. Você compreende o que ora? Claro que não.
      Gemidos ininteligíveis não são sinais do Espírito Santo, são sinais do “espírito de porco” pois grunhem como eles.
      Outra coisa, a Igreja não precisa ser “renovada” não meu caro. Todas as coisas já foram renovadas em Nosso Senhor Jesus Cristo. A Igreja não é o Windows que sempre está precisando de uploads não.
      Ela é, foi e sempre será SANTA. Sem nem uma mancha e SEMPRE auxiliada pelo Espírito Santo. Nunca houve “esfriamento” na Igreja meu caro.
      Agora, que “deus morto” é este que você se refere? Quer dizer que só quem ora em línguas ininteligíveis e participa dos transes carismáticos é que são verdadeiros adoradores?
      Afirmação comprometedora esta “vio”.
      Passar bem.

      • Vitor Says:

        meu caro amigo, se você não entende o que é, então fique quieto, pois quem é vc pra saber de alguma coisa… Eu participo algumas vezes do grupo de oração e acredito que as pessoas que oram em linguas são pessoas de valores, por isso não ficariam fazendo gemidos só para dizer que estão próximas de Deus. Minha sogra ora em linguas, eu não dúvido de nada, pois esta na Biblia, e Deus é um misterio que so quem acreditta de verdade consegue compreender a verdade..

      • Moisés Gomes Says:

        Prezado Vitor, salve Maria.
        Eu não sou nada diante de Deus, e o que afirmo sobre a oração em língua que ninguém (nem você) entende é baseado na Doutrina Católica. Se você conhece algum documento da Igreja orientando e encorajando as pessoas a orar em língua que ninguém entende, favor informar aqui.

      • Rogério Says:

        “Ela é e sempre foi santa, sem nenhuma mancha?” Você realmente acredita nisso que disse? E a inquisição? e a cobrança de indulgências que culminaram com a reforma protestante? E quanto aos inúmeros queimados vivos por contrariarem interesses de uma elite que se dizia voz de Deus? Amigo, eu sei que você tem seus motivos para discordar da oração em línguas, mas cuidado para, na sua “boa intenção”, não acabar falando mal do Espírito Santo! A igreja, na sua caminhada cometeu erros, inclusive reconhecidos pelos papas João XXIII e Bento XVI… E se cremos na soberania de Deus, porque Ele permitiu a reforma? Outra coisa, Lutero só não é considerado santo porque “aqueles que escolhem” quem será santo não dariam esta honra ao cara que ousou reformar a igreja! Repense seus exageros e rancores… Deixe Deus ser Deus e aceite o fato de que nem todas as coisas você vai compreender com a razão e sim com a fé!

      • Moisés Gomes Says:

        Olá Rogério, a paz de Jesus e o amor de Maria!
        Sim, a Igreja é Santa e sem mácula sim. Do contrário não rezaria “creio na Santa Igreja Católica”. E isto não é tão difícil de se conceber. Sendo a Igreja o Corpo Místico de Cristo[1], e Cristo sendo Deus[2], e Deus sendo Perfeito[3], consequentemente sua Igreja também será perfeita visto que a Sua Santa Cabeça, que é Nosso Senhor Jesus Cristo, a santifica e mantém Santa com o auxílio do Espírito Santo[4]. Seriam incompetentes, Nosso Senhor e o Espírito Santo, se não fossem capazes de manterem Santa e Imaculada Sua Santa Igreja, e, convenhamos, para Deus nada é impossível[5], logo, a Santa Igreja Católica é sim Santa e santificadora.
        A Santa Inquisição, caro leitor, ainda hoje existe, só que com outro nome: Congregação para a Doutrina da Fé. E engana-se o senhor que ela tenha sido isto que é pintado para você. Saiba que:

        “Hoje em dia, os historiadores já não utilizam o tema da inquisição como instrumento para defender ou atacar a Igreja. Diferentemente do que antes sucedia, o debate se encaminhou para o ambiente histórico com estatísticas sérias” (Historiador Agostinho Borromeo, presidente do Instituto Italiano de Estudos Ibéricos: AS, 1998).[6]

        Quais são suas fontes históricas para basear suas afirmações Rogério?
        Nunca nem um papa reconheceu erro algum da Igreja, e mais uma vez você carece de citar fontes ou citações. Aqui não tem espaço para mentira senhor Rogério. Já sua interrogação “afirmativa” sobre a permissão de Deus para que a Reforma Protestante existisse estaria incluída na mesma questão de por que Deus permite que exista maldade no mundo. Uma das razões seriam para provar a fé dos bons, e o primeiro que caiu foi Lutero, que não tem nada de santo coisíssima nenhuma.
        Ele sempre foi partidário da mentira:

        “Que mal pode causar se um homem diz uma boa e grossa mentira por uma causa meritória e para o bem da Igreja (luterana).” (Grisar, Hartmann, S.J., Martin Luther, His life & work, The Newman Press, 1960- pág 522)[7]

        “Eu fui monge, eu queria seriamente ser piedoso. Ao invés, eu me afundava sempre mais: eu era um grande trapaceiro e homicida” (WAW, 29, 50, 18)[8]

        “Eu aqui me encontro insensato, e endurecido, ocioso e bêbado de manhã à noite… Em suma, eu que devia ter fervor de espírito, tenho fervor da carne, da lascívia, da preguiça e da sonolência”[8]

        É esse o cara que você quer canonizar? Ainda bem que “aqueles que escolhem” não pensam como você.
        Sinceramente Rogério, repense seus exageros e rancores, deixe Deus ser Deus e não ser seu umbigo. Lembre-se que razão e fé sempre andam juntas:

        “Porém, ainda que a fé esteja acima da razão, não poderá jamais haver verdadeira desarmonia entre uma e outra, porquanto o mesmo Deus que revela os mistérios e infunde a fé dotou o espírito humano da luz da razão; e Deus não poderia negar-se a si mesmo, nem a verdade jamais contradizer a verdade.” (Catecismo da Igreja Católica §159)

        ___________________
        [1]”pois o marido é o chefe da mulher, como Cristo é o chefe da Igreja, seu corpo, da qual ele é o Salvador”. (Ef 5,23)
        [2]”Eu e o Pai somos um”. (Jo 10,30)
        [3]”Portanto, sede perfeitos, assim como vosso Pai celeste é perfeito”. (Mt 5,48)
        [4]”E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco”. (Jo 14,16)
        “Mas o Paráclito, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, ensinar-vos-á todas as coisas e vos recordará tudo o que vos tenho dito”. (Jo 14,26)
        “Quando vier o Paráclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim”. (Jo 15,26)
        [5] “porque a Deus nenhuma coisa é impossível”. (Lc 1,37)
        [6] A Inquisição exterminou 30 milhões de pessoas?
        [7] Lutero: um campeão da verdade!
        [8] Martinho Lutero, homicida e suicida

  4. Déia Says:

    Olá! Você pegou pesado com o pessoal da RCC e com os protetantes evangélicos, mas estas certo. Se a tal oração em línguas é mesmo do Espírito Santo, porque não existia tal coisa antes na Igreja? Serão os católicos de hoje mais santos que os do passado que não tinha uma experiência forte com o Espírito? A bíblia fala que não devo procurar dons extraordinários. O dom de línguas se refere ao diversos idiomas existentes na época dos apóstolos. Eles ensinavam no seu próprio idioma e todos entendiam. Os protestantes desvirtuaram tudo e os católicos copiaram. A RCC é o caminho para o protestantismo. Abraço.

  5. Alan Says:

    Meus caros, Moiséis e Déia… a Igreja Católica tem uma mancha negra na sua história que vocês já sabem…período esse que reflete até hoje na Igreja.. Infelizmente a diversidade dentro da Igreja e a liberdade de interpretação da bíblia faz com que haja divisões dentro da Igreja que deveria ser uma só…EU por exemplo nao concordo de ir numa missa na Bahia e ao final da missa tem um monte de mãe de santo esperando pra dar “benza”…tbm nao concordo católico que coloca as imagens como deuzes…se a imagem cái no chão pronto.. morreu a santa… supertições… rituais desnecessários dentro da igreja…de festas católicas que vendem droga…como álcool..cigarro…festas de padroeiros em que a atração é a dupla capeta e capetinha… festas sujas…que mentem e falam que é festa pra família…que família? enfim… vcs criticam mto a RCC.. mas esquece que é através dela que muitos católicos estão passando a valorizar mais a Igreja Católica..estão tendo uma experiencia única de encontro com o Senhor..estão com sede de conhecer sua Igreja.. se você não sabe nós estamos perdendo mtos irmãos para os protestantes que ao contrário do q vcs acham não tem absolutamente nada haver com RCC..todos q saem da Igreja católica são “católicos tradicionais (ou pré-históricos)” que só tem a bíblia como enfeite da sala…e que não tiveram nenhuma experiência forte com Deus.. não sabem nem o significado da palavra testemunho… me diga pq nossos irmãos qdo vão para Igreja Evangélica falam que encontraram Jesus? Será q na Igreja católica nao tinha Jesus? A RCC é um movimento que veio renovar a “mesmisse”..veio tirar a “teia de aranha” a “velharia” Amado nós não estamos mais no tempo de Jesus…aquela época éra uma realidade…hoje é outra.. é preciso renovar…é preciso anunciar Deus vivo… ter uma opção de vida santa.. cade os santos dessa geração? A RCC veio ensinar o amor forte de Deus…veio implantar a prática da adoração eucarística… o valor que cada um tem pra Deus.. veio ensinar o católico a usar a bíblia…a falar de Deus sem medo…a dar testemunho do que vive.. a estar em comunhão com Deus… Nosso Santo Padre PAPA Bento disse que precisamos renovar nossa Igreja sim..nosso amado Papa JP II em vida também! Os xatólicos ops…católicos tradicionais tem que parar e refletir no seus museus… e em vez de criticar o movimento da RCC vão proporcionar aos poucos católicos pré-históricos que ainda restam algo novo..diferente.. antes que o concorrente protestante faça o que mtas vezes vcs falham..a Evangelização!

    • Moisés Says:

      Prezado Alan, a paz de Jesus e o amor de Maria!
      Primeiro: a Igreja Católica é Santa, sem pecados, sem manchas: “Uma, santa, católica e apostólica: esta é a Igreja que devemos crer e professar já que é isso o que a ensina a fé. Nesta Igreja cremos com firmeza e com simplicidade testemunhamos. Fora dela não há salvação, nem remissão dos pecados, como declara o esposo no Cântico: “Uma só é minha pomba sem defeito. Uma só a preferida pela mãe que a gerou” (Ct 6,9). Ela representa o único corpo místico, cuja cabeça é Cristo e Deus é a cabeça de Cristo. Nela existe “um só Senhor, uma só fé e um só batismo” (Ef 4,5).” ( Bula Unam Sanctam, papa Bonifácio VIII). Portanto afirmar que exista qual quer mancha na Igreja é negar um Dogma de fé, contido inclusive no Símbolo Apostólico: “creio na Santa Igreja Católica”, ou seja, apostasia. Se você acredita nisso Alan, acredita que a Igreja de Cristo é manchada, é aconselhável que não comungue até que se arrependa e confesse tamanha apostasia à um Sacerdote.
      Segundo: esta mesma Igreja não adora nem orienta que se adorem imagens.
      Terceiro: a Igreja Católica não quer saber de quantidade de “católicos”. A sua Missão é anunciar o Evangelho.
      Quarto: a RCC é um movimento essencialmente protestante e com raízes nesta heresia.
      Quinto: se você acha que a Igreja de Cristo é manchada, não me surpreende achar que ela tenha “teias de aranha”.
      Sexto: quais são os seus argumentos para defender a tal oração ininteligível? O Papa Bento XVI a aprovou? Ou será que foi o Papa João Paulo II? Claro que não! Pois não é a mesma oração que os Apóstolos praticaram, onde TODOS compreendiam o que eles pregavam. Você compreende o que “ora” Alan?
      Sétimo: até que você confesse a sua apostasia à um Sacerdote não convém mais ensinar algo pra você. Passar bem.

      • Reginaldo Says:

        Caro Moisés, você acredita em Deus ou é ateu?
        Se não pode ajudar as pessoas buscar a salvação não atrapalha, você fala como uma pessoa pocessa. Cuidado! Não sei o que está buscando mas estarei orando por você!

        Abraço, paz e muitas bençãos de Deus pra você!

      • Moisés Gomes Says:

        Ora meu caro Reginaldo, você é que ora em línguas que nem Deus, nem o Diabo e nem VOCÊ entende e vem me chamar de “pocesso”!?
        Vá estudar mais um pouco, ok. Se os comentários acima não ficaram claros posso tentar lhe ajudar, caso queira.
        Agradeço suas orações, mas por favor, reze por mim em uma língua que você pelo menos entenda o que reza. Caso você seja católico, é claro. Se não o for eu é que tenho que rezar pela sua conversão.

      • Bena Says:

        Gente, vamos orar pelo MOISES, meditando na 2ª fala de Cristo na Cruz.
        ” PAI PERDOAI-LHES, POIS NÃO SABEM O QUE FAZEM “

    • Fernanda Says:

      Está havendo uma confusão de valores nestes argumentos. Eu não me sinto a vontade num grupo que ora em línguas. Participo de grupos de oração carismáticas, mas confesso que não me sinto muito bem com a oração em línguas. Isso quer dizer o quê? Que não estou a vontade com as coisas de Deus que não serei “batizada pelo espírito santo” ? Não. Meu coração não acha que a Igreja precisa ser renovada. Meu coração diz que EU preciso ser renovada! EU SOU A PECADORA! A Igreja Católica Apóstólica Romana não precisa de RENOVAÇÃO. Quem precisa de RENOVAÇÃO é esta realidade atual que tanto criticaste acima. Acredito que podemos exortar uns aos outros, mas de forma que nós possamos COMPREENDER isso! Entende? Muitas e muitas vezes eu me sinto totalmente desconfortável com tantas danças, palmas e orações quase “gritadas”… Não me sinto bem realmente com esse tipo de coisa. Sim, Jesus, nos salvou. Mas, o preço disto foi muito, muito, muito, muito, muito caro! Preço de sangue, dor…
      Foi por amor? Foi. Fomos salvos, rendidos e o que devemos fazer com nossa miséria? Bater palmas? Dançar? Claro, devemos procurar a santidade, mas (veja bem) CONTRITOS, ARREPENDIDOS, MEDITANDO CADA SOFRIMENTO DE JESUS. Quando eu estou numa reunião carismática, veja bem, não sinto nenhuma alegria. Posso explicar? Estou ali pra entregar minhas misérias. Devo louvar ao Senhor? CLARO QUE SIM! Mas, muito mais devo ajoelhar-me, aquietar-me diante DELE, pedindo a graça da cura, da libertação sim, mas estarei fazendo isso de um jeito que ELE entende bem: com o meu coração. Eu sinto muito. A oração em línguas, ao meu ver, segundo o discernimento que SEMPRE tive, foi de que os apostólos oravam em línguas e todos os entendiam. Foi um alívio eu encontrar este blog, pq as mínimas dúvidas que eu tinha a respeito disto eu tirei agora. E olha, que sou sou muito jovem. Pra mim, missa tem de ser a de sempre! Sem renovação. Quero chegar numa missa e sentir o peso dos meus pecados olhando praquela cruz e sair de lá querendo a santidade, batalhando pra isso.
      Um grupo de RCC não me traz esse sentimento. Quer dizer, até dá um sentimento, mas é de um alívio momentâneo. Falo por experiência. Torna as pessoas “dependentes” de um efeito que não é duradouro. :(
      Quanto a renovar a igreja, adaptando-se a realidade de hoje: Imagine um Jesus cristo numa mesa de bar rodeado de mulheres e rapazes, exortando, recitando as Bem Aventuranças? Impossível, né? A Igreja tem que ser como sempre foi! Nada nela precisa renovada! Nós que precisamos ser renovados.
      Orem. Exortem. Mas, de um jeito que todoas entendam. Os dons… Bem, os dons de Deus manisfestam com muita, muita oração e penitência. Não pq alguém oreou em linguas na minha cabeça e pronto: sou profeta, oro em línguas, sou de cristo.
      Sei lá, tem muita coisa, que não encaixa. Não estou dizendo que a RCC não seja divina. Quem sou eu pra julgar? Só disse aqui o que aconteceu comigo. Não me senti bem realmente com a oração em línguas e outras atitudes do RCC. E o que vem dizer a mim? que sou muito tradicionalista, ultrapassada pq não me adaptei a esta “renovação”? Enfim…

  6. Alan Says:

    amado…A Paz de Cristo e o infinito amor de Maria estejam com vc e sua família!
    Primeiro…é ignorância da sua parte falar isso…pq sobre a mancha da Igreja é fato..não adianta fechar os olhos para isso..A igreja matou..perseguiu…foi corrompida..o cargo de papa era almejado nao pela vocação mas pela influencia que um lider papal tinha na época…isso é história..se estuda na escola e nos intitutos de teologia…
    segundo…Tudo que tenha o dedo do homem é falho…A Igreja é Santa pecadores somos nós..mas a igreja é governada por quem?homens! Em um recente documentário da BBC sobre pedofilia passa a rede de pedofilia dos Estados Unidos onde 70% dos pedófilos são padres da nossa igreja..que vergonha..e o que a igreja fez com eles? Tirou de um lugar e colocou em outro…calaram as vítimas e guardaram segredo…pra você vê…errou no passado…erra ainda hoje qdo omite fatos…encobre erros…
    terceiro…Querido sou novo mas nao sei se vc se lembra que o Papa Joao Paulo II pediu perdão a todos pelos erros da Igreja do passado! Se pediu perdão é pq a Igreja errou né? E num foi pouca coisa não!
    Quarto…A igreja deve SIM se preocupar com a quantidade.. pq senão daremos contra-testemunho Jesus veio para os doentes da alma..os pecadores… afim de alcançar á todos…entao eu alcancei minha salvação e o irmão q vá pra inferno? Não é isso nao amado…quantidade é uma preocupação mega importante…qto mais almas para Deus nós ganharmos melhor…é essa a missao da Igreja..por pensar assim que mtos católicos viram envangélicos por termos católicos como vc!
    Quinto…Conheço o catecismo da Igreja Católica, a bíblia e principalmente a Sagrada Tradição.. Minha vida dentro da igreja católica não é movida por rituais…nem diretrizes…nem protocolos…ela é movida pelo Espírito Santo..Ele que conduz minha vida…Ele que conduz a Igreja…Ele que conduz a RCC…
    Sexto..nada que não é da vontade de Deus vai para frente…se a RCC cresce hj é pq temos frutos..a palavra fala mas o testemunho arrasta…como Jesus ficou famoso naquele tempo? Pq o povo presenciava milagres…viam o poder de Deus acontecer… e na RCC o povo está vivendo isso.
    Sétimo.. irmão você falar que eu estou pecando e preciso me confessar você está me julgando?..isso é pecado “vio”! e ainda me aconselhou a não comungar..negar Cristo! Olha…a coisa é pior do q eu pensava mesmo.
    Oitavo.. Não vou perder meu tempo em tentar mostrar algum argumento sobre orar em línguas…pq nada do que eu lhe mostrar irá convencê-lo.
    Nono.. se fez um estudo sobre os protestantes…deve saber que só 30% delas são pentecostais…ou seja as mais da metade delas não oram em línguas… então pq a comparação com a RCC?! Só pra saber.. mais da metade delas praticam a teologia da prosperidade… dar para receber…voltado exclusivamente para bens materiais…outras praticam a teologia da libertação do demônio da vida dos fieis.. só falta vc falar que a RCC rouba dinheiro dos fiéis…e faz exorcismos nas esquinas… hum…acho melhor não comparar pq não tem nada haver!
    Décimo.. Não precisa me ensinar nada amado.. não vim neste Blog afim de acresentar nada na minha fé até pq não tem conteúdo a altura… uma pessoa com esse nível de instrução buscando respeito nos pontos que defendem me coloca uma matéria com esse baixo nível.. só pela matéria que publicou demonstra que seus argumentos não devem ser levados a sério já que brinca com a fé dos outros fazendo deboche! Passe Bem amado!

    • Moisés Gomes Says:

      amado…A Paz de Cristo e o infinito amor de Maria estejam com vc e sua família!
      Primeiro…é ignorância da sua parte falar isso…pq sobre a mancha da Igreja é fato..não adianta fechar os olhos para isso..A igreja matou..perseguiu…foi corrompida..o cargo de papa era almejado nao pela vocação mas pela influencia que um lider papal tinha na época…isso é história..se estuda na escola e nos intitutos de teologia…

      §|Olhar Católico|§
      Alan, você ainda acredita em seu professor de história? E nos livros do MEC? Prefere estes livrecos ao Verdadeiro ensinamento da Igreja? Estude e veja.

      segundo…Tudo que tenha o dedo do homem é falho…A Igreja é Santa pecadores somos nós..mas a igreja é governada por quem?homens!

      §|Olhar Católico|§
      E auxiliada por quem espertinho? Pelo Espírito Santo!

      Em um recente documentário da BBC sobre pedofilia passa a rede de pedofilia dos Estados Unidos onde 70% dos pedófilos são padres da nossa igreja..que vergonha..e o que a igreja fez com eles? Tirou de um lugar e colocou em outro…calaram as vítimas e guardaram segredo…pra você vê…errou no passado…erra ainda hoje qdo omite fatos…encobre erros…

      §|Olhar Católico|§
      Será que estes padres oravam em línguas que ninguém entendia? A “igreja” não escondeu estes padres caro Alan, e sim seus Bispos, que não são a Igreja, apenas membros Dela. Mas você acredita nos livros do MEC, por que não acreditaria na BBC?

      terceiro…Querido sou novo mas nao sei se vc se lembra que o Papa Joao Paulo II pediu perdão a todos pelos erros da Igreja do passado! Se pediu perdão é pq a Igreja errou né? E num foi pouca coisa não!

      §|Olhar Católico|§
      Não Alan, o Papa não fez isto. Ele pediu perdão pelos abusos que um dia pudessem ter ocorrido por MEMBROS da Igreja, e não perdão pela Igreja. A Igreja é Santa e Santificadora. Ela nos orienta e nos santifica através de seus ensinamentos. Ou você acha que no Catecismo da Igreja Católica você vai encontrar: “como praticar a pedofilia”? É claro que não!

      Quarto…A igreja deve SIM se preocupar com a quantidade.. pq senão daremos contra-testemunho Jesus veio para os doentes da alma..os pecadores… afim de alcançar á todos…entao eu alcancei minha salvação e o irmão q vá pra inferno? Não é isso nao amado…quantidade é uma preocupação mega importante…qto mais almas para Deus nós ganharmos melhor…é essa a missao da Igreja..por pensar assim que mtos católicos viram envangélicos por termos católicos como vc!

      §|Olhar Católico|§
      Não Alan, muitos viram protestantes, por que assim como você não conhecem a Verdadeira Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo. Muitos são os chamados, poucos são os escolhidos.

      Quinto…Conheço o catecismo da Igreja Católica, a bíblia e principalmente a Sagrada Tradição.. Minha vida dentro da igreja católica não é movida por rituais…nem diretrizes…nem protocolos…ela é movida pelo Espírito Santo..Ele que conduz minha vida…Ele que conduz a Igreja…Ele que conduz a RCC…

      §|Olhar Católico|§
      Contraditório Alan. Como acima você diz que a “i”greja é cheia de manchas e logo abaixo diz que o Espírito Santo a conduz? O Espírito Santo seria muito incompetente se deixasse a Esposa de Cristo ser manchada, não é mesmo? Mas é verdade Alan, a Igreja é sim auxiliada pelo Santo Espírito, e por isso é Santa, sem manchas, sem erros. Já quanto Ele conduzir a RCC… O que me garante isso? E ainda mais, conduzir você… o que me garante também? Já que você mesmo afirma não seguir nem uma regra, apesar de conhecê-las. Como e Espírito Santo, que assim como O Filho, também é manso e humilde, pode impelir alguém a não querer seguir as regras, os rituais, as condutas e as diretrizes da Mesma Igreja que Ele auxilia?

      Sexto..nada que não é da vontade de Deus vai para frente…se a RCC cresce hj é pq temos frutos..a palavra fala mas o testemunho arrasta…como Jesus ficou famoso naquele tempo? Pq o povo presenciava milagres…viam o poder de Deus acontecer… e na RCC o povo está vivendo isso.

      §|Olhar Católico|§
      Um dia para o Senhor são como mil anos, e mil anos como um dia. Nosso Senhor Jesus Cristo não fazia espetáculo religioso, e quando queriam colocá-l’O nos braços, Ele sempre fugia, diferentemente do que se vê hoje em dia.

      Sétimo.. irmão você falar que eu estou pecando e preciso me confessar você está me julgando?..isso é pecado “vio”! e ainda me aconselhou a não comungar..negar Cristo! Olha…a coisa é pior do q eu pensava mesmo.

      §|Olhar Católico|§
      Alan, você negou, e continua negando, um Dogma da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo. Você não tem Fé de que a Igreja seja Santa e sem manchas. Você apostatou, e por tanto pecou mortalmente, o que lhe impede de aproximar-se do Santíssimo Corpo de Nosso Senhor Jesus Cristo e até que se arrependa e reconheça o seu erro e o confesse à um Sacerdote, se você comungar estará cometendo sacrilégio. Não estou negando Nosso Senhor, pelo contrário, estou afirmando Sua Presença da Santíssima Eucaristia e a sua impossibilidade de recebe-l’O.

      Oitavo.. Não vou perder meu tempo em tentar mostrar algum argumento sobre orar em línguas…pq nada do que eu lhe mostrar irá convencê-lo.

      §|Olhar Católico|§
      Não é questão de convencer Alan. Simplesmente o espetáculo pentecostal é uma farsa. Eu sei. Leia este post e depois este.

      Nono.. se fez um estudo sobre os protestantes…deve saber que só 30% delas são pentecostais…ou seja as mais da metade delas não oram em línguas… então pq a comparação com a RCC?! Só pra saber.. mais da metade delas praticam a teologia da prosperidade… dar para receber…voltado exclusivamente para bens materiais…outras praticam a teologia da libertação do demônio da vida dos fieis.. só falta vc falar que a RCC rouba dinheiro dos fiéis…e faz exorcismos nas esquinas… hum…acho melhor não comparar pq não tem nada haver!

      §|Olhar Católico|§
      A RCC é protestante não somente pela prática da oração em línguas, mas pelo fato de ter nascido do protestantismo, da imposição de mãos de um pastor protestante, dentre muitas outras práticas protestantes, como por exemplo a do “livre exame” em que a pessoa acha estar inspirada pelo Espírito Santo e tudo que ela “acha” vem do Espírito Santo, ou ainda a “sola scriptura” seguindo somente a Escritura e achando que a Tradição da Igreja são apenas meros “rituais/diretrizes/protocolos”.

      Décimo.. Não precisa me ensinar nada amado.. não vim neste Blog afim de acresentar nada na minha fé até pq não tem conteúdo a altura… uma pessoa com esse nível de instrução buscando respeito nos pontos que defendem me coloca uma matéria com esse baixo nível.. só pela matéria que publicou demonstra que seus argumentos não devem ser levados a sério já que brinca com a fé dos outros fazendo deboche! Passe Bem amado!

      §|Olhar Católico|§
      Ah Alan, mas que foi engraçado foi, “né”?
      Não Alan, não é brincar com a fé, é simplesmente ridicularizar o que já é ridículo.
      Que Deus nos abençoe e Maria nos guarde!

  7. CATOLICO CARISMATICO E HONESTO Says:

    quem é vc… ser – conte seus dias…

  8. Rodrigo Says:

    Prezado Moises,
    Conforme respostas anteriores pudi perceber que há uma certa revolta em não aceitar o dom de Línguas, que de fato é o menor dos dons.
    Em Atos dos Apóstolos 19,1-8, Paulo percebe que aquele povo tinha necessidade de ser batizado no Espírito Santo. Eram pessoas boas, queriam acertar, mas lhes faltava o Espírito Santo. Paulo explicou isso a eles, impôs-lhes as mãos e sobre eles desceu a terceira Pessoa da Trindade. Começaram, a partir daí, a falar em línguas e a profetizar.
    Quando nos falta palavras de adoração, oração e louvor ao nosso Deus devemos pedir que o Espírito Santo venha em nosso auxílio para que ele possa orar em nós, para que possa falar por nós, tudo aquilo que que já não conseguimos expressar para Deus em palavras, com isso na oração em línguas é o Espírito Santo que vem em soccorro a nossa fraqueza, pois com certeza Ele sabe o que é bom para nós e para nossa família, Ele já conhece a nossa dor e nossas alegrias.

    Está na hora de deixarmos os preconceitos e a indgnação de lado, pois o mundo precisa de um novo pentencostes, a todo momento.

    Moises observei que você enfantizou um pouco a questão de entender e/ou interpretar o que se fala ao orar em línguas, em Rm 8,26
    “O Espírito vem em auxílio à nossa fraqueza; porque não sabemos pedir, nem orar como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inefáveis”

    Enfim, a oração em línguas é o cumprimento da palavra: “falarão novas línguas” (Mc 16,17b), que o próprio Senhor Jesus proferiu aos onze discípulos após ressuscitar.

    Amado uma coisa é certa, podemos perceber que o dom de línguas é plenamente uma inspiração dada pelo Espírito Santo. É uma forma de chegarmos a Deus, pois para orarmos e louvarmos em línguas é preciso que estejamos abertos a ação do Espírito Santo.

    Fique com a paz do Nosso Senhor Jesus Cristo e não se limite para ação do Espírito Santo em sua vida, e em todos os momentos de sua vida em que não terás forças ou até mesmo palavras para louvar e bendizer ao nosso Deus, experimente essas força do alto, pois QUANDO O ESPÍRITO SANTO DE DEUS AGE, ELE SURPREENDE.

    Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

    • Moisés Gomes Says:

      Prezado Rodrigo, a paz de Jesus e o amor de Maria.

      Não, eu não me revolto com o verdadeiro falar em línguas, ocorrido em Pentecostes, onde todos os que estavam naquele acontecimento compreendiam o que os Apóstolos falavam.

      Este dom caro Rodrigo é extraordinário, e não ordinário como o falso dom da RCC e que ninguém entende nada.

      Rodrigo, para que o Espírito Santo interceda por nós junto a Deus não se faz necessário que Ele o faça em nosso ser, e grunhindo línguas ininteligíveis. Não. Deus se revela ao homem através de sua razão, e Deus não fere à nossa razão.

      O que São Paulo diz na passagem citada (Rm8, 26) é que o Espírito Santo intercede junto ao Pai (pois Ele é o Nosso Advogado) por coisas que nem nós sabemos pedir, necessidades que nem nós sabemos que temos. Mas isto é um colóquio entre estas Duas Pessoas da Santíssima Trindade, não um punhado de gemidos ininteligíveis que nem Deus entende.
      Ou seja, estes “gemidos inexprimíveis” (e não ininteligíveis) não são os “gemidos espremidos” (e ininteligíveis) praticados nas seitas neopentecostais, como na RCC, e sim um diálogo eterno e infinito entre o Espírito Santo e Deus Pai. Grunhidos ininteligíveis são sinais sim de possessão demoníaca (ou safadeza e fingimento mesmo) e não presença do Santo Espírito.

      Recomendo-lhe a leitura destes post’s:
      De: Bento XVI Para: os que oram em línguas ININTELIGÍVEIS
      Enciclopédia Canção Nova x Bíblia: com quem ficar?
      De: Papa S. Gregório/Para: RCC
      Os Pais da Igreja também ensinam
      Para a RCC: Falar em línguas hoje – é de Deus?

  9. Marcela Rodrigues Says:

    Enquanto nos não fizermos o que o Nosso Senhor Jesus Cristo mandou, vai continuar acontecendo isso aí: “Brigas”
    ‘Vamos fazer acontecer o mandamento de Deus em nossa vida: Amar o teu próximo com a ti mesmo”

    Assim não iremos mais julgar e nem criticar o que nossos irmãos fazem, sendo que é só para o bem, podem não entender o que estão dizendo, mas a intenção é a que vale.Estão somente adorando a Deus…È bem melhor ouvir isso, do que ouvir irmãos de uma mesma religião se degladiando.
    Que Deus apascente o coração de vocês…Abraços e A PAZ de JESUS e o AMOR de MARIA estejam com vocês.Marcela de Manaus

    • Moisés Gomes Says:

      Marcela, amando o seu próximo, vendo que ele estaria prestes a pular em um abismo, ou a beber um copo de veneno, você o aconselharia e diria: “uhuu, vai mano, pode pular!”? Ou ainda: “bebe que é gostoso!”? Você faria isso somente para evitar “brigar” com ele? Você evitaria a fadiga?
      Creio que não.
      Você simplesmente diria: “não pule, pois lhe causará várias lesões podendo te levar a morte. Isto é errado”, ou então “não, não beba pois este líquido lhe cusará um mal tremendo”.
      Você Marcela, estaria julgando, e julgando muito bem, que pular de um penhasco ou beber veneno não é bom. Você Marcela estaria julgando que a atitude dessa pessoa é errada. Estaria você pecando por julgar isso Marcela? É claro que não, pois Nosso Senhor Jesus Cristo condenou o juízo temerário Marcela e não o corrigir os outros, pois S. Paulo nos ensina: “Examinai tudo: abraçai o que é bom” (1Ts5, 21) e Nosso Senhor Jesus Cristo também ordena: “Ide, pois, e ensinai a todas as nações” (Mt28, 19), Ele não disse “ide e vede as boas intenções, quem tiver boa inteção será salvo, quem não tiver boa intenção será condenado”.
      Marcela, de boas intenções o Inferno está cheio. Não é a intenção que vale não. Um falso dom deve ser denunciado e combatido, não podería deixar meu próximo beber deste veneno Marcela, do contrário não o estaria o amando como a mim mesmo.

      • Fabrícia Says:

        Moisés;

        Não consigo ver a “brincadeira” acima como uma forma de conselho ou ensinamento. Independentemente do que você acredita, tente não desrespeitar o próximo. Nós somos repletos de limitações, todos nós: você e eu inclusive.
        Com esse tipo de brincadeira você não vai conseguir fazer o bem ou semear o amor.
        Por favor, tenha mais discernimento.

        Só um último comentário…
        Como você pode afirmar que TODAS as pessoas que oram em línguas, ou de forma mais específica, que TODAS as pessoas da RCC que oram em línguas não estão de fato manifestando um dom verdadeiro do Espírito Santo?
        Se não foi isso que você quis dizer seja mais claro para não magoar as pessoas a toa. Cuidado com as brincadeiras!

      • Moisés Gomes Says:

        Prezada Fabrícia, a paz de Jesus e o amor de Maria.
        É simples: Deus se revela aos homens através da Razão (confira o Catecismo da Igreja Católica §35), os grunhidos produzidos pelos que “oram” em línguas (tanto na RCC, quanto no protestantismo, quanto na macumba, no xamanismo, no ilariê da Xuxa, no grito do Scooby, do Fred Flintstone, ou seja lá o que for) são ininteligíveis, portanto contrários a Razão, são irracionais. Repito: são INinteligíveis. E de acordo com S.S. Bento XVI, gloriosamente reinante, a fé busca a inteligibilidade, e não a INinteligibilidade, Fabrícia.
        O Espírito Santo, que é Deus e que se revela pela Razão ao homem, não se contradiz (até por que é Deus e Deus não pode se contradizer pois é Perfeitíssimo) e logicamento não se manifestaria de modo irracional no mesmo homem, logo o “espírito” que age nestes grunhidos com certeza não é o Santo.
        No verdadeiro Dom, Fabrícia, os que estavam presentes compreendiam o que os Apóstolos falvam:”Ouvindo aquele ruído, reuniu-se muita gente e maravilhava-se de que cada um os ouvia falar na sua própria língua” (At2, 6). Você ou alguém do seu lado compreende o que você “ora” Fabrícia? Se não, este não é o verdadeiro Dom que foi manifestado em Pentecostes, é uma caricatura dele, e uma caricatura muito, mas muito feia, e logicamente falso.
        Que Deus nos abençoe e Maria nos guarde!
        Passar bem.

      • Sérgio D Says:

        Moisés diz:
        21/01/2010 às 5:28 pm

        Marcos, referia-me aos grupos de oração da RCC, estes que se oram em línguas mesmo.
        Não me referí logicamente aos grupos católicos de oração, onde realmente se têm oração.

        Quando você deixou mesmo a coordenação do grupo de oração??? Porque você implica tanto com algo que você conheceu? Você prescisa ter mais discernimento…. Pensei que este site fosse o OLHAR CATÓLICO, se na RCC tivesse tantas heresias e tanta falsidade assim o Papa ou até msesmo os padres já não teriam publicado um documento oficial sobre o assunto? Onde na doutrina da igreja está proibindo o movimento da RCC?

        Por favor respeite, seu site é muito interessante, mas se continuar insultando assim a RCC será desagradável navegar por esse site…

      • Moisés Gomes Says:

        Olá mais uma vez Sérgio. A paz de Jesus e o amor de Maria!
        Deixei a RCC graças a Deus em fevereiro de 2008.
        Não implico Sérgio, apenas demonstro a incompatibilidade da doutrina “rccista” com a Doutrina Católica, como nos comentários acima.
        E Sérgio, já foi publicado um documento dobre o assunto sim. O Documento 53 da CNBB: “Orientações Pastorais sobre a Renovação Carismática Católica”. Neste Documento Sérgio redigido em 1994 ainda apresenta itens que a RCC pratica aberta e escancaradamente.
        Se a Doutrina Católica lhe desagrada Sérgio, então este não é mesmo um site a ser visitado por você.
        Meu intuíto não é agradar…
        Passar bem e… Volte sempre.
        Que Deus nos abençoe e Maria nos guarde!

  10. Sérgio D Says:

    Obrigado por falar desse documento! (Orientações Pastorais sobre a Renovação Carismática Católica).
    A doutrina da igreja não me desagrada, e mesmo que desagradasse eu a seguiria porque é minha fé.

    Por favor, somente te peço respeito, aponte os erros, mas mostre-os a quem pode mudar… O que os maus precisam para reinar é que os bons se calem…
    Obrigado mais uma vez

    • Moisés Gomes Says:

      Então se a Doutrina da Igreja não lhe desagrada, com certeza visitar o §|Olhar Católico|§ não lhe será desagradável.
      Mas não faltei respeito com ninguém, apenas apontei erros de uma forma humorada.
      E para que os maus não reinem estou aqui com o §|Olhar Católico|§!

      Que Deus nos abençoe e Maria nos guarde!
      Volte sempre Sérgio!

      PS: não que eu me considere ” O BOM”.

  11. Roberto Says:

    Boa noite, “Paz a esta casa.” São Mateus 10, 12.
    Well, para começar notei uma coisa nos posts acima: não houve resposta para o Moisés sobre se as pessoas que “oram” em línguas alguém entende (inclusive eles) ou se aparece alguém com o dom da interpretação para edificação da assembléia, como nos falou São Paulo? Já tivemos (eu e minha esposa) uma rápida passagem pela RCC. Durou mais ou menos 1 ano. No começo foi bom, pois fazíamos orações junto ao Sacrário e leitura do Evangelho do dia. Depois começaram com imposição das mãos (dom de cura) e as orações em línguas. Para os novatos pediam que treinassemos o shala…, pois logo, logo estaríamos “orando” em línguas!! Treinar um dom? Ué, mas se é dom do Espírito Santo precisa treinar? Pois é, aí abriu-se os meus olhos e comecei a usar a razão e o coração, não o coração (emoção), e deixamos o grupo.
    Com o tempo li várias coisas sobre a RCC. Sua origem, onde uma “pastor” protestante impôs as mãos sobre um grupo de jovens católicos numa universidade americana e começou a se espalhar aquele “êxtase” (pode árvore má dar bom fruto?).
    Bem, por outros descalabros e exageros, vê-se como é a RCC. Ah, não me venham dizer que é exceção, pois “repouso no espírito”, “batismo no …”, “dança com …” e outras aberrações são a essência da RCC. Sei que as pessoas que lá estão tem as melhores intenções, mas de boas intenções…
    Temos que apontar os erros sim! Moisés foi bem claro. Alguém de sã consciência deixaria ou se calaria (e até apoiaria) uma pessoa que desejasse tomar veneno ou pular de um prescipício?
    Que amigo, hem?
    Amigos e amigas abram seus olhos também.
    O Paz de Cristo e o amor de Maria estejam com vocês. Amém.

    • Moisés Gomes Says:

      Caro Roberto, a paz de Jesus e o amor de Maria!
      Muito grato pelas suas palavras que são consoladoras neste momento. Não por me defenderem, mas por defender a Verdade.
      Que Deus nos abençoe e Maria nos guarde!

  12. Altiéres Says:

    A verdade está na Bíblia:
    “Aquele que fala em línguas não fala aos homens,senão a Deus: Ninguém o entende, pois fala coisas misteriosas, sob a ação do Espírito Santo” 1Cor 14,2:
    “Outrossim, o Espírito vem em auxílio à nossa fraqueza; porque não sabemos como pedir, nem orar como convém mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inefáveis”Rm 8,26.
    O que não significa que o Espírito Santo ore em nós sem a nossa participação, se assim fosse seriamos meros espectadores. O Espírito Santo não substitui o nosso Espírito para orar, na verdade ele “se une ao nosso espírito para testemunharmos que somos filhos de Deus” Rm 8,16.

    • Moisés Gomes Says:

      Todos ficaram repletos do Espírito Santo, e se puseram a falar outras línguas, conforme o Espírito lhes concedia exprimirem-se”(At 2,4)
      “Ao rumor que se propagava, a multidão se reuniu e ficou toda confusa, pois cada um os ouvia falar em sua própria língua. Perplexos e maravilhados, eles diziam: ‘Todos esses que falam não são galileus? Como é que cada um de nós os ouve em sua língua materna?” (At 2,6-8)
      Observamos sem muito esforço que, em pentecostes, conforme narrado pelos Atos dos Apóstolos, a língua tem sentido de idioma. Sobre isso, a explicação da TEB nos diz:
      Falar em línguas é fazer-se entender nas línguas de outros povos”.
      Ao comentar o Capítulo XIV da primeira carta de São Paulo aos Coríntios, escreve o Santo Doutor:
      Quanto ao dom de línguas, devemos saber que como na Igreja primitiva eram poucos os consagrados para pregar ao mundo a Fé em Cristo, a fim de que mais facilmente e a muitos se
      anunciasse a palavra de Deus, o Senhor lhes deu o dom de línguas

      (Santo Tomas de Aquino, Comentario a la primera espistola a los Conrintios, Tomo II, pg 178.)

      Vê-se, portanto, que o dom de línguas (claramente diferente de ‘oração em línguas’, como se ensina) foi dado aos primeiros cristãos para que anunciassem a religião verdadeira com mais facilidade.
      Os Coríntios, por sua vez, desvirtuaram o verdadeiro sentido do dom de línguas:
      “Porém, os coríntios, que eram de indiscreta curiosidade, prefeririam esse dom ao dom de profecia. E aqui, por ‘falar em línguas’ o Apóstolo entende que em língua desconhecida e não explicada: como se alguém falasse em língua teutônica a um galês, sem explicá-la; esse tal fala em línguas. E também é falar em línguas o falar de visões tão somente, sem explicá-las, de modo que toda locução não entendida, não explicada, qualquer quer seja, é propriamente falar em língua” (Santo Tomas de Aquino, Comentario a la primera espistola a los Conrintios, Tomo II, pg 178-179).

      Assim, à luz da explicação de São Tomás, podemos entender melhor o que o apóstolo Paulo falava quando lemos:
      Assim, também vós: se vossa língua só profere palavras ininteligíveis, como se compreenderá o que dizeis? Sereis como quem fala ao vento. Há no mundo grande quantidade de línguas e todas são compreensíveis. Porém, se desconhecer o sentido das palavras, serei um estrangeiro para quem me fala e ele será também um estrangeiro para mim”.(I Cor 14, 9-11)
      Temos aqui uma consideração importante. Para São Tomás, o “falar em línguas” pode ser entendido de duas formas:

      a) Falar em uma língua desconhecida, mas existente, como no caso de Pentecostes, no qual pessoas de várias línguas compreendiam o que os apóstolos pregavam.
      b) A pregação ou oração sobre visões ou símbolos.

      E o doutor angélico confirma isso mais adiante:

      ‘suponhamos que eu vá até vós falando em línguas’ (I Co 14, 6). O qual pode entender-se de duas maneiras, isto é, ou em línguas desconhecidas, ou a letra com qualquer símbolos desconhecidos” (Santo Tomas de Aquino, Comentario a la primera espistola a los Conrintios, Tomo II, pg 183)
      Haja vista que a primeira forma de falar em línguas é suficientemente clara – ou seja, que é um milagre pelo qual uma pessoa, que tem por ofício pregar às almas, fala numa língua existente sem nunca a ter estudado – consideremos a segunda forma de manifestação desse dom, segundo São Tomás.
      Neste caso, falar em línguas é uma simples predicação numa linguagem pouco clara, como, por exemplo, falar sobre símbolos, visões, em parábolas, etc:
      “(…) se se fala em línguas, ou seja, sobre visões, sonhos (…)” (Santo Tomas de Aquino, Comentario a la primera espistola a los Conrintios, Tomo II, pg 208. Grifos meus).

      E ainda:
      [lhes falarei] “ ‘Em línguas estranhas’, isto é, lhes falarei obscura e em forma de parábolas” (Santo Tomas de Aquino, Comentario a la primera espistola a los Conrintios, Tomo II, pg 200. Grifos meus).
      “(…) em línguas, isto é, por figuras e com lábios (…)” (Santo Tomas de Aquino, Comentario a la primera espistola a los Conrintios, Tomo II, pg 200).

      Quem assim procede, isto é, usa de símbolos nas práticas espirituais, tem o mérito próprio da prática de um ato de piedade. Caso o indivíduo compreenda racionalmente o que diz, lucra, além do mérito, o fruto intelectual da ação.
      Assim, ‘falar em línguas’ sem fruto para o intelecto é, por exemplo, rezar o Pai-Nosso sem a compreensão devida dos mistérios nele encerrados:

      “Quem faça sua oração salmodiando ou dizendo o Pai-Nosso, porém não se entendendo que se diz, este tal ora em línguas” (Santo Tomas de Aquino, Comentario a la primera espistola a los Conrintios, Tomo II, pg 190).
      Esta seria a questão do ‘símbolo’. Podemos rezar o “Pai Nosso” em alemão e não entenderíamos sequer uma palavra, logo, apesar de estar elevando à Deus uma oração, meu entendimento ficaria sem fruto. Todavia, se o público alvo da pregação não entende, por conta da língua que não é a sua, da mesma forma seu entendimento ficará sem fruto, e como diz São Paulo, não poderá “Dizer amém a tuas ações de graças”, aja vista que não compreendeu o símbolo.
      De modo semelhante à explicação acima, temos ainda outra situação em que o ‘símbolo’ não é compreendido e necessita-se de interpretação. Por exemplo. Poderíamos fazer a mesma oração, do Pai Nosso comentado acima, em vernáculo, sem compreender os mistérios nele encerrados. Mais uma vez estaria rendendo à Deus uma oração, agora com um auxílio mais apurado do meu entendimento, mas ainda assim, sem penetrar fundo no mistério das palavras. Algo semelhante à pregação com parábolas (outra forma de simbolismo). De nada terão valor se não forem explicadas, se seu sentido não for alcançado pelos ouvintes.
      Assim, mais uma vez, à luz da explicação de São Tomás, podemos entender melhor o que o apóstolo Paulo falava quando lemos:
      “Por isso, quem faça em línguas, peça na oração o dom de as interpretar. Se eu oro em virtude do dom de línguas, o meu espírito ora, mas meu entendimento fica sem fruto. Então que fazer? Orarei com o espírito, mas orarei também com o entendimento; cantarei com o espírito, mas cantarei também com o entendimento. De outra forma, se só renderes graças com o espírito, como dirá “Amém” a tuas ações de graças aquele que ocupar o lugar dos simples? (…) Graças a Deus que possuo o dom de línguas superior a todos vós. Mas prefiro falar na assembléia cinco palavras que compreendo, para instruir também os outros, a falar dez mil palavras em línguas.” (I Cor 14, 13-19)
      No que se refere ao uso público do dom de línguas, o Apóstolo determina que ele nunca deve ser usado sem que haja intérprete, ou seja, sem que haja quem explique os símbolos para os que não os compreendem.
      Comentado o versículo 27, no qual São Paulo exorta que não falem em línguas mais que dois ou três durante o culto público, diz São Tomas:
      “É de notar-se que este costume até agora (…) se conserva na Igreja. Por que as leituras, epístolas e evangelhos temos em lugar das línguas, e por isso na Missa falam dois (…) as coisas que pertencem ao dom de línguas, isto é, a Epístola e o Evangelho” (Santo Tomas de Aquino, Comentario a la primera espistola a los Conrintios, Tomo II, pg 208).

      Para São Tomás, a leitura da Epístola e do santo Evangelho, na Missa, são a forma de “falar em línguas” que a Igreja conservou dos tempos apostólicos! Nada mais contrário às práticas pentecostais carismáticas!
      Ora, no que diz respeito a “interpretação das línguas”, na Missa, depois da Epístola e do Evangelho, o padre faz o sermão, pelo qual explica os símbolos dos textos sagrados que foram lidos. O sermão é, pois, a ‘interpretação das línguas’ (Epístola e Evangelho) que foram faladas na Missa.
      Fica, portanto, bastante claro o verdadeiro significado do dom de línguas, que nada mais é do que:
      1 – O milagre de pregar o Evangelho numa língua sem a ter estudado ou
      2 – O simples fato de usar uma linguagem simbólica na vida espiritual, seja na oração particular, seja na oração pública, sendo que nesta última é necessário alguém que “interprete as línguas”, ou seja, que explique o significado dos símbolos ao povo, função dos ministros da Igreja.
      Após a explicação, pode surgir a pergunta:
      – Mas então, sobre o que falava o apóstolo Paulo quando diz:
      “Outrossim, o Espírito vem em auxílio à nossa fraqueza; porque não sabemos o que devemos pedir, nem orar como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inefáveis” (Rm 8, 26)

  13. Altiéres Says:

    O que será que Paulo ou Pedro diria se ouvissem vocês dizendo que orar no Espírito e ser batizados no Espírito Santo são ABERRAÇÕES???

    • Moisés Gomes Says:

      Diriam que estaríamos certos

  14. Altiéres Says:

    A Rcc não é o caminho para o protestantismo porque nós amamos a Santa Igreja e queremos dar a vida por ela… a oração em línguas sempre esteve presente na Igreja não era tão comum nas assembléias como na igreja primitiva…mas vários santos oravam em línguas ou vai dizer que é mentira?
    e quais seriam os sinais que Jesus disse que acompanhariam os que crêem? ein? A paz de Jesus e o amor de Maria…voltarei a escrever ok?

    • Moisés Gomes Says:

      Olá Altiéres, a paz de Jesus e o amor de Maria.
      Volte sempre a escrever. Mas há alguns pontos a esclarecer:
      1º – O Dom de Línguas de Pentecostes é de línguas inteligíveis (compreensíveis). O falso da R.C.C. não o é;
      2º – Este Dom é extraordinário, e de fato ***alguns*** santos falaram em línguas ***inteligíveis*** e portanto é MENTIRA que santos tenham “orado” em línguas ininteligíveis;
      3º – Nosso Senhor não disse que os seus seguidores gemeriam e grunhiriam bla-bla-blás incompreensíveis;
      4º – A R.C.C. é sim uma porta escancarada para o protestantismo pois dele nasceu.

  15. joel Says:

    Dominus vobiscum!!!caro moises acredito que dessa forma possamos desmascarar esses farsantes de uma vez,eles não só disvirtuam as coisas,mas estão usuando de meios ipinóticos para induzir o povo…eles estão usando tecnicas japonesas para ipinotizar as pessoas e isso está sendo usado por padres da igreja moderna,padres que utilizam o santissimo para aplicar tais maldades.temos que denuncia-los o quanto antes precisamos acordar esse povo e convence-los de que a tradição é que é o caminho certo a seguir!!!

  16. Roniel Says:

    “Aquele que fala em línguas não fala aos homens, senão a Deus: ninguém o entende, pois fala coisas misteriosas, sob a ação do Espírito.”
    I Cor 14,2…

    Querida… voçe é uma pessoa ki não consegue aceitar o diferente… Peça a Deus que lhe ajude a entender seu Dons e que abra a sua mente para suas verdades… O nome de Deus é tão poderoso que nenhum demônio seria capaz de proferir nenhuma ação quando este nome é pronunciado… Vc mostra ser uma Católica como tantos q acha q sua missão começa/acaba no domingo com a missa.
    Que DEUS te abençõe

    • Moisés Gomes Says:

      Olá, a paz de Jesus e o amor de Maria.
      Sou homem.
      Aliás, quem me garante que de fato é o Espírito Santo que “ora” em você? Você entende o que “ora”? Leia, por favor, resposta acima ao comentário do leitor Altiéres.

  17. Altiéres Says:

    O Seu Joel você está mais pra maçonico do que pra Católico, e cuidado com o que você diz: a onde estão as provas que se utiliza de hipnose com o Santíssimo… O pai da mentira é o Demônio! Se Adorar Jesus Sacramentado no ostensório é ser hipnotizado como você diz sem nos mostrar prova alguma… então a Igreja está na mentira (o que não é verdade!) inclusive você porque se não fosse a Tradição e não a tradição como você disse nós nem se quer teriamos ostensório! A Paz de Jesus nosso Senhor e o Amor de Maria Santíssima!

  18. Luzia Says:

    Moisés e todos os leitores desse blog, a paz de Cristo!
    Vejo que essa discussão acerca de oração em línguas vai loongeee… Há algum tempo acompanho o seu blog sobre esse assunto (principalmente) porque a primeira vez que fui a um retiro de crisma com fundamentos bastante arraigado na RCC eu saí de lá transtornada. Eu nem sabia que existia a tal da oração em línguas da forma como é hoje (so tinha conhecimento da que é relatada em Atos) e o tal batismo no Espírito Santo (ué, para mim só existia e só existe um batismo!) Via pessoas pronunciando as tais palavras inintelegíveis e desmaiando e me diziam que era ação do Espírito Santo. Aquilo martelava minha cabeça: por que o Espírito agiria daquela forma? Não agiu assim com os apóstolos! Da forma como agiu com os apóstolos foi extraordinário e quem dera se o Espírito Santo agisse assim nos dias atuais!!! Essa discussão toda me entristece, pois as pessoas, antes de opinarem, deveriam ler mais sobre o assunto e não confiar na primeira palavra que ouvem sobre tal assunto. No último retiro que fui (o qual me desanimou totalmente de participar de qualquer ação da igreja proprorcionada por jovens da RCC) fomos convidados a “bailar no Espírito Santo”! Eu quase tive uma síncope, queria sair de lá correndo para casa. Como assim “bailar com o Espírito”? E ai pegam um versicúlo da Biblia (que não me lembro qual) para justificar tal ação (o que não me convenceu nem um pouco, tamanha foi a deturpação do versiculo). Pois bem, como não tinha como fugir e para “ver no que ia dar” participei do tal baile. Tinha que ficar de olhos fechados andando a ermo no salão, com cuidado para não esbarrar nos demais e nos desmaiados, vinham os pregadores orando colocando a mão na cabeça da pessoa e esta caia. Então o que foi que fiz? Pedi para o Espírito Santo que me ajudasse a discernir se aquilo tudo era proveniente dEle ou não. E o que constatei? Que os pregadores ao chegar perto de mim nas três tentativas de me “infundir no Espírito” simplesmente colocavam a mão na minha cabeça e exerciam certa pressão para trás de forma que eu caísse! Isso é ação do Espírito Santo? Pedir para ir repetindo esse “mantra” inintelegível para orar em línguas (como uma espécie de treinamento) é ação do Espírito Santo? Uma oração ininteligível que não há edificação para igreja, que eficácia que tem? o Espírito Santo age em nossas vidas toda vez que pedimos e porque somente quando se “ora em línguas” ocorre tais fenômenos de desmaios, urros, risos, convulsoes, etc? Por que a CNBB fez o documento citado pelo Moisés e que a RCC sequer obedece? Por que não leem os documentos oficiais da nossa Igreja a respeito disso? Por que é tão dificil acreditar em um santo ou doutor da igreja, ou mesmo papa do que acreditar num desconhecido que prega nos encontros da RCC? E por que afinal de contas, esse “dom” é tão almejado? E o dom da caridade, ninguém quer não? E por que somente quem participa da RCC tem esse dom de línguas, afinal de contas o Espírito Santo “não sopra onde quer”? Querer que todos os presentes em um encontro orem em línguas é ação do Espírito, não é querer forçar que o Espírito faça o que praticamente se ordena e não o que Ele quer? Será que alguem que tem esse “dom” já refletiu tudo isso?????
    Dizem que a RCC é a vontade de Deus, pode ser mas nessa parte de oração em línguas…será que é mesmo a vontade dEle? algúem se lembra que existe o livre arbítrio? Deus por muitas vezes só fica nos observando…
    Espero que todos que leem esse meu texto possa refletir um pouco sobre esse dom, pensar por si mesmo e não pelo que os outros dizem. O Moisés tem esse blog como forma de querer mostrar um pouco sobre a nossa doutrina (apesar de muitas vezes ser muito incisivo e ‘pesado’ em suas argumentações, algo que não me incomoda).

    • Moisés Gomes Says:

      Olá Luzia, a paz de Jesus e o amor de Maria estejam sempre contigo!
      Sem comentários ao seu texto acima, mas apenas um pedido: quer participar do §|Olhar Católico|§? :-)

      • Luzia Says:

        Moisés antes de aceitar seu pedido por favor me mande email com material sobre o concílio de Trento e o catecismo de S Pio X. Há muito tempo que quero conversar contigo. Que Deus esteja sempre contigo. Feliz páscoa!

  19. eu Says:

    idiotas.

    • Moisés Gomes Says:

      Quem? Eu?

  20. Altiéres Says:

    O Papa Bento XVI não reprova a Renovação Carismática. Se esse movimento fosse ilegal na Igreja (como a Teologia da Libertação – TL) ele já teria se pronunciado, como falou recentemente com alguns bispos do Brasil e a tempos passados em uma instrução que está no livro “Fé em crise?”.

    §|OC|§
    Prezado, S.S. Bento XVI é que não aprova nem nunca aprovou os abusos e erros da R.C.C.
    Desconheço algum documento seu mandando alguém rezar em língua de nem Deus nem o Diabo entendem. Pelo contrário: veja.

    Enquanto a autoridade papal não se pronunciar, não se deve condenar a RCC. Ela, com toda a sua espiritualidade, é acolhida pelo atual Papa e pelo seu antecessor que está para ser beatificado (João Paulo II).
    Como movimento da Igreja ela não foi censurada. O que não quer dizer que não haja erro entre seus participantes, mas em qualquer movimento isso pode acontecer: seja OpusDei, NeoCatecumenato, etc.

    §|OC|§
    Não meu caro, ela pode até ter um mero reconhecimento burocrático, mas nada nega sua “natividade” protestante e nem tampouco pode se minimizar seus erros a alguns participantes. As desobediência e afrontas à Doutrina Católica na R.C.C. partem e são estimuladas pelo seus “cabeças”. Veja alguns erros da R.C.C. que creio eu nem um dos dois Papas citados por você devem aceitar.

    “Uma fé dogmática sem experiência pessoal permanece vazia; uma mera experiência sem ligação com a fé da Igreja é cega.”

    Não são minhas essas palavras mas, eu as aprovo!

    §|OC|§
    É, não são!? Mas de quem são? São do Cardeal Ratzinger, e cito-a por comleto:
    Salvaguardar o equilíbrio significa também o justo relacionamento entre instituição e carisma, entre fé comum na Igreja e experiência pessoal. Uma fé dogmática sem experiência pessoal permanece vazia; uma mera experiência sem ligação com a fé da Igreja é cega.
    Note que o Cardeal afirma que “uma mera experiência sem ligação com a fé da Igreja é cega”. Qual é a ligação com a fé da Igreja que tem os grunhidos proferidos nos encontros da RCC? Nem uma. Qual a ligação que o tal “batismo no espírito santo” tem com o Sacramento do Batismo, ou ainda com o Crisma? Usurpação e falsificação.

    …e mais meus queridos ao se falar da RCC não se pode generalizar porque há Dioceses que são exemplo na obediência a Igreja e a sã Doutrina Católica!

    §|OC|§
    Isso tem sido tão raro que seria bom que citasse alguma. Quando se fala dos erros da R.C.C. não há generalização, seria se o falássemos dos poucos que tentam ser fiél a Igreja estando na R.C.C.
    A desobediência a Doutrina Católica (e principalmente a Liturgia) na R.C.C. é tão patente quanto na Teologia da Libertação.

    E a respeito de hipnose entre os carismáticos, nunca vi tal coisa nem no passado e nem no presente isso me parece uma GRANDE MENTIRA, o que vejo na RCC é um povo apaixonado por Jesus Eucarístico. Deus Abençoe a todos!!!

    §|OC|§
    Já isto não fui eu que falei, mas que existem ambientes favoráveis a transes, a isso existe.

    E só pra lembrar não se força ninguém a orar em línguas em um encontro apenas se leva as pessoas a desejar os dons.

    §|OC|§
    Também, forçar já seria demais né… Já basta o “empurrãozinho” que alguns dão pra gente repousar.

  21. mara Says:

    Que a paz do Senhor Jesus esteja no seu coraçao, se você souber quem é Ele. Você fala sem nenhum conhecimento verdadeiro da bíblia, pela língualar você não tem a menor conciência do que é respeito ao próximo que é seu irmão em Cristo. O dono da verdade é Deus e somos meros recadores que precisamos da misericórdia Dele e não precisamos de pessoas incredulas como você que suja a imagem da igreja católica, que vive de heresias e mentiras Bispo não é Deus e não é mais próximo Dele do que qualquer pessoa que tenha fé. Deus não domina qo a razão, mas tudo o que somos quando entregamos nossas vidas a Ele. Sabe o que e se entregar pra Jesus? Abrir não de nos mesmos e nossos pecados e desejos da carne. Vc realmente estudou sobre tudo o que disse,? Irmão, não ache que é dono da razão, porque ninguém tem esse poder. Quer arrebanhar almas pra Deus? Leia a bíblia com olhos do espírito e não os humanos. Se você tivesse tido uma experiência verdadeira com Jesus, jamais iria falar com tanta soberba. Jesus e amor e não imposição de um ponto de vista sem nenhum conteúdo. Você e que precisa se converter a Deus. Fique na Paz.

    • Moisés Gomes Says:

      Eis um comentário típico da R.C.C.
      Destaco apenas alguns pontos caracterísitos da influência protestante neste movimento:
      “Que a paz do Senhor Jesus esteja no seu coraçao, se você souber quem é Ele” – Prepotência;
      “Bispo não é Deus e não é mais próximo Dele do que qualquer pessoa que tenha fé” – Desobediência e insubordinação;
      “Deus não domina qo a razão, mas tudo o que somos quando entregamos nossas vidas a Ele” – Sentimentalismo e irracionalidade;
      ” Leia a bíblia com olhos do espírito e não os humanos” – Tese protestante do Livre Exame;
      “Jesus e amor e não imposição de um ponto de vista sem nenhum conteúdo” – Sentimentalismo e deturpação da Imagem de Nosso Senhor.

      E ainda vêm me dizer que a RCC não tem nada com o protestantismo… :(

      • Joelson Says:

        Concordo com você em muitos pontos de vista, sou da RCC, mas procuro antes de tudo ser católico, a RCC tem error a gente sabe, pois a Igreja é infalivel a rcc não, pois é feita de pessoas, pecadores, que tentam acertar mas por falta de conhecimento erram. A oração em liguas sim existe, claro que dificilmente se é vista, as que são comuns em nossos grupos muitas vezes são deturpaçãos da verdadeira oração em linguals, pois os apostos rezavam em liguas onde todos os povos entendiam, quer dizer o ador missionario da igreja é para todos os povos. Todos entendem a linguagem da Igreja. O Papa Bento XVI enquanto cardial, aprovou o estatudo da RCC, por favor, informe-se sobre isso! Se Existem “Carismaticos” que eram, e são muitos, na maioria sem conciencia do erro, não podemos acusar todo um Movimento. A Igreja é Santa Imaculada, nem Mancha, porém somos manchados pelo pecado, não somos perfeitos.

      • Moisés Gomes Says:

        Informe-se se neste documento é aprovada oração de línguas ininteligíveis.
        E, covenhamos, os erros da RCC não são apenas manchas de uns poucos membros, mas são incentivados pelos seus “cabeças”.
        Fique atento, veja como se posicionam os líderes da RCC com relação a Doutrina Católica. Basta ver uma “missa carismática”, onde é patente o desrespeito à Liturgia, sob o conhecido aval das principais lideranças carismáticas, não só aval como encorajamento a tal.

  22. tobias Says:

    Liturgicamente existem sim alguns problemas, mas vejam bem, você equipara renovação a TL e, como você com certeza tem conhecimento, a TL ou melhor IL(ideologia da libertação) torna da liturgia algo totalmente maleável, como se não houver valor algum toda a tradição catolica.. diferente da IL – sem entrar no merito da oração em linguas – a renovação não visa nenhuma mudança, mas alguns acrescimos quanto a momentos que não existe nenhuma restrição de acrescimentos, tais como comentarios e momentos de oração em comunidade… e algumas orações que deixam de ser ditas para serem cantadas.. o restante que voce encontra não passa de falta de formação e informação… veja bem, você não vai condenar uma pessoa que vive no interior do interior de não compreender o rito como você compreende por ela não ter tantas informações… para ela o que vale é a fé e, principalmente o participar da missa… vc nao vai condenar as pessoas por estarem a frente de um grupo e não serem tao informadas como vc, ao inves de criticar jocosamente, com ar de prepotencia, procure ser mais caridoso.. pq a caridade , mesmo nas pequenas coisas, é o que faz de alguem catolico;..

    • Moisés Gomes Says:

      Meu caro, nem a R.C.C. nem a T.L. têm permissão para alterar a Sagrada Liturgia, pois não pertencem a elas. O que você tenta argumentar nada mais corrobora o que disse: R.C.C. e TL não passam de faces da mesma moeda que tentam corroer a Igreja no que tem de mais Sagrado, por dentro, ou seja: a Liturgia.
      Passar bem.

      • Fabricio Says:

        Meu caro Moisés, Paz e bem!
        Vejo que a maioria das pessoas aqui nessa pagina não conseguirão entender muito bem o que vc tentou passar a elas.
        O que é uma pena. De fato as pessoas que aqui te contestarão não são verdadeiramente católicas. Uma vez que católicos de verdade pertence a Igreja se sempre e a não igreja modernista que deu a Luz a depravada RCC e a TL, lastimável. Meu caro Irmão Moisés, os protestantes não conseguindo acabar com a santa igreja Católica, derão portanto um jeito de entrar nela (ai esta a RCC e a TL). Não adianta fica debatendo com “Carismático”, eles não pertencem a Igreja dos nossos tantos santos. Vc imagina São João Bosco, Padre Pio, São francisco de assis orando em línguas?? E ate engraçado pensar isso.kkk Não da pra imagina pq eles nunca fizerão isso, essas tal orações em línguas não edifica a Alma, são apenas ruidos. “Carismáticos” e protestantes, uma coisa só!
        Que Deus te abençôe Moisés!

      • Elvis Vicente Says:

        MATEUS 7
        1 NÃO julgueis, para que não sejais julgados.
        2 Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.
        3 E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
        4 Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?
        5 Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.

  23. De quem é a Missa? Ou: a RCC pode “mecher” na Liturgia? « §|Olhar Católico|§ Says:

    […] apesar de [infelizmente] não ser a única. Mas também por que fiquei “encucado” com o comentário de um leitor do […]

  24. luiz carlos silva Says:

    discernimento :

    pelos frutos conhecemos a árvore…

    que fruto produzirá estes comentários e respostas ?

    o dia que o pe fábio de melo , jonas abib , pe eduardo , don ascona ….

    comentarem aquí , vou estar certo que este site é uma ferramenta

    importante.

    §|Deus me livre§|

    que árvore você deve ser amigo ? a teologia da libertação ?

    §|Realmente você não conhece nem o blog nem o Pe. Fábio de Melo. Ele é que está mais pra TL do que eu.|§

    ou de uma corrente não católica , não evangélica , não cristã ?

    serias tu , um ateu ?, ou reprimido …….um sábio , como como salomão ,

    que pediu sabedoria para governar……que conhecimento voce tem !!!

    daqui a pouco tempo , todos vão te adorar no lugar de cristo . pois

    parece ser mais sábio que o mestre .
    §|Não sei por que insisto em continuar lendo… Mas vmaos lá…|§

    todos somos pecadores , e sujeitos a comentários e respostatas

    absurdas . vosso falar seja sim , sim ou não , não …..o que procede além

    disso vem demonio.

    §|Aleluía irmão! Ô glória! Agora levante suas mãos… Feche seus olhos… deixe o espírito orar em você neste momento… coin-coin-coin-coin… Não irmão, este é o espírito de porco! Ore em outra língua! Ore em uma que ninguém entende! Solte sua língua! Shoriacantalacantalartcaçat!!!|§

  25. Junior Says:

    Amados a Paz!

    Não entendo o sentido dessas críticas.
    Irmão temos que respeitar e acolhar com carinho todos os dons derramado no coração de nossa Santa Igreja.
    Lembramos o que está escrito em Marcos 3, 28-29 : “Em verdade vos digo: todos os pecados serão perdoados aos filhos dos homens, mesmo as suas blasfêmias; mas todo o que tiver blasfemado contra o Espírito Santo jamais terá perdão, mas será culpado de um pecado eterno.”
    Por isso irmão cuidado com as vossas palavras.
    Cabe ressaltar o que esta escrito:
    Mc 16, 17 – Estes milagres acompanharão os que crerem: expulsarão os demônios em meu nome, falarão novas línguas,
    Rm 8, 26 – Outrossim, o Espírito vem em auxílio à nossa fraqueza; porque não sabemos o que devemos pedir, nem orar como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inefáveis.
    Se temos que criticar e expor nossa opnião, tenhamos embasamento para nossas palavras.
    Cuidado com as blasfemia conta o Espirito Santo.
    Sei que em alguns grupos de oração este dom esta sendo utilizado como a unica forma de oração e vale lembrar também o que esta escrito:
    I Cor 14, 4 – Aquele que fala em línguas edifica-se a si mesmo; mas o que profetiza, edifica a assembléia.
    Temos que ser mais censatos na utilização deste dom.
    Como vemos na Santa Palavra, não podemos negar a existencia dos dons do Espirito Santo.
    São Jerônimo já nos disse:
    “Cristo é o poder de Deus e a sabedoria de Deus,
    e quem ignora as Escrituras ignora o poder
    e a sabedoria de Deus;
    Portanto ignorar as Escrituras Sagradas
    é ignorar a Cristo.”
    Temos que ter Discernimento em nossas palavras e atitude.

    Abraços cordial.

    Junior – SP

    • Moisés Gomes Says:

      Prezado Júnior, salve Maria.
      Para que veja meu embasamento para tal “caricatura” peço-lhe que leia o post “Como orar em línguas?

  26. Reinan Says:

    Pensei ser um artigo sério

  27. Fatima Says:

    Somos todos filhos de um mesmo Pai, irmãos em Cristo. Professamos a mesma religião, o Cristianismo: católicos, carismáticos ou não e evangélicos protestantes. Porque tanta divisão? Estamos dividindo o corpo de Deus, que é a igreja, em vários pedacinhos. Cada um acha que está certo e o outro está condenado. Quem é que pode julgar o que se passa no coração do outro? Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo são os mandamentos dos quais se derivam os demais. Se amarmos os nossos irmãos como a nós mesmos não haveria tanta truculência. Meditem sobre isso. Que Deus tenha piedade da nossa pequenêz.

    • Moisés Gomes Says:

      Prezada Fátima, salve Maria!
      O Amor não pode ser separado da Verdade, e a Verdade veio para dividir o certo do errado (confira Lc12, 51). Portanto caridade é mostrar a verdade, e a verdade sobre a oração em língua que ninguém entende é que é uma tremenda de uma mentira.

  28. fernanda Says:

    isso e a pura e simples mentira porque falar em linguás e um dom e não um jogo da memoria…………..

    • Moisés Gomes Says:

      Exato Fernanda, é um Dom e não um jogo de memória!
      Diz isso pro pe. Jonas Abib que acha que pode “ensinar” a orar em línguas… Onde já se viu! Ensinar a ter um “dom”, que absurdo.

  29. Douglas Esquina Says:

    um tremendo ignorante e sem noção quem escreveu algo de gozação sobre a oração em linguas , acaba por mostrar toda a sua ignorancia , falta de conhecimento. Se alguém não gosta fique no seu canto , não fique atacando algo tão lindo e especial que narra a biblia :“Quando chegou o dia de Pentecostes, os discípulos estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um ruído como de um vento forte, que encheu toda a casa em que se encontravam. Então apareceram línguas como que de fogo, que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito lhes concedia expressar-se”. (At 2, 1-4). , a menos q não tenham lido essa parte da biblia.
    Irmãos cuidado com as palavras elas tem muito poder.
    a paz de Cristo Jesus, e o amor de Maria.

    • Moisés Gomes Says:

      Esqueceu de continuar lendo Douglas? Vamos pegar a partir do versículo cinco, continuando de onde você parou:

      “Achavam-se então em Jerusalém judeus piedosos de todas as nações que há debaixo do céu. Ouvindo aquele ruído, reuniu-se muita gente e maravilhava-se de que cada um os ouvia falar na sua própria língua” (At2, 5-6)

      Você compreende, ou alguém ao seu lado compreende o que “ora” em línguas? Se sim, é o verdadeiro dom, do qual não tenho nem um milímetro de dúvida. Se não, se ninguém entende patativas do que você ora, então não passa de um falso dom e deve ser tratado como tal.

  30. HERMENEGILDO RIBEIRO ALBERTO Says:

    NÃO EXISTE UMA FORMULA PARA SE ORÁ EM LINGUA, SE EXISTE É UMA FORMULA DEUS E QUE NIGUÉM PODE COMPREENDER, A NÃO SER SE ELE PERMITIR.
    ABRAÇOS DE SEU CARISMÁTICO

  31. Paulo Victor Silva Says:

    é vocês são bem da RCC e bem católicos
    very good
    vcs não sabeis que a oração em linguas é um dom vc tem ou ñ tem não adianta aperfeiçoar se vc ñ tem esse domm

  32. Alti Says:

    “Graças ao movimento carismático, muitos cristãos, homens e mulheres, jovens e adultos, redescobriram Pentecostes como realidade viva e presente na existência cotidiana. Desejo que a «Espiritualidade de Pentecostes» se difunda na Igreja, como impulso renovado de oração, de santidade, de comunhão e de anúncio”.
    (João Paulo II, Vésperas de Pentecostes, 29 Maio de 2004)

    • Moisés Gomes Says:

      Algum incentivo a rezar em língua que ninguém entende?

  33. Moisés Says:

    Vc foi muitíssimo infeliz em suas colocações.
    Vc é desrespeitoso, presunçoso, pretensioso, preconceituoso…
    Aceitar as diferenças é antes de tudo uma atitude de respeito pelas pessoas.
    Deus esteja sempre contigo!
    Um abraço carismático, meu jovem

    • Moisés Gomes Says:

      Então também devo aceitar as diferenças de um assassino e endossar os seus crimes?

  34. Alti Says:

    Por acaso você já viu algum grupo de oração Carismático sem oração em línguas? Eu não, e creio que nem os seus leitores.
    O incentivo para se orar em línguas está nesse pentecostes que cada vez mais se difunde na Igreja…Desejo que a «Espiritualidade de Pentecostes» se difunda na Igreja, como impulso renovado de oração, de santidade, de comunhão e de anúncio”.

    • Moisés Gomes Says:

      Prezado Alti…
      O que vem sendo exposto é exatamente que o tal dom praticado e “encorajado” nos G.O. é um falso dom. Não é o dom que se manifestou em Pentecostes, onde todos compreendiam o que falavam os Apóstolos. Você compreende o que falam os carismáticos em seus êxtases? Claro que não. Este pseudo-dom só gera confusão e separação, e não união, que foi o que gerou o verdadeiro dom em Pentecostes. Ademais, vale a pena lembrar a ultima resposta que o Santo Padre deu a um jornalista quando interrogado por ele, um verdadeiro tapa na cara no carismatimo pentecostal católico:
      nós não precisamos imitar essas comunidades [as seitas pentecostais], mas devemos nos perguntar o que podemos fazer para dar nova vida à fé Católica. Eu sugeriria, como um primeiro ponto, uma mensagem que é simples e compreensível, mas também profunda” (Fonte)

  35. Alti Says:

    (Vc é desrespeitoso, presunçoso, pretensioso, preconceituoso…)
    Moises não quero contenda com vc, somos de Deus somos da sua única Igreja!Confesso que fui tentado a te responder com dureza, mas devemos estar unidos! Fique em Paz

  36. Alti Says:

    A paz de Jesus Moisés!
    Eu não compreendo,mas, meu caro entenda não é êxtase.(como se ficássemos fora de si) É um abandono em Deus onde sentimos sua presença, o que você me diz sobre que sentimos uma alegria, uma paz que as vezes transbordam os nossos corações… e os que são mais abertos ao Espírito Santo recebem a comunicação de Deus; a revelação de uma cura, ou que Jesus tocou alguém e esses acontecimentos recebem confirmação,(fui curado várias vezes dessa forma) É por isso que não dá para acreditar que isso não seja de Deus entende? e isso não nos confunde. Agora se eu orasse em línguas e não me trouxesse esses frutos Paz, alegria, a sensação da graça não me sentiria a vontade rezando em línguas é por isso que creio não ser um simples blábláblá.
    Quando a RCC começou ela estava mesmo perdida, até os cantos eram protestantes,mas, isso mudou, sei que o Papa tem razão. Você não acha que quando uma pregação é bem feita eu digo no seu conteúdo;a mensagem Católica transmitida fielmente sem influência protestante ela não é simples ,compreenssívél e profunda? É isso que vejo nas pregações dos Carismáticos Católicos.
    E quero te deixar uma pergunta muito importante para mim…Porfavor não me leve a mal jamais serei protestante é horrível pensar em viver sem a Eucaristia, sem Maria enfim, sem a Igreja.
    É uma dúvida minha(pessoal)
    Afinal Deus age ou não age no meio protestante “evangélico”, Deus trasforma a vida daqueles que estão clamando por Deus mesmo com a palavra multilada?Já que invocam o nome do Senhor?
    Deus Abençõe irmão desculpe o tamanho do texto.

    • Moisés Gomes Says:

      Prezado Alti, a paz de Jesus e o amor de Maria!
      Não precisa tentar me descrever como é a oração em línguas pois já participei de (e “conduzí”) muitos grupos de oração.
      Mas é exatamente este o problema da RCC: a busca pelo “super”, a busca de um sentimentalismo desenfreado, de manifestações “sobrenaturais” daquelas que dão “frio na coluna”. São João da Cruz nos adverte que esta busca pelo “extraordinário” pode nos levar a cair em ciladas demoníacas: “Quando a alma procura estas comunicações carismáticas, abre a porta ao demônio”. Veja mais aqui o que São João da Cruz ensina.

      Já quanto aos protestantes, eles negam a Nosso Senhor Jesus Cristo, pois negam, apedrejam, dividem e mutilam o seu Santo Corpo que é a Igreja, como nos ensina São Paulo. O que eles cultuam não é Nosso Senhor Jesus Cristo, mas sim suas próprias idéias, apenas o que eles acham que seja o certo, e não o certo.São verdadeiros adoradores do próprio umbigo. Veja alguns post’s sobre protestantismo do §|Olhar Católico|§ aqui.

  37. Rosielson Says:

    Caro Moises, em primeiro lugar quero dizer que sou evangélico (Assembléia de Deus) —> O resto do que ele iria escrever foi apagado.
    Este blog não tolera heresias.

    • Moisés Gomes Says:

      Seja bem vindo Rosielson e volte sempre!

  38. Leonardo Says:

    “2003. A graça é, antes de tudo e principalmente, o dom do Espírito que nos justifica e nos santifica. Mas também compreende os dons que o Espírito nos dá, para nos associar à sua obra, para nos tornar capazes de colaborar na salvação dos outros e no crescimento do corpo Místico de Cristo, que é a Igreja. São as graças sacramentais, dons próprios dos diferentes sacramentos. São, além disso, as graças especiais, também chamadas «carismas», segundo o termo grego empregado por São Paulo e que significa favor, dom gratuito, benefício (59). Qualquer que seja o seu carácter, por vezes extraordinário, como o dom dos milagres ou DAS LÍNGUAS, os carismas estão ordenados para a graça santificante e têm por finalidade o bem comum da Igreja. Estão ao serviço da caridade que edifica a Igreja (60).”

    CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA – NUMERO 2003

    Deveria ver o que a igreja fala antes de sair acusando!!!

    • Moisés Gomes Says:

      E você deveria ver os comentários acima antes de saber do que estou falando caro Leonardo.
      Não estou negando a existência do Dom de Línguas. Estou afirmando é que este falso dom onde ninguém entende o que se é pronunciado é que é falso.

      “Como então todos nós os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna?” (At2, 8)

      VOCÊ COMPREENDE O QUE OS CARISMÁTICOS REZAM NAQUELAS LÍNGUAS DELES LEONARDO?

  39. Jéssica Cassol Says:

    Olha, respeito a sua opinião, mas com base no que é a sua convicção? É uma opinião própria e desrespeitosa com pessoas que realmente estão buscando Deus. Jesus nunca condenou, por que você condena? Por que fala de algo que claramente não experimentou? Se vc fosse seguidor de Jesus Cristo seguiria o princio básico de não julgar tanto teus irmãos da RCC, mas se ocuparia com a obra de Jesus. Que Deus te abençoe e te ilumine!

    • Moisés Gomes Says:

      Jéssica, você JULGA estar correta?
      Você leu os comentários acima e outro link que há na postagem para saber em que tomo base?

  40. João Paulo Says:

    Pois bem…a tempos acompanho a discussão que já permeou por vários assuntos e voltou….Sou Cristão Católico Carismático, agradeço a DEUS todos os dias, pois por pouco não procurei outras denominações para encontrar o DEUS vivo que encontrei na minha Santa Igreja Católica…Mesmo sendo carismático, coloco minhas dúvidas em relação ao “falar em línguas”, pois o que se vê é uma sucatização e mal interpretação do Dom do Espírito Santo. Sim, quando os apóstolos pregavam em linguas e todos entendiam, não quer dizer que seria o “shanbalaoriacatlaboria….”, eles pregavam em várias linguas! Mas o que se vê na Carismática que a oração em linguas é uma forma para dizer que o cidadão está realmente espiritualizado….e na maioria das vezes pregam a palavra ferindo profundamente o Caticismo da Igreja Católica!

    • Fabricio Says:

      VC e Cristão católico “CARISMÁTICO”??????Intão não somos da Mesma igreja ja que eu sou Católico Apostólico Romano!

  41. R.MAX Says:

    temos q orar por Moisés,pela unçao de cura e libertaçao!pois o inimigo usa das pessoas!peço a todos da nossa igreja,q nas suas oraçoes coloque o irmão Moisés.para q ele sinta o espirito santo agir dentro dele,quebrando todas as barreiras do seu coração,com a força do espirito santo!amém.
    agora todos juntos:a cruz sagrada seja minha luz,ñ seja o dragao meu guia,ñ minha conselhas coisas vãs,é mal o q me ofereces,prova tu mesmo teu proprio veneno satánas!

    • Moisés Gomes Says:

      Shoriacantálabababab….

  42. R.MAX Says:

    Moisés,o nosso grupo de oraçao estar de portas abertas pra vc,se sinta convidado.eu creio q vc irá dá muitos testemunhos,evalhelizando outros irmaos.pois o impossivel Deus pode realiza.e crendo nisso continuarei orando por vc.para q todo o mal q te rodeia,todo o rancor q te persegue,seja substituido pelo o amor de DEUS.um amor ágape,um amor incodicional,q é maior q tudo e q todos.e q ñ seja feita a vontade dos homens,e sim do nosso senhor deus.q MARIA SANTISSIMA,possa interceder por vc.AMÉM!

    • Moisés Gomes Says:

      Prezado “R.MAX”, salve Maria!
      Vejo que você me convida para um grupo de oração, o que me leva a deduzir que me conheça pessoalmente. No entanto não sei quem você é, pois em minha lista de amigos/colegas/conhecidos não conheço nem um “R.MAX”. Logo não dá nem pra saber com quem estou conversando e tampouco para que “grupo de oração” quer que eu vá.
      Está claro no entanto que você já tem alguns “dons” de um tal espírito, que não é O Santo, e já tem o poder de ler o meu coração, tal qual Nosso Senhor O pode. Veja só:
      De uma tacada só você pode ver que:
      1- Estou rodeado pelo mal; e
      2- Sou perseguido pelo rancor;
      Agora não somente Deus vê o coração, mas agora Deus e R.MAX! Não é o MÁXIMO!?
      Ah… Agradeço suas orações, desde que não sejam hipócritas e que sejam em uma língua que você entenda. Vai que você “ora em línguas” e em vez de estar “orando” por mim não estará me amaldiçoando ou coisa pior!? Quem me garante, hein?
      Verdadeiro DOM DE LÍNGUAS mesmo, só o de Pentecostes.
      Passar bem, Sr. “semi-anônimo” R.MAX.

  43. R.MAX Says:

    perante a DEUS,todos nós,somos irmaos!ñ é isso?e ñ precisa ter nenhum dom para destiguir quando um irmao ñ tá bem.e eu te convidei para meu grupo de oraçao FOGO ABRASADOR,pois percebir q ñ tinha conhecimento da renovaçao carismatica católica.e para gente chegar ao ponto de criticar e julgar algo,temos q conhecer.DEUS me perdoe mais pelo q foi dito por vc um pouco mais acima:”de um tal espírito, que não é O Santo” acredito q vc ñ deveria tá nessa religiao,pois vc julga e DEUS confiou o poder de julgamento a JESUS CRISTO,só ele tem o poder de julgar!!! e por parecer q ñ acredita no espirito santo,vc deveria ser da TETEMUNHA DE JEOVÁ!
    Nunca parou para pensar nisso ñ?

    • Moisés Gomes Says:

      Você JULGA estar certo R.MAX?
      Você JULGA que eu estou errado R.MAX?
      Você JULGA que eu não conheço a RCC, R.MAX?
      Você JULGA que eu não creio no Espírito Santo R.MAX?
      Você JULGA R.MAX?

      “Examinai tudo: abraçai o que é bom”. (I Tessalonicenses, 5,21)

      PS: fui coordenador da RCC em Cedro/CE, membro dos “ministérios” de comunicação e pregação, e postulante da comunidade mariana Boa Semente, também carismática.

      • Weslley Says:

        Vc deve ser um protestante querendo respostas para sua duvidas ignorantes.

        Ja foi da RCC;
        Ja foi ate Coordenador;
        * Hoje é protestante.
        Que Deus possa calar nossas bocas aos ouvidos dos ignorantes..
        Vc ta me ouvindo Moisés? Acho que nao né ?!?!?

      • Moisés Gomes Says:

        Correção, fui protestante quando RCCista.

  44. Resposta a um comentário sobre oração em linguas « §|Olhar Católico|§ Says:

    […] Gomes diz: 29/01/2010 às 12:28 pm Prezado Rodrigo, a paz de Jesus e o amor de […]

  45. Luis Fernando Says:

    Não entendo seu desprezo pela oração em línguas.

    Ora, por acaso o Pentecostes não é uma realidade no Catolicismo?
    Em Rom 8, 26 nos fala sobre o porque de se orar em línguas, e não só isso, mas em 1 Cor, 14 há a exortação a respeito dos dons espirituais, ao dom da oração em línguas e há ainda uma explicação sobre o uso da oração em línguas no versiculo 5 de uma forma de trazer um benefício não só para si, mas também para os irmãos através das profecias.
    Os dons do espírito foram derramados para todos.

    Essas passagens e outras estão na bíblia, mostra a realidade da igreja primitiva que tinha uma comunhão com Deus mais sobrenatural que racional. Se desde o principio havia o uso da oração em línguas, então nem a RCC e nem nenhum movimento protestante a inventou.

    paz e bem.

    • Moisés Gomes Says:

      A oração que NINGUÉM ENTENDE, essa sim as heresias inventaram. Esta é que é a praticada na RCC. O verdadeiro dom é INTELIGÍVEL.

  46. Pof Says:

    Voce faz parte da TFP?

    • Moisés Gomes Says:

      Não.

    • judith geovanna Says:

      o que é TFP??????

      • Moisés Gomes Says:

        Tradição, Família e Propriedade. No Google você vai encontrar alguma coisa sobre eles.

  47. camila Says:

    ai excluiram meu comentário foi? é , a verdade dói né?

    • Moisés Gomes Says:

      Não foi excluído por que a verdade dói. Foi excluído por que o erro não tem vez neste blog.

  48. Luanny Says:

    Está na Biblia meu irmão…
    “quem fala em linguas estranhas fala a Deus e nao as pessoas, ninguem os entende. Pelo poder do Espirito Santo ele diz verdades secretas.” (1 Corintios 14:2 )
    Fique com Deus

    • Moisés Gomes Says:

      São Paulo não diz que o dom de línguas é ininteligível aos homens, mas que “ninguém o entende, pois fala coisas misteriosas, sob a ação do Espírito” (cf. 1Cor 14,2). Santo Tomás comentando este trecho ensinou:

      “Também é falar em língua o falar de visões somente, sem
      explicá-las. […] Mas o que só a Deus é falado, compreende-se que o
      próprio Deus fala. Pelo qual disse: Mas o Espírito de Deus fala
      mistérios, isto é, coisas ocultas (1Cor 14,2). Porque não sereis vós
      que falareis, senão o Espírito de vosso Pai é que falará em vós. (Mt
      10,20).” (AQUINO, Santo Tomás de. COMENTÁRIO DE SANTO TOMÁS DE AQUINO À 1A. CARTA
      DE SÃO PAULO AOS CORÍNTIOS. http://www.veritatis.com.br/article/4974)

      Logo, quando se fala a Deus em línguas, fala-se coisas misteriosas e não palavras sem sentido.

      *Retirado do livro O Dom das Línguas do professor Alessandro Lima, páginas 35 e 36.

      Entendeu agora senhorita mineira?

  49. José Mota Says:

    Gostaria de saber,quem é o tradutor de lníguas.Não adianta orar em línguas,sem ter um tradutor para interpretar aos que não entendem.Quando estou orando em língua,ao mesmo tempo,tem que haver um tradutor em portuques para os leigos saberem o que estam dizendo.

  50. tiago rafael Says:

    Moises, acho interessante outros posts de você, mas você não pode expor a imagem de pessoas sem a permissão de uso. Isso é básico. Estas piadinhas feitas por você, pode te enquadrar em danos morais. Por favor seja ao menos prudente.

  51. Cláudia Says:

    Os dons de Deus não são brinquedos

    Ao receber ordens de Deus para libertar seu povo, Moisés se mostra totalmente impotente, mas então o Senhor lhe dá forças por meio do cajado que ele levava consigo para pastorear as ovelhas. A partir de então, o cajado foi abençoado com o poder de Deus para pastorear o povo. E Moisés, com o cajado de Deus nas mãos, com o poder divino, foi ao alto do monte para orar.

    Nossa oração precisa de muito poder, mas nenhum de nós o tem. Ou seja, a oração simplesmente humana não tem efeito algum. Por isso, como Moisés, só podemos subir “ao monte da oração” com o poder de Deus nas mãos. E o Senhor o pôs à nossa disposição – ao derramar sobre nós Seu Espírito, o Espírito com o qual foram criadas todas as coisas –, que está manando em nós rios de água viva. Portanto, os dons do Espírito Santo, e principalmente a oração do Espírito – em línguas – é que nos permitem usufruir o poder de Deus. Pois: “O Espírito vem em socorro da nossa fraqueza, pois nós não sabemos rezar como convém: mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis” (Rm 8,26).

    É importante, assim, entender que a oração em línguas não é um brinquedo de criança, para se pegar, usar e, então, cansados, jogar fora. É com esse “cajado” que o Senhor quer que subamos a “montanha da oração” para vencer qualquer batalha contra seus inimigos. Moisés levantava o cajado de Deus na oração e Israel vencia. Ao interceder orando, cantando no Espírito, estamos levantando o cajado de Deus, a cruz de Jesus, a salvação.

    Deus o abençoe!

    • Moisés Gomes Says:

      Prezada Cláudia, a paz de Jesus e o amor de Maria.
      O Verdadeiro dom de línguas não produz balbuciados ininteligíveis, ok?
      Inexprimíveis é diametralmente diferente de ininteligíveis, que é o que de fato são os gemidos animalescos praticados no falso dom de línguas, que ao contrário do verdadeiro, gera confusão.

  52. Amarildo Says:

    Estes comentários foram postados a um bom tempo, mas gostaria de comentar. Pelo que eu li, esclareceu minhas dúvidas com relação a “oração em línguas – RCC”, ou seja, me ajudou a poder entender e poder fazer um breve comentário.
    O Moisés Gomes fez diversos comentários, baseando-se nos documentos da nossa Igreja Católica Apostólica Romana (quem é católico precisa conhecê-los e segui-los) e na liturgia da Palavra de Deus.
    Gostaria de destacar que São Paulo não diz que o dom de línguas é ininteligível aos homens, mas que “ninguém o entende, pois fala coisas misteriosas, sob a ação do Espírito” (cf. 1Cor 14,2).
    Em diversas passagens, Jesus falou aos seus discípulos, mas muitas vezes eles não entendem o que ele dizia, não porque Jesus fala em outra língua, mas porque fala das palavras de Deus e que eles ainda não estavam preparados a entendê-las.
    Simples assim.

  53. Amarildo Says:

    Consegui esclarecer minhas dúvidas com relação a “oração em línguas – RCC”, ou seja, me ajudou a poder entender, comentar com outras pessoas, a procurar mais informações e também a fazer um breve comentário neste blog.
    O Moisés Gomes fez diversos comentários, baseando-se nos documentos da nossa Igreja Católica Apostólica Romana (quem é católico precisa conhecê-los e segui-los) e na liturgia da Palavra de Deus.
    Gostaria de destacar que São Paulo não diz que o dom de línguas é ininteligível aos homens, mas que “ninguém o entende, pois fala coisas misteriosas, sob a ação do Espírito” (cf. 1Cor 14,2).
    Em diversas passagens, Jesus falou aos seus discípulos, mas muitas vezes eles não entenderam o que ele dizia, não porque Jesus fala em outra língua, mas porque falava das palavras de Deus e os discípulos ainda não estavam preparados para entendê-las.
    Lc 18.31-34 / Mc 8,31-38

    Simples assim.

    • Fernanda Says:

      É importante ressaltar que para levar as palavra de Deus até os confins do mundo, era necessário que aqueles doze apostólos soubessem de fato falar cada um as línguas estrangeiras. Gente, não entendo como suta pra algumas pessoas compreender isto! Naquela época não havia essa grande interação de idomas devido a globalização (isso não vem ao caso). Seria realemnte necessário um MILAGRE movido pelo ESPÍRITO SANTO DE DEUS, pra que TODOS OS ESTRANGEIROS COMPREENDESSEM o que os apóstolos diziam. Para mim, definitivamente, tirei minhas dúvidas a respeito do RCC. Estou aliviada, inclusive! Muito om esse blog. Parabéns!

  54. Diogo Miranda Says:

    Primeiramente, tenho dó desses que não creêm realmente no Santo Espiro, e que por Ele tudo é possivel. Infelizmente ainda nao fui agraciado com o dom de orar em línguas, em sonhos ja aconteceu. Segunda questão: tenho mais dó ainda dos que falam mal e criticam a igreja catolica, pois todas as outras foram criadas através dela. Voces precisam muito da misericordia do Senhor.

    • Moisés Gomes Says:

      Prezado Diogo Miranda, a paz de Jesus e o amor de Maria.
      O que estou afirmando acima é que exatamente os grunhidos ininteligíveis não são obras do Santo Espírito.
      E nem uma outra “igreja” foi criada a partir da Santa Igreja Católica. Ela é a Única e Verdadeira Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, fora da qual não há salvação. As demais denominações não passam de cismas e heresias, e não igreja.

  55. Amarildo Says:

    Moisés, percebi que você se baseia nos seus conhecimentos bíblicos em relação as pessoas que defendem a oração em línguas, que não tem argumentos fundamentados. Muitas de seus questionamentos e posições sobre a oração em línguas não foram respondidas.
    Achei interessante você ter vivido um período no RCC, por ter passado por esta experiência, pois pode argumentar com conhecimento de causa e não com “achismo”.
    Minha esposa saiu da RCC, por não concordar quando as pessoas líderes da RCC começaram a ensinar (!!) a oração em línguas.
    Moises, apenas não compreendi porque sua crítica foi nesse sentido debochado, com estas montagens. Achei até estranho, pois você demonstra ser uma pessoa inteligente e culta.

  56. Amarildo Says:

    Pessoas para defender a oração em línguas, escreveram coisas absurdas, como: “…Ou seja, a oração simplesmente humana não tem efeito algum..”
    E o Pai Nosso, que nosso Senhor Jesus nos ensinou? Não tem efeito, é isso?

  57. Fernanda Says:

    O que vou deixar aqui, pode parecer uma piada muito gosseira, mas não é. Experimentem “falar em línguas” como o RCC a um surdo. Ele não vai entender, não adianta. Eu sou deficiente auditiva. Ouço pouco, mas ouço. Mas, Sabem como assisto a uma missa? Nas primeiras cadeiras. Mesmo assim, não compreendo tudo. Porque ouço, mas não entendo, não é decodificado toda a mensagem. Algumas vezes, se eu estiver com algum conhecido, amigo ao meu lado, pergunto, peço que repitam a msg. Por quê? PORQUE PRECISO ENTENDER O QUE O PADRE ESTÁ DIZENDO. Vejam bem aonde quero chegar. Eu quero entender a msg de Deus pra minha vida. Eu quero ouvir com o que posso com meus ouvidos, como que meu coração pede. Sinto muito aos irmãos que frequentam a RCC… :(
    Tentam entender que vcs estão sendo enganados. Persuadidos a acreditarem em algo que não faz sentido algum… Se tudo o quanto eu li que foi argumentado pelo Moisés, acima, não convenceu… Deixar nas mãos de Deus. Num grupo de oração, começaram a falar em línguas. Eu comecei a tentar falar tb… Vinha um impulso que me fazia querer “enrolar” a língua e só. Achei realmente que estivesse falando em línguas, mas depois, constatei que não fui movida pelo “Espírito Santo”, mas pela “cadeia de pessoas” que estavam presente ali. Qdo contei a minha amiga ela perguntou: “Tu entendeste o que tu falaste?” Eu respondi: “Entendi!” Ela ficou maravilhada pq segundo foi dito a ela era muito raro uma pessoa entender o que foi dito. Achei estranho!
    Pq achei estranho? Pq o que de fato falei em línguas nada mais foi do que minha oração “enrolada”. Qdo ela me disse que era a língua do anjos, oração do céu, que poucos entendiam o que era dito e tal… achei mais estranho ainda! Pra a língua dos anjos sempre foi-me revelada conforme as escrituras. O Anjo gabriel “falou em línguas” como fazem o RCC com a Virgem Maria? Boomm… Penso que não! Enfim…

  58. paulo correia Says:

    caro moises..perplexo em ler de um cristão a sua fobia..sobre linguas…..sua aversão…creio que sua pessoa sim esteja sobre possesão demoniaca….visto que satanas se veste de anjo de luz…para confundir, caro moises no momento de sua critica, eu acordo vc para dois simples assuntos…1º, todo joelho se dobrara e toda lingua confessara…creio que vc tera uns bons exclarecimentos pra dar quando chegar sua vez perante o Todo Poderoso no assunto linguas….e em segundo, vejo sua critica forte aos pentecostais….mas nesta pagina, na sua esquerda, vejo a imagem de Maria, a mãe de Jesus, que poder ela tem? se a palavra assim diz em joão…ninguem vai ao Pai senão por mim…..???…li toda a biblia e so encontrei em Lucas que ela é cheia de graça…e o Senhor é convosco….?…portanto não vejo que ela tenha poder..do contrariio eu entendo que seria…em Nome do Pai..em nome do Filho..em nome da Mãe..e em nome do Espirito Santo, sem mais para o momento..e acreditando plenamente como historiador que a minha antiga Igreja..Igreja a quem me batizaram..pois não fui eu…eu era um bebê…não confessei com minha boca….precisa rever seus conceitos doutrinarios e parar com rezar para: santo agostinho, são paulo,santo expedito,santa madre tereza de calcutá, santa lucia, sana edvirgens, são cipriano, são batista, ´~ao pedro, santa marta,..etc…etc.,..etc…etc..e DEFINITIVAMENTE ORAR PARA O TODO PODEROSO DEUS…obrigado por este minuto.

    • Moisés Gomes Says:

      Prezado Paulo Correia, a paz de Jesus e amor de Maria – Mãe do meu Salvador (Lc1, 43).
      Interessante como você é rápido para identificar uma possessão demoníaca, bem à distância diga-se de passagem, e é lento, tardo, para compreender as Escrituras. Só que Paulo, o Todo-Poderoso em nem um momento nas Escrituras nos ensina a orar em línguas que nem Deus nem o diabo, e muito menos vocês, entendem. O verdadeiro Dom de Línguas, manifestado em Pentecostes, onde TODOS compreendiam o que os Apóstolos falavam é o verdadeiro Dom vindo do Espírito Santo. Estaria eu possesso por afirmar isto?
      Agora você aproveita a viagem e entra com a velha ladainha protestante, e olha que vocês são contra orações repetitivas hein, de que adoramos a Maria e os santos. Pois bem, este blog tem muito material que refuta cada uma destas bobagens que vocês aprendem com os seus pastores, que, na cabecinha de vocês, são instrumentos de Deus para que vocês cheguem ao conhecimento Dele… Mas ops… Espera ai… Ninguém vai ao Pai senão por mim (Jo14, 6)! Então como pode o seu pastorzinho de araque lhe ensinar e rezar por você Paulo? Acho que ele precisa ler mais as Escrituras.
      Ora Paulo, se seu pastorzinho pode rezar por você e você confia na oração dele, que diremos nós católicos que nos confiamos às orações de Nossa Senhora, a Mãe de Jesus!? Pode um filho recusar o pedido de uma mãe? Pode um Filho que é Perfeito recusar aos pedidos d’Aquela que deve ser proclamada Bem-aventurada entre todas as nações (Lc1, 48)!? Pode Nosso Senhor Jesus Cristo que é a própria Palavra Viva contradizê-la: “Dá ouvidos a teu pai, àquele que te gerou e não desprezes tua mãe quando envelhecer” (Pr 23,22)!? Não seria um bom filho Nosso Senhor se a Sua Mãe não atendesse. Obviamente Nosso Senhor Jesus Cristo é todo perfeição, e consequentemente não há de ignorar os rogos de Sua Mãe, pois você acha que ele esculta até as orações de seu pastorzinho!
      Você leu toda a Bíblia Paulo, mas não a entendeu. Não reparou que em toda a escritura somente a Sempre Virgem Maria é declarada pela boca de uma anjo, o Anjo Gabriel (a voz de Deus, o mensageiro de Deus), que Ela, e somente Ela, encontrou graça diante de Deus: “Ave, gratia plena, Dominus tecum” (Lc1, 28)! Você não é completamente cheio de Graça, eu não o sou, nem mesmo São João Batista o é, somente Ela encontrou a Graça perdida por Adão e Eva no Pecado Original! E Ela assim foi escolhida por fazer a vontade de Deus:”Então disse Maria: Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo afastou-se dela” (Lc 1,38). E aqueles que fazem a vontade de Deus são dignos de serem chamados irmãos e mãe de Jesus: “Todo aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”. (Mt 12,50).
      Não Paulo, você de fato não entendeu a Bíblia que leu. Não prestamos adoração à Maria. O culto de Latria é devido somente a Deus. Sabemos muito bem que Deus é infinitamente superior a Maria. Mas também sabemos que somos infinitamente inferior a Maria. Parece que como historiador você nega a verdade dos fatos e também se confunde com tanta baboseira que decorou de seu pastor.
      A Santa Igreja senhor Paulo, a qual desgraçadamente o senhor abandonou, é a mesma querida por Nosso Senhor Jesus que Cristo que entregou sua liderança a um dos santos que você despreza em sua lista, veja só! A São Pedro nosso Senhor diz:”E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mt 16,18). Mas você Paulo, prefere ser Saulo, e ignorar o que o Próprio Senhor falou. Esta Igreja Paulo, em conformidade com o que ensina Nosso Senhor Jesus Cristo, acredita que o Batismo é um eficaz sinal que apaga a Mancha do Pecado Original (Mt28, 19), e que assim como uma criança não precisa esperar crescer e aprender a falar para ser vacinada por seus pais, assim também a Igreja oferece este sinal de salvação às criancinhas que tanto Nosso Senhor assim o quis (cf. Mt19,14).
      Agora Paulo pegue este minuto e repense. Pense se de fato você fez bem em abandonar a Santa Igreja Católica. Sempre é tempo de recomeçar, de retornar. Note que seus argumentos e refutações estavam equivocados. Para que você possa estudar melhor listo abaixo alguns artigos que possam lhe ajudar:
      Imagens, ídolos, veneração, adoração
      Batismo de adultos e crianças
      Índice das mentiras protestantes
      As glórias da Virgem Maria segundo as Escrituras
      Protestantismo no Olhar Católico
      Respota a [Resposta a [Frutos do “Livre Exame” Protestante]

  59. Indefectibilidade da Igreja, Santa Inquisição, Reforma Protestante… Tudo isso em uma só acusação. Ou: um comentário cheio de erros. « §|Olhar Católico|§ Says:

    […] 20/09/2012 — Moisés Gomes Abaixo segue o comentário de um leitor no post “Três dicas para orar em línguas“, que é o post de maior acesso do blog, e em seguida minha resposta. Rogério|Enviado […]

  60. Tony_ RCC PB Says:

    Por favor, honre a vossa fé! Não permita que ninguém interfira naquilo que você já sabe que é verdade. A palavra de Deus cura e liberta, e os dons existem sim; orar em línguas é um desses dons. E Mons. Jonas Abib não ensina a orar em línguas, ele ensina o que você precisa fazer para que esse dom se manifeste! Qualquer outra dúvida procurem um sacerdote ou membro da RCC mais próxima. Leiam: 1 Cor 14,2; Rm 8,26-27. Detalhe: não li todos os comentários, nem precisaria. Não percam o tempo de vocês com esse tipo de postagem. Leiam a bíblia, busquem formações!
    A paz de Jesus e o amor de Maria!!
    Eu sou Católico Apostólico Romano Carismaticamente Renovado, Graças a Deus!!!
    Amém!

    • Moisés Gomes Says:

      Olá Tony, a paz de Jesus e o amor de Maria!
      Sugiro-lhe que leia os comentários para que você entenda melhor, pois os argumentos bíblicos que você cita são explicados acima.
      Já eu não faço parte desta nova religião que você diz ser membro. Eu sou simplesmente Católico Apostólico Romano.

  61. Wilson Says:

    Oração ao Espírito Santo

    Ó Espírito Santo,
    Amor do Pai e do Filho, inspirai-me sempre
    o que devo pensar,
    o que devo dizer, como devo dizer,
    o que devo calar, o que devo escrever,
    como devo agir, o que devo fazer,
    para obter a vossa glória,
    o bem das pessoas
    e minha própria santificação.
    Amém.

    “Pai, perdoai-os porque eles não sabem o que fazem.” (Lucas, 23:34)

  62. Carlos Says:

    Moises o que você acha certo ou errado não importa,apenas obeserve o mandamento:AMA O TEU IRMÃO COMO EU TE AMO!! é isso que importa não ficar discutindo quem é certo ou errado isso é perda de tempo,acorda meu irmão você tá cego.
    PAZ E BEM!!!!

    • Moisés Gomes Says:

      Carlos, a paz de Jesus e o amor de Maria!
      Quem ama um irmão realmente o impediria de pular em um abismo, mesmo sabendo que aquele irmão “acha” certo pular de um abismo.
      Ou ainda, por amor alguém também teceria um chicote e expulsaria comerciantes de um templo.
      Por amor alguém acusaria outros de raça de víboras.
      Por amor alguém acusaria outros de sepulcros caiados.
      Tudo por amor Carlos.

  63. Bruno Says:

    cara tu e um babaca a biblia diz que desceu linguas de fogo no cenáculo seu babaca
    a própria igrej perseguindo a igreja

    • Moisés Gomes Says:

      E eles compreendiam o que falavam, seu… Seu… Seu Bruno :-)

  64. Sandra Neves Says:

    Que triste, pessoas entrando nesse site só para criticar! Principalmente o passado da igreja católica! Porque isso agora? Qual a intenção de quem entra aqui para deixar o que pensa? O que passou passou, vida nova!!! Sou católica e vivo a minha fé! É muito decepcionante pessoas dizendo que quando eram católicos adoravam imagens, meu amigo vc nunca foi católico, pois nos católicos, não adoramos imagens, amamos a mãe de Jesus! É tão simples amar Nossa Senhora! Enquanto você ficar ai criticando, estará se esquecendo que só o amor vencerá, e que tempo cura todas as feridas!!! Vão estudar melhor as escrituras, porque o próprio Jesus Cristo disse a Pedro, tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a tua igreja!!! Então qual foi a primeiro igreja fundada por Jesus Cristo? Não preciso nem responder! A igrejas que estão sendo criadas nesse século, são apenas arrecadadores de impostos, que estão se enriquecendo a custa de pessoas que não tem fé em Deus e sim no homem!!!! A igreja católica é a única que Jesus Cristo edificou!

  65. Marcos Paulo Says:

    Caro Moisés Gomes, você só não é mais imbecil pq “felizmente” é só um. Deus seja louvado por isso! Se vc fosse dois, seria imbecil ao quadrado. Como tem a ousadia de dizer que é católico, colocar a imagem de Maria e do sagrado coração de Jesus no seu site, dizer que busca ser santo com a Graça de Deus e faz uma chacota dessa com o Dom da Oração em Línguas? Eu fiquei aqui tentanto responder essa pergunta, e cheguei na seguinte conclusão: Vc só pode ser um retardado mental ou está mesmo é querendo visitas para o site. Tenha mais respeito pelas coisas da santa Igreja Católica, principalmente quando se refere aos dons do Santo Espírito… pq dessa forma vc está carimbando sua ida para o inferno meu caro. Paz e Bem!

    • Moisés Gomes Says:

      Olá Marcos, a paz de Jesus e o amor de Maria!
      Se eu fosse dois não seria imbecil ao quadrado e sim em dobro, afinal hum ao quadrado é igual a hum (1×1=1). Já o dobro de hum é igual a dois (1×2=2).
      E realmente, declarar-se católico hoje em dia é uma ousadia. Mas não faço chacota do Dom de Línguas, pelo menos não do verdadeiro dom. Quer ver?

      Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar.De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados.Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar em línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. Achavam-se então em Jerusalém judeus piedosos de todas as nações que há debaixo do céu. Ouvindo aquele ruído, reuniu-se muita gente e maravilhava-se de que cada um os ouvia falar na sua própria língua. Profundamente impressionados, manifestavam a sua admiração: Não são, porventura, galileus todos estes que falam? Como então todos nós os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna? Partos, medos, elamitas; os que habitam a Macedônia, a Judéia, a Capadócia, o Ponto, a Ásia, a Frígia, a Panfília, o Egito e as províncias da Líbia próximas a Cirene; peregrinos romanos, judeus ou prosélitos, cretenses e árabes; ouvimo-los publicar em nossas línguas as maravilhas de Deus! Estavam, pois, todos atônitos e, sem saber o que pensar, perguntavam uns aos outros: Que significam estas coisas? (At2, 1-12)

      Sabe todo este texto acima? Foi retirado da Bíblia Sagrada. Pois é, neste eu acredito sem sombra de dúvidas! De fato os Apóstolos, tomados pelo Santo Espírito de Deus, manifestaram a universalidade da Igreja falando em várias línguas, inteligíveis, em Pentecostes – grandioso evento da Igreja!
      Já você Marcos, parece ser um psicólogo ou psiquiatra ao me taxar, e me dar de graça uma consulta (puxa, obrigado!), de retardado mental. Mas na verdade Marcos, o que quero mesmo é visitas para o site – afinal um blog é feito para ser lido, não é mesmo?
      Fico feliz que você já saiba o caminho do inferno, pelo menos assim já sabes por onde não ir. Acredito que a caridade que você manifesta em seu comentário seja uma delas.

      Passar bem Sr. Marcos Paulo!

  66. GERALDO MONTEIRO DE ARAUJO Says:

    em I pedro.4,29 diz:devemos antes obedecer a DEUS que aos homens.
    caro moises,estude a biblia e o catecismo da igreja catolica,pois,
    ignorançia e a falta de conhecimento e estudo.leia a biblia sagrada e
    aceite JESUS como seu salvador.joao 3.1-9

    • Moisés Gomes Says:

      “Ouvindo aquele ruído, reuniu-se muita gente e maravilhava-se de que cada um os ouvia falar na sua própria língua”. (At 2,6)

      Prezado Geraldo, além de estudar a Bíblia e o Catecismo, aconselho que estude também um pouco da língua portuguesa, afinal, como entenderás o que está escrito lá? Afinal a ignorançia é a falta de conhecimento e estudo.

  67. R.Max Says:

    meu caro Moisés como estais?q a paz do senhor e o amor de Maria esteja sempre contigo!percebo q o seu site ñ é mais visitado como antes,por q será?passar bem,tenha uma ótima sexta-feira santa em jenjum e oração! q Deus te faça cada vez mais mensageiro da tua palavra,com um coração renovado.

    • Moisés Gomes Says:

      Olá R. Max, tudo bem!
      Realmente, o blog não é mais visitado como antes :-)
      Antes tínhamos menos visitas. Agora temos mais.
      Foi alguma maldição carismática que você lançou? kkkk

  68. Márcia Faria Says:

    Li todas as mensagens e as repostas do Moisés Gomes, adorei as repostas Moisés, você é muito paciente pois talvez eu não teria a mesma paciência que você teve em responder aos protestantes, ops quero carismáticos, pois esses carismáticos protestantes são cabeças duras, é perda de tempo explicar alguma coisa para eles,com certeza eles devem ter visto o Santo Padre Bento XVI orar em línguas né?
    Eles são sim orgulhosos,e jamais aceita um conselho, são sempre os certos, e logo dizem que só sabemos julgar,e quem julga é Jesus, como se não soubessemos disso, oras mostrar erros não é julgar e sim ajudar a sair desse erro que um dia vão ver em que furada eles entraram!
    Mas como eu disse não adianta são cabeça dura…
    Fique na paz e no amor de Nossa Senhora!

  69. Laisa Medeiros Says:

    Estou visitando a página pela primeira vez e demorei a acreditar que esta é mesmo uma página católica. Gente, a Igreja Católica Apostólica Romana é UNA, todos somos um só, E isso que você falou a respeito da oração em línguas é uma BLASFÊMIA, meu irmão. É o Espírito Santo de Deus que nos conduz durante essa oração. Com esses comentários, você está dividindo o povo de Deus. Que Deus te abençoe e te conceda o discernimento que você tanto precisa!

    • Moisés Gomes Says:

      Olá Laisa, a paz de Jesus e o amor de Maria!
      Blasfêmia é atribuir ao Divino Espírito o que de fato pertence a espíritos de porcos.
      A Igreja é Una, e é justamente por isto, para que sua unidade seja preservada, é que temos que combater as práticas e doutrinas contrárias ao seu ensinamento.

      • Tiago Elias Says:

        Irmão, tenho por mim que você não conhece as cartas de São Paulo ou as interpreta de forma errônea. São Paulo fala claramente em toda a carta aos Corintios sobre o dom de línguas, falando até mesmo que o dom profecia é preferivel ao fato que seria este dom para edificação da comunidade, tendo por tanto o dom de línguas, ou oração em línguas para edificação edificação própria. (I Carta aos Corintios 14)

      • Moisés Gomes Says:

        Prezado, aparentemente você não leu as respostas aos comentários acima.
        Em nem um momento nego o verdadeiro dom de línguas, aquele manifestado em Pentecostes que serviu para manifestar a universalidade da Igreja.
        Já o falso dom, este que é utilizado como cartão de visitas da RCC e congêneres protestantes, este sim é um falso dom. Um dom que basta apertar o botão e você já o tem, ou seja, não é Deus que o dá, é você que o possui, que o tem, e basta ligar o botão e pronto, está “orando”, rezando uma língua que nem Deus e nem o Diabo entendem. Este “dom” é falso. Diametralmente oposto ao de Pentecostes. Aquele gerou união, este só gera confusão. Aquele todos compreendiam, este nem mesmo o “possuidor” o compreende. Aquele era dado aos santos, este qualquer cachorro cagando na esquina o tem.

  70. Michael Says:

    Obrigado Moisés!
    Sou muito criticado em minha comunidade por acusar esses tipos de erros.
    A graça e benção de nossa Mãe Sss esteja com você!
    ”Adorei”(risos) o seu blog ;)

  71. Lucas Says:

    Sou Carismático, porem não me permito abater por tais Criticas Estou Orando por Vocês que jogam pedras na RCC. Q Deus abençoe a todos… Paz e Bem

    • Moisés Gomes Says:

      Não se permita abater, permita-se converter-se ao Catolicismo. Largue suas práticas protestantes.

  72. Felipe Ribeiro Says:

    Olá Moisés

    A paz de Cristo.
    Parabens da forma extrovertida e engraçada que vc expos os erros tão frequentes na RCC.
    Inclusive há citações de Santo Agostinho e São Tomás de Aquino sobre o dom de línguas.
    São Tomás
    “Quanto ao dom de línguas, devemos saber que como na Igreja primitiva eram poucos os consagrados para pregar ao mundo a Fé em Cristo, a fim de que mais facilmente e a muitos se anunciasse a palavra de Deus, o Senhor lhes deu o dom de línguas” (S. Tomas de Aquino, Comentário a la primera espistola a los Conrintios, Tomo II, pag 178.)

    Santo Agostinho
    “[…]Quem em nossos dias, espera que aqueles a quem são impostas as mãos para que recebam o Espírito Santo, devem portanto falar em línguas , saiba que esses sinais foram necessários para aquele tempo. Pois eles foram dados com o significado de que o Espírito seria derramado sobre os homens de todas as línguas, para demonstrar que o Evangelho de Deus seria proclamado em todas as línguas existentes sobre a Terra. Portanto o que aconteceu, aconteceu com esse significado e passou[…]”
    Santo Agostinho (Séc IV) -Homilias em 1 Joao 6 10; NPNF2, v. 7, pp. 497-498.

    Ademais, “os Dons Extraordinários não de­vem ser temerariamen­te pedidos, nem deles devem presunçosa­mente ser esperados fru­tos de obras apostólicas”
    Em segundo lugar, porque é muito fácil haver engano, ou risco de o ha­ver. O Demô­nio não precisa senão de uma porta aberta para armar mil embus­tes. Em terceiro, porque a própria imagina­ção, quando há um grande desejo, leva a pessoa a acreditar que vê e ouve aquilo que deseja, tal como os que, querendo uma coisa durante o dia e pensando muito sobre isso, sonham com ela à noite.

    Por essas razões, prefiro não acreditar, no dom que se manifesta EXCLUSIVAMENTE na rcc.

    PS: Nos anos 70, o fenômeno atraiu a comunidade acadêmica, com estudos publicados pela antropóloga Felicitas Goldman e pelo linguista William Samarin. Goldman descreveu a ocorrência da glossolalia em situações distintas e Samarin considerou a glossolalia não constituía uma língua per se nos parâmetros conhecidos da ciência linguística. Recente pesquisa (2006) da Universidade da Pensilvânia descobriu que quando um indivíduo produz glossolalia, a área do cérebro que controla a linguagem não é ativa, assim não possui controle sobre o sujeito. O fenômeno ainda está a ser estudado e desperta a curiosidade da ciência e do público familiar com a prática.
    Através de inúmeros estudos realizados pela parapsicologia, tem se chegado à conclusão que o fenômeno da glossolalia ou xenoglossia pode ser resultado das faculdades humanas, visto que podem ser induzidos através de hipnose, euforia, transe, etc. ; fora de ambientes religiosos.

    Lembrando que os Milagres Eucarísticos foram confirmados pela ciência.

  73. Márcio Leopoldo Says:

    Caríssimo Moisés,
    É impressionante a teimosia a arrogância e a ignorância dos carismáticos. Carismáticos são aqueles católicos que não tem coragem pra se mudarem de vez para para qualquer seitazinha protestante. Eles são idênticos, até o linguajar é o mesmo. Tratam-nos como “amados” expressão genuinamente protestante, mas contraditoriamente não aceitam qualquer correção.
    Participei da Rcc por dez longos e enganosos anos.Este para mim verdadeiro tempo de trevas, do qual tento me penitenciar a cada dia por todos os abusos que cometi diante do Santíssimo, na Santa Missa e muitas vezes fazendo uso indevido da Santa Palavra de Deus. Muitos foram os abusos por mim cometidos e por mim presenciados. Certa vez disse a um Bispo na Bahia, mais precisamente em 2004, que se não fosse a rcc a Igreja Católica não existiria mais. Que vergonha; só de lembrar sinto arrepios e tenho vontade de chorar de tristeza. Testemunhei ainda, um êxodo enorme de pessoas da minha e de outras paróquias para o protestantismo. Caríssimo a rcc é de fato o movimento que mais leva a deserção de católicos da Santa Madre Igreja, se eu não tivesse deixado a rcc em 2006, por motivos que seriam muito exaustivos expor aqui, tenho certeza de que hoje eu não seria mais católico. E por fim, oração em línguas é sim um dom falso. As profecias, falsas também. Tem apenas um dom verdadeiramente comprovado na rcc. O dom de enganar os incautos e deseperados por inúmeros problemas, no meu caso uma tremenda depressão. Nas poucas vezes em que fui alertado não aceitava e reagia como maiora que comentou aqui.
    Mas, tenhamos fé e continuemos a nossa luta exortando e tentando mostrar a verdade aos que ainda estão lá. É uma luta quase inglória, mas se Deus Todo Poderoso nos libertou a mim e a você porque não concederia essa graça também a eles? É só uma questão de tempo tenho fé, rezo e acredito.
    Abraços em Cristo, Nosso Senhor e Rei!
    Ps. belíssimo trabalho o seu.

  74. DAYANE CRISTINA DA COSTA ALVES Says:

    olha oração em linguas não algo treinado, mas sim uma manifestação sobre natural, onde não são todas as pessoas que recebem ……

    • Moisés Gomes Says:

      Vai dizer isso pro mons. Jonas Abib…

  75. Rodolfo Says:

    Para efeitos de conhecimentos Gerais o Monsenhor Jonas é fundador de uma comunidade com mais de 1200,00 consagrados, uma TV internacional, um portal de internet, diversas rádios, web radios, web teve e pela conversão e transformação das vidas de milhões de famílias no mundo inteiro sempre à serviço da Igreja. A Igreja a 5 anos atrás reconheceu os estatudos da Canção Nova Ad Sperimentum, por cinco anos atestando sua comunhão eclesial não com a igreja particular de cachoeira paulista ou com o arcebispado brasileiro mas com a Igreja num âmbito universal. Agora… O pessoal deste Blog que se julga entendedor das coisas entendem o que se diz no evangelho: ” pode acaso brotar figos de abrolhos”? Sacou? Aqui não tem ninguém com envergadura moral de falar seja o que for do Monsenhor Jonas Abib, Sabe o que é um Monsenhor? é um título de honra a padres que prestam serviço de alta estima para a Igreja.

    • Moisés Gomes Says:

      Você “aprendeu” a orar em línguas com ele? Lá naqueles estatutos – você chegou e lê-los – há alguma aprovação a tais “orações?
      Ainda, há algum atestado de perfeição neles?
      A Maçonaria, por exemplo, também está presente em muitos países e “transforma” a vida de muitas famílias – até mesmo no Vaticano – você a seguiria também?

  76. Maiara Says:

    Moisés, sei que vai parecer uma sugestão meio maluca, mas você deve conhecer outras pessoas que pensam como você com relação à RCC (alguns poucos se manifestaram aqui). Seria loucura “juntar” todas essas experiências e tentar enviar uma carta ao Papa por meio de sua arquidiocese? Seria uma contribuição para que se conhecesse um pouco do que ocorre de fato na RCC… Não custa nada tentar…

    PS.: sou católica, já participei de alguns eventos da RCC, e não consigo assimilar:

    1. a origem da RCC. Certa vez, ouvi um pregador falar do histórico da RCC, e eu já havia lido a respeito. Uma coisa que ele não mencionou é o nascimento da RCC teve participação de protestantes, por que será que ele não mencionou isso? Será que todos os carismáticos tiveram a curiosidade de saber a origem da RCC?

    2. o “dom” ordinário de línguas, que inclusive é ensinado por um monsenhor. É possível um “dom” ser ensinado? Isso me fez desacreditar de vez da RCC!!! E outra, ja observei que as pessoas “oram” em línguas no momento que é “conduzido” pelo pregador, ou seja, ninguém dispara a “orar” em línguas sem um “comando”

    3. o “batismo” no Espírito Santo: para mim e para a doutrina da Igreja só há um batismo, e toda vez que ouvia falar em batismo no Espírito Santo, me dava uma angústia

    4. o “repouso” no Espírito Santo: é interessante notar que esse “repouso” somente ocorre em encontros da RCC, sob música alta e forte emoção e “conduzido” pelo pregador…nunca vi ninguém repousar fora dessas condições, ou seja, durante um terço rezado por um grupo dentro da igreja, ou mesmo na missa…, por que será?

    5. As orações feitas em voz alta. Nada contra, mas parece uma competição de quem ora mais alto. Muitas vezes me sentia como se estivesse dentro de uma igreja evangélica!!! Sinceramente, não consigo me concentrar no que falo com Deus nesse momento tão barulhento…Poderiam rezar só um pouco mais baixo…

    5. Por que nos grupos de oração não se reza o terço? Pelo menos os que frequentei não fazem isso (no máximo um Pai nosso e uma Ave Maria), já vi coordenador de grupo dizer que o grupo estava perdendo a “identidade carismática” porque não estavam mais orando em línguas, somente “orações prontas”. Nossa, não tive como perguntar a ele, mas ele se refere as orações do Pai nosso e da Ave maria, não é possível!!! Acho estranho isso, pois, para quem acredita nas aparições de Nossa Senhora, que nos aconselhou a rezar o terço todos os dias, e se o grupo É de oração, no mínimo deveria dedicar um tempinho para rezar o terço…

    Queria muito compreender a RCC, mas não consigo. Existe uma recomendação da CNBB sobre não utilizar o termo batismo no Espírito Santo, que a RCC utiliza intensivamente. Fico pensando se isso não seria um ato de desobediência, já que é recomendação de bispos!!! :/

    Não cabe a mim julgar o que está certo ou errado na RCC, porém há fortes evidências de erros e exageros…Seria caso de todo carismático avaliar essas críticas, elas não estão sendo feitas á-toa… E só aprendi mais sobre minha Igreja após ser criticada pelos evangélicos, porque passei a estudar mais a doutrina católica, conhecer a fé católica. Se serve de conselho, comecei pelos sites Montfort e Veritatis, além desse site, pois lá encontrei referências à doutrina e orientou bem meus estudos.

    Todo católico que realmente se considera como tal deveria,por obrigação, conhecer, no mínimo, o Catecismo de nossa Igreja, isso sem falar na Tradição e no Magistério da Igreja (muitos talvez nem saibam o que são isso). Devemos estudar a doutrina da nossa Igreja e aliado as orações a Deus, termos discernimento para saber o que é certo e errado em tudo que vemos e ouvimos. Acredito que uma pessoa não pode aceitar qualquer conhecimento sem antes procurar a veracidade deste. Muitos me apedrejarão nesse momento ao ler isso, pois vão dizer que tudo que não consigo assimilar está na Biblia.
    Podem dizer isso, mas é outro cuidado que se deve ter: com a interpretação dela. Muitos Santos e Doutores da Igreja tem um entendimento diferente sobre o dom de línguas que a RCC prega. E agora? eis que surge um impasse aqui…
    O próprio Papa Bento 16 exorta: “Tendes de saber em que credes”. Isso ta na capa do YouCat.

    Avalie tudo e retenha o que é bom (1 Tessalonicenses 5:21)

    • Moisés Gomes Says:

      Prezada Maiara, salve Maria!
      O seu relato é praticamente idêntico à minha história de vida – com a diferença de que fui coordenador da RCC em minha cidade, e fui expulso depois que comecei a questionar o movimento.
      Não sei se reunir nossas experiências em uma carta e enviar à Santa Sé seria uma solução. Mas, vai que dá certo? Como você sugeriria que fizéssemos isto?

  77. Paulo Henrique Luvisoto Says:

    Orar em linguas????? Tenha dó! Façam-me o favor!
    Tudo isso não passa de um monte de bobagem e teatrinho de quinta…

  78. LK Says:

    Eu achei que esta fosse uma página religiosa, mas pelo teor dos palavroes do dono da mesma, deve ser alguem querendo so gerar confusão. Não me admiro sua expulsão, voce não é um questionador, é um qualquer que nenhum grupo deseja


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Legado d'O Andarilho

opiniões, considerações políticas e religiosas.

Roberta Acopiara's Blog

Just another WordPress.com weblog

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

pregarevangelho

Só mais um site WordPress.com

:.:Paródias da Professora Décia:.:

Paródias de uma professora cedrense!

Fratres in Unum.com

Ecce quam bonum et quam jucundum habitare fratres in unum.

Compartilhar é preciso.

Sinta-se livre para conhecer, aprender e compartilhar

Blog do Madson

Tecnologia, Desenvolvimento web e muito mais...

§|Olhar Católico|§

Um Olhar Católico sobre o mundo!

Pacientes na tribulação

Tradição e ortodoxia católicas

Grupo S. Domingos de Gusmão

Fiéis Católicos de Maringá

Vida, dom de Deus

Gratiam tuam, quaesumus, Domine, mentibus nostri infunde; ut qui, angelo nuntiante, Christi Filii tui encarnationem cognovimus, per Passionem eius et Crucem, ad Resurrectionis gloriam perducamur. Per eumdem Christum Dominum nostrum. Amen.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.130 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: