Decência no vestuário


Fonte: A dignidade da mulher católica 

    «Deseja São Paulo que as mulheres devotas (e o mesmo se diga dos homens) se vistam com decoro e se adornem com decência e sobriedade. Nesse sentido, a decência no vestuário e nos ornamentos depende da matéria, da forma e da limpeza.
    Quanto à limpeza, esta há-de ser sempre a mesma nas nossas roupas, nas quais, na medida do possível, não haveremos de tolerar nenhuma mancha ou negligência.
    A limpeza exterior é, de certo modo, o reflexo da honestidade interior. O próprio Deus deseja a decência corporal dos que se aproximam do altar e dos que têm principalmente a seu cargo a devoção.
    Relativamente à matéria e à forma do vestuário, a decência há-de ser avaliada segundo as diversas circunstâncias de tempo, de idade, de condição, de companhias, de ocasiões. Ordinariamente, estamos acostumados a vestirmo-nos melhor nos dias festivos, segundo a importância da solenidade que se celebra; em tempos de penitência, como na Quaresma, vestimo-nos com mais simplicidade; para os casamentos, levamos trajes nupciais, alegres; nos actos fúnebres, empregam-se roupas de luto; diante dos príncipes, é necessário dar maior realce ao vestuário, realce que diminui na presença dos próprios familiares.
    A mulher casada pode e deve adornar-se diante do seu esposo; se o faz quando está longe dele, então cabe perguntar a que olhos quer agradar com esse cuidado singular. Às donzelas são permitidas maiores atenções com a aparência, porque podem licitamente pretender agradar a muitos, ainda que não seja mais do que para conquistar um só, para o Santo Matrimónio. Também não é reprovável que as viúvas que querem casar-se de novo se adornem discretamente, com tal que não se mostrem levianas, pois, tendo já sido mães de família e tendo já passado pelas tristezas da viuvez, considera-se que o seu espírito é mais maduro e sensato. Mas, quanto às verdadeiras viúvas que o são não só de corpo mas também de coração, nenhum adorno é mais adequado que o da humildade, o da modéstia e o da devoção; pois, se querem dar amor aos homens, não são verdadeiras viúvas e, se o não querem dar, para quê tantos enfeites? O que não deseja hóspedes, tem de tirar o anúncio da sua casa.
    Rimo-nos sempre dos mais velhos, quando querem vangloriar-se. E porquê? Porque isso é uma insensatez, unicamente tolerável na juventude.
    Sejas correcta, filoteia; Que não haja em ti negligência nem desleixo: isso seria desprezar aqueles com quem convives, apresentando-te diante deles com roupas ofensivas; mas guarda-te cuidadosamente da afectação, vaidades, curiosidades e frivolidades. Inclina-te, sempre que te seja possível, para o lado da simplicidade e da modéstia, que são indubitavelmente o mais precioso ornamento da beleza e a melhor escusa da fealdade. São Pedro alerta, de modo particular, às donzelas que não usem os cabelos ondulados. Os homens que são tão fracos ao ponto de se deleitarem nestas superficialidades são chamados, em toda a parte, hermafroditas; e as mulheres que se envaidecem por isso, são tidas por negligentes e pouco respeitosas da castidade; se a guardam, não é o que demonstram, no meio de tantas trivialidades e miudezas. Dizem que o fazem sem pensar mal, mas eu digo que o demónio pensa sempre mal.
    Gostaria que o meu devoto ou devota fosse sempre a pessoa mais bem vestida de uma reunião mas que, ao mesmo tempo, fosse a menos pomposa e afectada; e, como se lê nos provérbios, estivesse ornada de graça, modéstia e dignidade. Diz brevemente São Luís que cada um há-de vestir-se segundo o seu estado, de modo que os discretos e modestos não possam dizer «é demasiado», nem os jovens «é muito pouco». E, se estes últimos [os jovens] não quiserem alegrar-se e resignar-se com a decência, haverá que inclinar-se ao parecer de alguém prudente.»
(São Francisco de Sales, “Filoteia ou introdução à vida devota”, parte III, capítulo XXV).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

FSSPX - Portugal

Tudo por amor a Jesus Cristo, Nosso Senhor.

Movimento Magistrados para a Justiça

"Uma visão conservadora de temas relacionados ao Direito"

O Legado d'O Andarilho

opiniões, considerações políticas e religiosas.

Roberta Acopiara's Blog

Just another WordPress.com weblog

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

pregarevangelho

Só mais um site WordPress.com

:.:Paródias da Professora Décia:.:

Paródias de uma professora cedrense!

Fratres in Unum.com

Ecce quam bonum et quam jucundum habitare fratres in unum.

Compartilhar é preciso.

Sinta-se livre para conhecer, aprender e compartilhar

§|Olhar Católico|§

Um Olhar Católico sobre o mundo!

Pacientes na tribulação

Apologética católica

Grupo S. Domingos de Gusmão

Fiéis Católicos de Maringá

Missa Tridentina em Brasília

Santa Missa no Rito Romano Tradicional

Vida, dom de Deus

Gratiam tuam, quaesumus, Domine, mentibus nostri infunde; ut qui, angelo nuntiante, Christi Filii tui encarnationem cognovimus, per Passionem eius et Crucem, ad Resurrectionis gloriam perducamur. Per eumdem Christum Dominum nostrum. Amen.

%d blogueiros gostam disto: