Resposta a [Frutos do “Livre Exame” Protestante]


Queridos leitores, a paz de Jesus e o amor de Maria!

Publicamos os comentários feitos por um leitor protestante ao post Frutos do “Livre Exame” Protestante, e logo após a nossa resposta.

 

LEITOR PROTESTANTE

Caríssimo Moisés,você manifestou sua opinião acerca dos protestantes e eu gostaria de lhe fazer algumas perguntas acerca do assunto.A primeira: Quem lhe disse que a única instituição que tem autoridade para interpretar as Sagradas Escrituras é a Igreja Católica? Quem deu essa autoridade a igreja,porventura foi Maria?Gostaria muito que me respondesse utilizando a Bíblia Sagrada.Você deu a entender que os protestantes sâo estúpidos, será?

Será que são estúpidos porque leem na Bíblia que os idólatras não entrarão no reino dos céus e não se curvam aos falsos deuses que vocês católicos acreditam ter poder?Leia o Salmo 115 e você entenderá melhor o que te digo.Gostaria que me provasse se realmente o Papa é santo.Se ele é santo,quem deu essa santidade à ele?Se os Papas são santos porque o João Paulo nem mesmo sorria?

Será que ele foi para o céu?Porque a Bíblia é clara ao mencionar que sem Jesus não se chega ao Céu e que lá os idólatras não entrarão.Se você quiser posso te enviar vários textos bíblicos acerca desse assunto,porque eu leio a Bíblia e o Espírito Santo me inspira porque vem do Deus vivo e soberano.Sabe porque você diz tudo o que diz?

Porque vocês acreditam em tudo o que seus governantes dizem,ainda que mentiras terríveis.Leia Êxodo 20 e confira os 10 mandamentos para ver se a chamada igreja inspirada os cumpri.Você por acaso já leu na Bíblia acerca de Maria?Ela não intercede por ninguém porque não tem poder para isso.Se vocês católicos se dedicassem a leitura da Bíblia e se desligassem de Roma seriam mais instruídos.Vejo na vida de vocês o cumprimento do Salmo 115,vocês estão cegos,têm olhos e não são capazes de ver a verdade encontrada na Bíblia.

Nós evangélicos ou protestantes somos a noiva de Cristo.Que Ele virá buscar,talvez você não saiba disso afinal não tem o Espírito Santo para auxiliá-lo na leitura bíblica…é uma pena porque o Espírito Santo,como disse Jesus,em João 14:26:Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas e lhes fará lembrar tudo o que eu lhes disse.
A presença do Espírito Santo é promessa do próprio Jesus.Existem tantas igrejas porque se Lê a Bíblia.
E quanto a vocês? Não buscam ao verdadeiro Jesus para os ensinar,Ele é real,Moisés, e pode te ajudar a sair dessa cegueira.Concordo quando fala acerca do número de igrejas mas não ouse falar que são seitas,não coloque todas no mesmo lugar porque você não está sendo sábio aos seus próprios olhos e a Bíblia nos ensina a não agirmos assim.

Se você estudasse a Bíblia saberia que ela é cheia de profecias que estão se cumprindo,inclusive em suas palavras,tão tolas!O próprio Jesus diz que aquele que crêr nEle fará as mesmas obras que Ele fez:curas,milagres,terá unção,poder e autoridade.Você pode ter uma vida tal como a de Jesus basta caminhar com Ele e isso significa ler a Bíblia.Você está julgando sem conhecer.A Bíblia nos diz para que não julguemos pois seremos julgados.Jesus disse que tudo que pedirmos no nome dEle Ele fará,Leia o livro de João,as palavras do Senhor Jesus que é nome sobre todo nome te ajudarão.Não é preciso ter tantos santos porque nenhum deles fará nada por você eles não podem,porque nenhum deles tem o que Jesus teve, tem e terá.Não pense que Maria te ajudará a ir para o Céu porque a Bíblia diz ao contrário.O que você precisa é aceitar Jesus pra então amá-lo e seguir a palavra dele, só assim você terá vida eterna.Assim você poderá ser chamado Cristão.João 14:23:Jesus diz que quem o ama obedece a palavra dEle. Seguir o que vem de Roma te conduzirá para outro lugar.

Jesus não nasceu em Roma,nem mesmo Ele veio de lá.Não se engane acreditando que a Igreja de Cristo é a Católica.Igreja,são as pessoas que serão levadas para viver com Cristo.Assim como muitos Católicos ficarão aqui muitos protestantes também.A Bíblia diz que nem todo aquele que diz Senhor Senhor entrará no Reino de Deus.Cada um de nós terá de prestar contas a Jesus.Lutero estava certo: È o Espírito Santo que auxilia as pessoas a caminharem com Cristo,se você não o tem precisa aceitar Jesus. Ele te dará o Espírito Santo e você lerá a Bíblia não com olhos romanos e sim com olhos celestes.O versículo utilizado por você para dizer que Jesus fundou a igreja Católica é realmente tolo,tal como suas interpretações,me desculpe, as interpretações não são suas são de Roma.Mas Apocalipse 22:15 “Fora ficam os cães, os que praticam feitiçaria,os que cometem imoralidade sexual,os assassinos,os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira.” Se você acredita que não é idólatra ao reverenciar Maria, aceite a Jesus e preste culto somente a Ele.Porque Ele não se deixa escarnecer,não se zomba dEle e Ele não divide a Glória dEle com ninguém.Nós os protestantes questionamos sim,não agimos como bois indo ao matadouro que vai e nem ao menos vê que está indo para a morte.Purgatório?Prove-me biblicamente a existência dele.Ficará difícil você entender porque sem o Espírito Santo realmente é impossível.Nós os protestantes somos muitos sim,porque não é igreja que leva ao Céu e sim Jesus Cristo.Uma vida consagrada somente a Ele.Será mesmo que nós somos os estúpidos?Olhamos para Jesus e não para placa de igreja,cuidado com o seu catolicismo ele poderá fazer com que você se esqueça de que o Céu pertence a Jesus e só entra quem Ele permitir.Jesus está voltando,aceite Jesus como seu único e verdadeiro salvador,assim seus olhos serão abertos e você verá o quanto está equivocado quanto aos protestantes.Procure também no dicionário o significado da palavra seita isso te ajudará bastante.Acha que estou louca?A Bíblia me fala que pensariam isso de mim.Mas te faço um desafio:aceite a Jesus,deixe de lado tanta idolatria e você verá o verdadeiro poder de Deus.Terá ao seu lado o Espírito Santo e seus olhos serão abertos.Jesus é real,pode falar diretamente com ele,não precisa de Maria não.Ele é quem tem poder,ela não fez e jamais fará qualquer milagre.Virgem?Biblicamente deixou de ser após o nascimento de Jesus.A Bíblia diz que ela teve outros filhos carnais, e a ciência já provou o que a Bíblia diz.Que autoridade é essa para interpretar a Bíblia que vocês,aliás Roma, deixou de verificar.Nós,aqueles que você disse que são estúpidos e que não têm o Espírito Santo de Deus já sabíamos disso porque o Espírito Santo nos ajudou.
Cuidado com o que você diz porque pode estar sendo estúpido.Caso queira mais versículos da Bíblia posso enviar pra você porque ela é completa e não deixa dúvida de nada, é uma faca que corta dos dois lados.”Pois há um só Deus e um só mediador entre os homens:o homem Cristo Jesus, o qual se entregou a si mesmo como resgate por todos.”1Timóteo 2:5-6. Deus, somente Deus, te abençoe.Que Jesus,em sua misericórdia infinita o guarde e o faça entender o seu verdadeiro amor,mas acima de tudo que o sangue de Cristo esteja sobre você abrindo os seus olhos.Deus te guarde!Jesus te cubra com seu enorme poder.Amém.

 

OLHAR CATÓLICO

Prezada Karla,

Salve Maria, “Mãe do meu Senhor” (Lc1, 43)!

Acho que o ódio a verdade, típico dos protestantes, lhe segou tanto que você não leu direito o artigo, portanto transcrevo mais uma vez o trecho em que prova que o próprio Jesus deu esta autoridade: “Note que Jesus repassa esta autoridade não para todos os seus discípulos, mas sim para os seus apóstolos: “Os onze discípulos foram para a Galiléia”, note também que Ele faz questão de dizer: “Toda autoridade me foi dada no céu e na terra”, e repassa essa autoridade aos apóstolos: “Ide, pois, e ensinai a todas as nações”. E esta mesma Igreja, fundada por Nosso Senhor em sua total doação na Cruz, mantém até hoje este Magistério Vivo, o Depósito da Fé, do qual muitos tentaram depredar (como Lutero [e a Karla], por exemplo), mas que se mantém intacto graças a promessa do próprio Jesus: “E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” (Mt16, 18 – destaques são meus).”. Então está aí, claro como cristal.

Que acusação velha essa de idolatria. Se você refere-se à veneração aos santos, idólatra é aquele que põe qual quer outra coisa no lugar de Deus, e não é isso o que a Igreja Católica ensina, até por que na Bíblia Católica existe o salmo 115 também, e ela não fez como Lutero que para “aplainar” a sua falsa doutrina usurpou livros da Sagrada Escritura. Me curvo sim diante dos santos, não como os pagãos se curvam diante de seus ídolos ou como João quis se curvar diante do anjo em Apocalipse, ou como os protestantes se curvam diante do dinheiro, do ter, do poder e do prazer, mas sim como Davi prostou-se três vezes diante de Jônatas (confira I Sm20, 41), assim como Abraão também se prostou diante dos Anjos do Senhor (Gn18, 2), assim como Lot também o fez (Gn19, 1), como Jacó fez com Esaú (Gn33, 3), enfim “leia a Bíblia” e você entenderá.

Você me vem com argumentos fracos e mal fundados. Se o Papa é santo ou não isso não vem ao caso, mas desde quando alguém sorrir ou não é fator crucial para definir a santidade? Mostre-me quantas vezes na sua Bíblia no Novo Testamento aparece a palavra sorrir. Para que você não perca tempo eu lhe adianto: ZERO, nem uma vez. E então segundo a sua brilhante dedução não há nem um santo na época do Novo Testamento, pois nem um sorria!

Realmente no Céu não é lugar de idólatras, e graças a Deus os católicos não o são (pelo menos os que seguem os ensinamentos da Igreja, a Verdadeira claro). O Espírito Santo te inspira? Quem me garante isso? Seu pastor? Quem lhe deu autoridade para interpretar a Sagrada Escritura? Jesus? Não, Jesus não. Esta autoridade Ele concedeu aos apóstolos, que pela sucessão apostólica existe até hoje. Você se acha digna de se achegar ao Filho de Deus da maneira como está? Se sim, que bom! Mas acho que você anda precisando exercitar sua humildade. Pois nós católicos recorremos a Mãe do Nosso Senhor (cf. Lc1, 43), a mais perfeita de todas as criaturas, a que encontrou a Graça que o homem perdeu no Pecado Original (cf. Lc1, 30), e que de seu Perfeito Filho consegue tudo quanto o roga (cf. Jo2, 1-11), pois um Filho Perfeito não despreza sua Mãe (cf. Pr15, 20 e Pr19, 26) tampouco a desobedece (cf. Pr30, 17) ou por caso é Jesus capaz de não ouvir os rogos de sua Mãe? (cf. Eclo7, 29). Realmente, Karla, alguém aqui não lê a Bíblia e se lê não compreende (cf. Mt13, 15). O que a Igreja ensina sobre o Decálogo é muito vasto, no entanto para responder a sua pergunta cito somente o parágrafo 2070 do Catecismo da Igreja Católica: “Os dez mandamentos pertencem à revelação de Deus. Ao mesmo tempo, ensinam-nos a verdadeira humanidade do homem. Iluminam os deveres essenciais e, portanto, indiretamente, os direitos humanos fundamentais, inerentes à natureza da pessoa humana. O Decálogo contém uma expressão privilegiada da “lei natural”: Desde o começo, Deus enraizara no coração dos homens os preceitos da lei natural. Inicialmente Ele se contentou em lhos recordar. Foi o Decálogo”.

Quem então não consegue enxergar a Verdade?

“Nós evangélicos ou protestantes somos a noiva de Cristo” (sic), me mostre isso na Bíblia, por favor.

Minha cara, em nem um momento neguei que o Espírito Santo auxilia a Igreja Católica na interpretação da Bíblia. Mas note que na passagem que você cita, Jesus está junto de seus apóstolos somente, e a eles é que é concedido o dom de ensinar tudo o que Jesus ensinou. Você não percebe que assim como um pedreiro não pode pegar um livro de medicina e sair por aí distribuindo receitas médicas, assim também qual quer um que ache, apenas ache estar inspirado pelo Espírito Santo não pode sair por aí fundando igrejolas, e é exatamente por isso que temos uma em cada esquina, por que realmente lêem a Bíblia, lêem erroneamente.

Você se contradiz ao dizer que concorda comigo. Então você diz que existem várias igrejas por que lêem a Bíblia, e concorda comigo que é pelo fato delas não terem autoridade nem uma para interpretá-la? Mas você vem tentando provar o contrário (sem êxito) desde o começo. Será que o Espírito Santo estava em você neste momento e Ele se contradisse? Isso é possível?
Minha cara está mais do que provado de que quem está na cegueira é o protestantismo, e convido você ao arrependimento, a voltar para casa, a Igreja Católica, fora da qual não há Salvação (cf. Ct6, 9). Realmente está se cumprido o que o primeiro Papa sempre nos advertiu: “1. Assim como houve entre o povo falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos doutores que introduzirão disfarçadamente seitas perniciosas. Eles, renegando assim o Senhor que os resgatou, atrairão sobre si uma ruína repentina. 2. Muitos os seguirão nas suas desordens e serão deste modo a causa de o caminho da verdade ser caluniado. 3. Movidos por cobiça, eles vos hão de explorar por palavras cheias de astúcia. Há muito tempo a condenação os ameaça, e a sua ruína não dorme.” (II Pd, 2, 1-3). Pedro que em ROMA foi morto por amor a Nosso Senhor Jesus Cristo, e onde antes habitava o Império Romano habita hoje os discípulos Daquele que os próprios romanos crucificaram.

Não pense Karla que é tão fácil assim, não basta apenas “aceitar” crer em Jesus para se salvar, pois acreditar em Jesus até mesmo Lúcifer o faz. Lembre-se também que “Nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor, entrará no Reino dos céus, mas sim aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus.” (Mt 17, 21), não é somente a fé que nos salva, pois “Assim como o corpo sem a alma é morto, assim também a fé sem obras é morta.” (Tg2, 26).

Mas Lutero também não nasceu em Belém e mesmo assim você segue seus erros e enganações. A Igreja de Cristo é sim a Católica.

Ficarei eu porventura com o Magistério da Igreja Católica ou com suas interpretações? Ó dúvida cruel! Com quem ficar? Pedro ou Lutero? A Igreja Católica ou a igreja karlótica? Você não passa de um “pedreiro com livro de medicina”.

A Glória devida a Deus é única, e o reconhecer de sua Glória na mais perfeita de todas as criaturas é também glorificá-lo. O próprio nome já diz: protestantes só sabem protestar, esta é a essência de sua existência. Protestam contra a Verdade, que se Revelou a Igreja. A Doutrina do Purgatório é bem explícita no livro de Macabeus, e você sabe disso, você e Lutero, por isso que esse livro ele também arrancou. Você sabia que ele também chegou a retirar a carta de S. Tiago, exatamente para conformar sua doutrina sobre a sola fidei, e que seus próprios seguidores vendo que ele estava errado repôs no século XVII este mesmo livro? Qual será o livro que a igreja karlótica irá retirar agora?

Não, não acho você louca não. Você é muito astuciosa, isso sim (cf. II Pd2, 3).
Você anda meio desatualizada hein, por que você não faz como o ex-protestante Alessandro Ricardo Lima e reconhece Maria com Virgem e Mãe? Veja o que ele diz:

***
Desde o início do cristianismo Nossa Senhora é venerada como “Áiepartenon”, isto é, “Sempre Virgem”. A maioria cristã acredita na virgindade de Nossa Senhora antes de parto e durante o parto. Os cristãos protestantes negam que ela tenha permanecido virgem durante sua vida terrena. Demonstraremos abaixo as 3 situações de sua virgindade.

Nossa Senhora era Virgem antes do Parto

Este fato pode-se constatar na própria Bíblia: “O Anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma virgem desposada… e o nome da Virgem era Maria” (Lc 1,26). Nossa Senhora ainda dá testemunho de sua virgindade ao responder ao Anjo: “Como se fará isso, pois eu não conheço varão?”

Nossa Senhora permaneceu Virgem durante o Parto

O que é concebido por milagre deve nascer por milagre. O nascimento é uma conseqüência da concepção; sem o milagre do nascimento virginal, o milagre de se manter a virgindade de Nossa Senhora estaria incompleto. Deus então teria operado um milagre incompleto.
E isto está conforme à profecia “uma virgem conceberá e dará à luz”. E a própria Bíblia confirma a profecia: “Ora, tudo aconteceu para que se cumprisse o que foi dito pelo Senhor, por meio do profeta.” (Mt 1,22); ou seja, conceber e dar à luz, virginalmente.

Nossa Senhora permaneceu Virgem durante sua vida terrena

Segundo a tradição, Nossa Senhora havia feito um voto de castidade perpétua e assim o manteve, mesmo vivendo com S. José, como fica clara pela própria afirmação dela : “Eu não conheço varão”, quando já estava desposada de S. José.

São Marcos, na mesma linha, chama Jesus “O filho de Maria” – “uiós Marias” (Mc 6,3), e não um dos filhos de Maria, querendo mostrar que ele era o seu filho único.
Os protestantes se utilizam da expressão “antes de coabitarem” para demonstrar que Nossa Senhora teve relações sexuais com São José. Vamos ao trecho em questão: “Maria, sua Mãe, estava desposada com José. Antes de coabitarem, ela concebeu por virtude do Espírito Santo” (Mt 1,18). Ora “antes de coabitarem” significa apenas “antes de morarem juntos na mesma casa”. Isso aconteceu quando “José fez como o anjo do Senhor lhe havia mandado e recebeu em sua casa sua esposa.” (Mt 1,24).

***
Será que vocês estão lendo inspirados pelo Espírito Santo, ou será que outro espírito está auxiliando a igreja karlótica? Que estupidez, achar que a Mãe de Jesus, a mais perfeita das criaturas seria manchada por Lúcifer como nós.

Que Nossa Senhora, a Mãe do meu Senhor Jesus Cristo, Esposa do Espírito Santo, Filha e Serva do Deus Vivo, Sacrário da Santíssima Trindade tenha compaixão de sua alma e rogue por ela a Seu Filho, Único Mediador entre Deus e os Homens!

Que Deus nos abençoe e Maria nos guarde!

Moisés G. de Lima

Catequista da Paróquia S. João Batista, Cedro – CE.

Anúncios

4 Respostas to “Resposta a [Frutos do “Livre Exame” Protestante]”

  1. Francisco de Castro Says:

    Ótimo texto Moisés. Infelizmente estes não enxergam a contradição em que se encontram. Se perguntar para um protestante onde tem a certeza de que o Novo Testamento só tem 27 livros ele não saberá responder. Sim por que em nenhum livro da Bíblia há a relação dos livros inspirados por Deus. Os judeus consideravam vários livros inspirados por Deus, principalmente os de Moisés. Na época de Jesus ainda não havia um ralação definitiva e os apóstolos usavam a versão dos 70 com os livros que eles dizem só foi colado no concilie de Trento. Agora uma pergunta: Quem conservou os livros da Bíblia se durante mais de 1000 anos a unica igreja dominante em toda Europa era a Católica? Como Lutero poderia ter lido a Bíblia se a Igreja Católica não a tivesse conservado e usado como Palavra de Deus. E aí karla mesmo sem querer voce recebeu da Igreja Católica, da Igreja do Papa, a sua Bíblia. Incompleta mais recebeu. Pelo menos todos os livros que tem nela são os mesmos que há na Igreja Católica. E quem disse para voce que o Evangelho de Lucas foi Escrito por Lucas? Cite o capitulo e versículo em que está o seguinte: Eu Lucas escrevi o este Evangelho. E no entretanto na Sua Bíblia está Escrito: Evangelho segundo Lucas. E voce sabia que isto, os nomes dos Evangelistas voce recebeu do Igreja Católica também? Porque em nenhum deles há o nome dos autores, sabia? Sabemos pela tradição apostolica. E responda também, onde estavam os protestantes, protestantes não, os evangélicos puros e corretos, leitores inspirados da Bíblia, quando Ário um bispo, disse baseada na Bíblia que Jesus não era Deus? Sim, baseado na Bíblia na frase que está escrito: “O Pai é maior do que Eu.” Ario disse que Jesus não era Deus. E voce crer que Jesus é Deus pela Bíblia. Mas os Testemunhas de Jeová também só crer na Bíblia e dize que Jesus não é Deus. Nesta historia toda, se a Bíblia é uma só e o Espirito Santo ensina individualmente a cada um porque deixa uns no erro e outros com a verdade? Jesus é Deus ou não? Para voce baseada na Bíblia sim; mas para os Testemunhas de Jeova e os Mormons não é e outras seitas afiram que não é Deus? E aí? Pois fique sabendo que a definição de que Jesus é Deus e homem veio da Igreja. Dos sucessores dos apóstolos que afirmaram As palavras de Jesus o Pai é maior do que eu se referem a sua situação humana e não à sua pessoa que é divina. E a pessoa do Filho de Deus, o Verbo, mesmo como homem. Então mais uma doutrina que voce só tem por causa da Igreja católica. E que mania esta de ver a mãe de Cristo com a maior inimiga do próprio Filho dele! Será que se eu começar aqui a dizer que sua mãe é uma mulher qualquer (e olha tenho certeza mesmo se for crente ela não nem aos pés de Maria) voce vai ficar feliz? Se lhe disserem que ela é uma mãe vulgar? Ou será que se eu fizer os maiores elogias a voce, sua mãe, ficará enciumada e revoltada? Deviam aceitar de uma vez por todas: MARIA E A MÃO REAL DE JESUS TÃO QUANTO A SUA MÃE E ´SUA VERDADEIRA MÃE. Vocês afirmam que Jesus morreu por vocês mas esquecem de que para morrer ele precisou ser homem de verdade e pra ser homem de verdade ELE QUIS TER UMA MÃE. Entendeu. ELE QUIS TER UMA MÃE. Vocês só se referem a Maria para rebaixa-la. Fazer dela uma mulher qualquer. Por isso a primeira coisa que dizem é que ela deixou de ser virgem.Não uma só passagem no /Evangelho que afirme categoricamente: “Maria e os filhos dela. A mãe de Jesus e os seus filhos…Tiago, filho de Maria, mãe de Jesus…”Tem algum trecho assim? Não. ?Então porque insistir em que os ditos irmãos de Jesus são filhos de Maria? Será que ao afirmar isso vocês não irão atingir Jesus. Irão sem duvida. Muitos “igrejas”protestantes não crêem mais que Jesus nasceu de uma virgem e sabem porque? Pelo simples fato se Jesus e o primeiro de uma filharada de Maria como saber se ela o concebeu virgem? Embora esteja no Evangelho o de Mateus Lucas o fato de Jesus ser o mais velho dificultaria e muito a crença numa concepção virginal e Jesus poderia ser filho de José tanto quantos os outros não? Lembre que durante a pregação de Jesus nem os apostolos, nem as mulheres sabiam que Jesus não era Filho de José. Veja: Todos o chamam filho de José. Agora pense: Depois Jesus ressucita e Maria conta que Jesus não é filho de José mas concebido pelo Espirito Santo. E conta isto junto com seus outros filhos. Voce acha que seria facil cacitar uma hisotria destas se Jesus não fosse filho unico? Só um milagre fazria o povo aceitar e entender como uma mulher que concebeu sem o homem o proprio filho de Deus resoveu depois garar de um homem comum uma filharada. Voces isnsitem nisso porque querem é mesmo diminuir Maria. Rebaixa-la à condição de uma mulher comum. Uma mera m~çae de Familia. Até esquecem que ele é A MÃE DE JESUS O SEU SALVADOR. Nenuma vez voce se rfera a Maria com respeito. Se rfere a ela com odio, com desprezo. E ainda diz qeu adora o FILHO DELA. Como entdner que quem ama e adora o filho despreze a mãe dele? E sua forma de se rferir a Maria demnsotra isso. Desprezo, raiva, indignação, como se ela fosse a maior inimiga de Cristo. Ela que nos disse: “Façam tudo o que ele vos disser.” Que Isabel pelo ESPÍRITO SANTO,sim o mesmo espírito que você afirma ter quando ler a Bíblia e não e mostrou esta passagem: “Quem sou eu para vir a ter comigo a Mãe do MEU SENHOR? Será que o Senhor que vocé adora é mesmo o filho de Maria?Por que se ele não for o filho de Maria, a Cheia de Graça ( ou Agraciada como erradamente entendem) ele não é Jesus o Cristo. Eu adora o filho de Maria e você? Maria não precisou fazer voto de virgindade. Isto não é dogma. Apenas uma crença antiga. Mas com certeza se Jesus veio de forma inesperada, como narra Lucas, antes dela viver como uma esposa normal com o seu furutro marido, sem duvida tudo mudou depois da anunciação; José passa a ser o pai de Jesus perante o povo para acobertar o misterio de Jesus e salvar a reputação de Maria. E Maria deixa de ser a simples e esposa de José e passa a ser A MÃE DO MENIO como afirma Mateus varias vezes. Acredita que Maria que guardava tudo em seu coração não tenha ficado tocado com o fato de conceber sem homem o próprio Filho de Deus? Na certa era uma coisa tão normal na época conceber virgem que Maria não deu a menor inpotancia a isto.

    • Francisco de Castro Says:

      Não era comum nascimento virgens. Nós cremos que Maria permaneceu Virgem POR CAUSA DE JESUS. Foi Jesus que selou a virgindade de Maria sua mãe. Então para nós é motivo de glória para Jesus ser o unico homem do mundo que pode dizer que é filho de uma virgem. Esta glória vocês protestantes não querem dar a Jesus. Vocês rebaixam Jesus a condição de um filho mais velho. E ainda dizem que o amam e o adoram. Negam que ele seja nosso irmão porque não admitem que ela tenha uma mãe e negam a ele a honra de ser chamado o FILHO DA VIRGEM MARIA.

  2. Francisco de Castro Says:

    Desculpe Moisés os erros de digitação. foi a pressa e postei por descuido antes de revisar. Se for possível editar corrigindo os erros antes de postar, eu fico grato.

  3. A.Silva Says:

    A Babel Protestante e as contradições dos filhos de Lutero

    Inicialmente destaco que respeito todas as religiões e sou defensor da liberdade religiosa. Não concordo com ataques a honra e dignidade das pessoas e assim reconheço que é direito de todo e qualquer ser humano aderir a fé, crença e credo que lhe pareça mais conveniente. Feitas as devidas ressalvas, não precisarei nem mesmo citar a doutrina católica para refutar o protestantismo. Pretendo demonstrar que o protestantismo é um religião contraditória em si mesma. Condena-se o protestantismo por seus próprios conceitos e confissões.

    1) SÓ A BÍBLIA – Diz o protestante que tudo está na Bíblia. Se tudo está na Bíblia, deveríamos esperar duas coisas:

    a) Seria lícito que a Bíblia se auto definisse como única fonte de revelação. Tal não ocorre. Nenhum texto bíblico afirma que a Bíblia é a única fonte de revelação.
    Pelo contrário, a Bíblia diz que Jesus fez e disse muitas outras coisas as quais não foram escritas. Pergunta-se ao protestante:
    Ora, se vós protestantes acham que não devem acolher o que não está escrito na Bíblia, arriscando-se até mesmo a perderem algo que tenha vindo do Senhor Jesus, qual o motivo da vossa crença e fervor no protestantismo ou em Luteros e Calvinos que não podem ser provados pela mesma Bíblia ?
    E São Paulo ainda recomenda a preservação da tradição e tudo que foi ensinado. E o protestante diz que tradição e transmissão oral não servem para nada.

    b) Seria lícito que o próprio protestantismo estivesse definido na Bíblia, pois é o protestante que diz que tudo aquilo que não está na Bíblia deve ser rejeitado. Tão não ocorre.
    Curioso é que pela tese protestante, certos estariam os católicos ao rejeitarem o protestantismo já que tal doutrina não encontra amparo bíblico.
    Foi o protestante quem se obrigou ao “Só a Bíblia”.
    É o protestante que deveria exigir para si mesmo textos bíblicos com a definição da própria Bíblia como única fonte de revelação, bem como a definição do Canon, a definição dos livros inspirados, a definição da Bíblia protestante como a mais adequada, a definição do seu tradutor e ainda a definição de que é o protestantismo a religião ou vertente cristã mais adequada.
    Eis a grande contradição. Para ser protestante ou assumir o protestantismo gritando “SÓ A BÍBLIA”, o crente tem que sair da Bíblia e dar crédito ao homem que pela própria Bíblia não é digno de confiança.

    2) Diz ainda o protestante: “Igreja não salva ninguém”
    “Todos podem interpretar a Bíblia com a assistência do Espírito Santo”
    “Não é o que pregador diz, mas o que diz a palavra”
    “Não há um só homem infalível”

    Incorpora o protestante à sua doutrina outras duas crenças:
    “Quem aceita Jesus está salvo.”
    “Uma vez salvo, sempre salvo.”

    Vamos analisar todas estas afirmações.
    Se Igreja não salva ninguém, se todos podem interpretar a Bíblia e se não é possível confiar 100% no que o pregador diz, até porque para o protestante não há um só homem infalível, pergunta-se:

    Por que criam a cada dia mais e mais denominações se igreja parece ser o fator de menor importância para a salvação do homem ?
    Por que fazem cultos se todos já estão salvos e se salvação não pode ser perdida ?
    Por que precisam de pastores, templos, cd´s, dvd´s, se todos podem interpretar a Bíblia e se pregador e pregações não são “infalíveis” ?
    E se o crente já está salvo e salvação não pode ser perdida, para que servem seus templos, pregadores e mesmo a leitura da Bíblia ?
    Se alguém que já foi “salvo” deixar de ir a igreja perderá sua salvação ?
    Se salvação não pode ser perdida, faz diferença ir ou não a Igreja ?
    Faz diferença ler ou não ler a Bíblia se a salvação já está garantida ?
    Alguém perde a salvação se não pagar o dízimo ?

    3) INTERPRETAÇÃO CATÓLICA

    Se todo e qualquer homem pode interpretar a Bíblia, por que apenas a interpretação católica estaria errada ?
    Se tudo está na Bíblia e apenas a interpretação católica é que está errada, pedimos a base bíblica que define que todas as interpretações protestantes estão certas e que apenas a interpretação católica está errada.
    Pedimos ainda a base bíblica que comprovaria que todo e qualquer protestante conta com a assistência do Espírito Santo na interpretação pessoal da Bíblia e que a mesma assistência não aproveita aos católicos.

    Na Bíblia católica lemos que interpretação alguma é de caráter privado (Pedro) e assim “nossas” interpretações nunca estão certas ou erradas, porquanto não nos cabe fazer o que DEUS destinou tão e somente à sua Igreja.

    4) DENOMINAÇÕES PROTESTANTES

    Sabendo que o Espírito Santo não se divide, perguntamos por que tantas igrejas protestantes com tantas doutrinas divergentes entre si, se todos contam com a assistência do mesmo Espírito Santo em suas interpretações ?
    É possível que o Espírito Santo ensine a alguns o batismo e a outros não ?
    É possível que o Espírito Santo sopre no ouvido de alguém que o divórcio é lícito e para outro diga o contrário ?

    5) CONSTANTINO

    Diz o protestante que foi Constantino que fundou a Igreja Católica. Assim sendo, na visão protestante, se Constantino fundou uma igreja outros homens também poderiam fazê-lo. Pergunta-se:

    Onde está na Bíblia e somente na Bíblia, já que o protestante não admite outra fonte de revelação que, apenas a Igreja de Constantino estaria errada em sua interpretação ?
    Aliás, onde está na Bíblia que foi Constantino que fundou a Igreja Católica ?

    E se apenas a interpretação da Igreja de Constantino é a única condenável, por que o protestante abraça as teorias “Sola Scriptura” e “Sola Fide” de Lutero, respectivamente, Só a Bíblia e Só a fé, sabendo que o mesmo era sacerdote da Igreja de “Constantino” e aparentemente tão e somente pretendia reformá-la para nela manter-se ?

    Tivesse a Igreja de “Constantino” abraçado as teorias de Lutero, de que igreja hoje fariam parte os protestantes ?
    Quer dizer que o protestante abraça as teorias e “teologias” de um pretenso reformador da Igreja que ele considera ser a “Grande Babilônia” ?

    6) DIVERGÊNCIAS

    Como todos sabemos, e isto é fato, existem milhares ou milhões de doutrinas protestantes divergentes entre si. Pergunta-se o motivo pelo qual as divergências com os católicos são tidas como intoleráveis e no sentido inverso por que as divergências entre as milhares de denominações protestantes parecem ser irrelevantes ? Qual a base bíblica para citadas tolerância e intolerância ?

    7) HERESIAS

    Sabemos ainda que os protestantes atacam uns aos outros como hereges. Basta pesquisar rapidamente na Internet que encontramos acusações de toda a ordem. Não há quem não chamou ou quem não foi chamado de herege por outro protestante.
    Pergunta-se: Se todos chamam uns aos outros de hereges e não raras vezes uns condenam as teorias dos outros, e, considerando que todo e qualquer protestante se diz salvo e diz ainda que salvação não pode ser perdida, pergunta-se se está correta a afirmação de que heresia não condena ninguém ao inferno ?
    Se heresia não condena ninguém ao inferno, por que os católicos “hereges” deveriam tornar-se protestantes ?
    Então o que salva o homem é o rótulo protestante ? Como fica assim a afirmação de que placa de igreja não salva ninguém ?
    Se apenas as “heresias” católicas são passíveis de condenação ao inferno, e, considerando que o protestante grita “Só a Bíblia”, pergunta-se onde está na Bíblia que as “heresias” católicas e os católicos estão condenados e que as heresias protestantes e suas milhares de interpretações e denominações não trazem quaisquer prejuízos para a salvação ?
    Onde está na Bíblia que para ser salvo o cidadão deve “aceitar” Jesus em um templo protestante ?

    8) INFALIBILIDADE

    Diz o protestante que não há um só homem infalível. Primeiro precisamos esclarecer que o protestante não sabe o que é infalibilidade. Ele confunde infalibilidade com impecabilidade. Mas não falaremos disto. Voltemos ao tema. Se não há um só homem infalível, pergunta-se:
    Como pretende o protestante convencer o católico de sua doutrina se ele mesmo condena que exista alguém confiável em matéria de fé e doutrina ?
    Por que o católico deveria lhe dar ouvidos se ele protestante já se definiu como alguém não confiável ?

    Antes mesmo de tentarem convencer os católicos a tornarem-se protestantes, não caberia aos filhos de Lutero a definição de uma só doutrina “verdadeira” entre as milhares ou milhões que existem no protestantismo ?

    9) PREGAÇÃO

    Se cada pessoa pode interpretar a Bíblia por conta própria com a assistência do Espírito Santo, se não há um só homem confiável em matéria de fé e doutrina e se a Bíblia é a única fonte de revelação, o que seria mais interessante para o protestante ?
    Pregar para um católico que teoricamente poderia interpretar por conta própria e que não deve dar crédito a um protestante, já que não existe ninguém “infalível”, ou, deveria este protestante entregar ao católico uma Bíblia traduzida pelo “insuspeito” João Ferreira de Almeida para que o mesmo possa conhecer a “verdade” protestante em sua leitura privada com a assistência do Espírito Santo ?

    10) LUTERO I

    Diz o protestante que Lutero foi um “anjo”. Outros dizem que foi o “escolhido” por DEUS para consertar o que estava errado na Igreja. Nesta hora Constantino desaparece tão rápido como surgiu e a Igreja volta ser a Igreja. Tem protestante até mesmo citando Santo Agostinho ou São Tomás de Aquino. Deixa pra lá.
    Todavia, sabemos que a maioria não permaneceu com o “anjo”, “enviado” e “ungido” de DEUS.
    Pergunta-se:

    Se DEUS levantou Lutero para consertar os erros da “Grande Babilônia”, por que a maior parte dos protestantes continua fazendo a reforma que DEUS já teria feito ?
    Acaso DEUS cometeu falhas na sua reforma ?
    Qual a base bíblica para que o protestante dê as costas para o grande “ungido” do Senhor ?

    11) LUTERO II

    Confrontado sobre Lutero, o protestante muda seu discurso e diz que Lutero foi apenas um pioneiro. Alguém que teria se revoltado contra os “desmandos” da Igreja Católica.
    Outros mais debochados dizem que mesmo antes de Lutero já existiam outros grupos semelhantes.
    Só não lembram que Lutero estava entre aqueles que condenava tais grupos e contra alguns agiu inclusive com extrema violência.

    Mas em geral, acrescentam os protestantes que Lutero cometeu erros, razão pela qual grande parte seguiu Calvino, entre outros “mestres”.
    Ora, se Lutero cometeu erros, e, pelo visto Lutero era homem pecador, seria plausível que entre os seus enganos estivessem os apontamentos que fez sobre a Igreja Católica e sobre sua doutrina ?

    Se Lutero comete erros, muitos dos quais condenados por outros “reformadores”, por que o protestante confia cegamente nas teorias do “Só a Bíblia” e “Sola Fide” de um pretenso reformador que era pecador, cometia erros e era membro da Igreja de Constantino que seria a grande Babilônia, sabendo ainda que contra este mesmo reformador pesam condenações de outros reformadores ?

    12) CATOLICISMO

    Diz o protestante que a Igreja Católica modificou a doutrina com o passar do tempo.
    Entretanto, parte dos protestantes diz que a Igreja Católica é dogmática. Nunca muda. Sempre arcaica.
    Um outro grupo diz ainda que a Igreja precisa modernizar-se.
    Pergunta-se: Seria possível que os protestantes ao menos concordassem nas críticas que fazem ao catolicismo ?

    Que todos os protestantes concordam que a Igreja Católica deve ser odiada por todos os protestantes isto todos já sabemos.
    Mas será possível que até nas críticas contra a Igreja Católica não podemos encontrar unidade no protestantismo ?

    13) INTERPRETAÇÃO BÍBLICA

    Diz o protestante que qualquer homem, com exceção dos católicos, pode interpretar a Bíblia. Ou podemos interpretar ?
    De fato, na Igreja Católica, tal como nos ensina a Bíblia, nem todos são mestres ou intérpretes. Para nós apenas a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade (Timóteo).

    Diz ainda o protestante que todo e qualquer intérprete protestante da Bíblia conta com a assistência do Espírito Santo.
    No protestantismo como sabemos, todos são profetas, sacerdotes, ungidos, intérpretes, mestres e super papas, sendo que cada um é infalível para si mesmo, ou seja, cada protestante é infalível em sua doutrina pessoal que agrega Lutero, Calvino, Wesley, pregadores modernos, novidades Gospel, doutrinas pentecostais, doutrinas batistas e especialmente sua interpretação particular da Bíblia. Por vezes até encontramos protestantes citando os pais da Igreja que nesta hora deixa mais uma vez de ser a Igreja de Constantino.

    Todos são “infalíveis”. Basta um protestante discordar do outro que já surge o embrião de uma nova denominação.
    Contrariado, o protestante que não reúne condições de fundar uma nova “igrejola”, faz beicinho, xinga, briga, larga família, troca de cônjuge e inicia o troca-troca de denominações.
    Ao final, cansado da Babel protestante, resolve declarar-se como sendo um “Sem Igreja” ou crente sem rótulo. Contudo, ainda assim, só para não fugir à regra, o crente que não integra qualquer denominação já está salvo e sendo que, esta mesma salvação, não pode nem mesmo ser perdida.

    De quebra este “sem igreja” também desenvolverá especial aversão ao catolicismo e muito embora denomine os demais protestantes como hereges ao mesmo tempo se dirá “irmão em Cristo” de todos eles!

    Tem hora que o protestante segue a interpretação literal. Assim os protestantes nos exigem provas bíblicas do purgatório e da Assunção de Maria.
    Desconhece o protestante e infelizmente também grande parte dos católicos que, não estamos obrigados ao “Só a Bíblia” do infernal Lutero. Seguimos, além da Bíblia, o magistério da Igreja, coluna e sustentáculo da verdade e a transmissão oral. Todos tão importantes quanto os outros.

    Mas tem hora que o protestante deixa de ser literal e diz que determinada doutrina está implícita. É o caso da própria Trindade que a Igreja Católica sempre ensinou e os reformadores não contestaram e para a tal da Igreja invisível que nem mesmo está implícita e que parece reunir apenas protestantes e evangélicos de quaisquer denominações que tenham levantado o dedo em algum templo ou mesmo seita e que fizeram o favor de a”aceitar” Jesus, pouco importando o Cristo que cada uma delas pregue.

    Tem Jesus para todos os gostos e se alguém não gostar de nada é só abrir uma nova “igrejola” e pregar sua própria doutrina atribuindo-a ao verdadeiro Jesus.
    Hoje em dia é possível constatar nas principais doutrinas protestantes uma infinidade de Jesujes.
    Tem o Jesus do aborto, o Jesus do trízimo, o Jesus do débito automático, o Jesus patrocinador, o Jesus da prosperidade, o Jesus da confissão positiva, o Jesus da unção do zoológico e até mesmo o Jesus do evangelho judaizante.

    O protestante é literal quando lhe interessa. Quando se trata de algo que não pode provar ele abraça o subjetivismo, o tal do “implícito” e até mesmo descarta a Bíblia que jurou defender para abraçar outras literaturas, em especial, livros de seus pregadores ídolos.

    O protestante é literal para nos cobrar o batismo de crianças, por exemplo, mas não é literal para comer da carne de Jesus ou beber de seu sangue!

    E mesmo que a Bíblia afirme que a carne de Jesus é verdadeiramente comida e seu sangue verdadeiramente bebida e o próprio Jesus diga ser o Pão da Vida ou o Pão que veio do céu, ou mesmo que ele tenha nos ensinado o Pai Nosso, nestas ocasiões o protestante diz que o “verdadeiramente” da Bíblia é a mesma coisa que o “relativamente” protestante. Ou então dirá que a oração ensinada por Jesus é apenas um método e nada além disto.

    A Bíblia diz que a fé vem pelo ouvir. É por isto que nós católicos ouvimos a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade. Não por acaso o eunuco da Bíblia pediu explicação. Se tenho que ouvir para ter fé é porque alguém tem que me ensinar.
    Mas para o protestante a fé vem principalmente pela sua própria leitura. Lógico. Se o protestante rejeita a Igreja é evidente que a fé dele não poderia vir inteiramente pelo ouvir.
    O protestante pode até ouvir a teoria de um outro protestante. Mesmo assim esta doutrina aprendida de outro protestante pode vir a ser contestada em futuro próximo, tão logo aquele que excepcionalmente se fez aluno tenha recebido uma outra informação ou tenha feito uma leitura privada da Bíblia ou de outra literatura que de alguma forma tenha lhe transportado para outro “entendimento, naturalmente, sempre superior aos demais.”

    Por vezes, até mesmo a condenação de uma determinada doutrina protestante por outro pregador protestante já remete o crente a outro “entendimento” e aquilo que era “verdade” de uma hora para outra passa ser mentira. O protestante é seletivo na leitura e no ouvir, acatando e descartando textos, pregadores, reformadores e traduções, conforme sua necessidade.

    O interessante é que o suposto “mentiroso” ou “ignorante” que pregou doutrina espúria e que tenha sido “descoberto” por outro protestante, continua sendo Irmão em Cristo mesmo que a divergência entre os dois protestantes seja colossal.

    Vejamos o exemplo, dos pregadores e das seitas que diziam ser sua santidade João Paulo II a besta do apocalipse. A mesma situação se verifica nas seitas e pregadores que diziam que Jesus retornaria no ano de 2007.
    Tais “profecias” protestantes não se cumpriram e os pregadores e seitas responsáveis continuam gozando da mesma “confiança”, estima e por vezes gozam de prestígio ainda maior do que antes. E todos continuam sendo “irmãos em Cristo”.
    Tem hora que o protestante segue Lutero como no caso do Sola Fide e Sola Bíblia. Tem hora que o protestante rejeita Lutero como no caso da devoção a Virgem Maria e nos sacramentos.
    Tem hora que o protestante abraça Calvino. E tem hora que o rejeita como no caso da necessidade da Igreja para a salvação do homem.
    Tem hora que o protestante usa o grego. Outra hora usa o aramaico e outra hora usa o hebraico.
    E depois de tudo isto, diz o protestante que qualquer um pode interpretar a Bíblia.
    Ora, se a própria Bíblia protestante não define quando se deve ser literal ou quando se deve adotar as teorias dos “implícitos” e “explícitos”, e, se todos precisam conhecer Lutero e Calvino e ainda entender de grego, aramaico e hebraico, é no mínimo repugnante que alguém de fato acredite que todos podem ser mestres e doutores da lei ou que a Bíblia seja de fácil interpretação.

    Mas isto é protestantismo, onde nada precisa fazer sentido, onde nada é o que parece ser e tudo que deveria ser não é.
    Quem está certo ?
    O eunuco da Bíblia que pede explicação porque não consegue entender as escrituras ou o protestante que rejeita tal doutrina ?
    Quem está certo ? O católico que acata o texto bíblico que define a Igreja como coluna e sustentáculo da verdade ou o protestante que não consegue nem mesmo concordar com outro protestante em matéria de fé e doutrina ?

    Autor: A. Silva com a colaboração de V.De Carvalho


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

FSSPX - Portugal

Tudo por amor a Jesus Cristo, Nosso Senhor.

Movimento Magistrados para a Justiça

"Uma visão conservadora de temas relacionados ao Direito"

O Legado d'O Andarilho

opiniões, considerações políticas e religiosas.

Roberta Acopiara's Blog

Just another WordPress.com weblog

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

pregarevangelho

Só mais um site WordPress.com

:.:Paródias da Professora Décia:.:

Paródias de uma professora cedrense!

Fratres in Unum.com

Ecce quam bonum et quam jucundum habitare fratres in unum.

Compartilhar é preciso.

Sinta-se livre para conhecer, aprender e compartilhar

§|Olhar Católico|§

Um Olhar Católico sobre o mundo!

Pacientes na tribulação

Apologética católica

Grupo S. Domingos de Gusmão

Fiéis Católicos de Maringá

Missa Tridentina em Brasília

Santa Missa no Rito Romano Tradicional

Vida, dom de Deus

Gratiam tuam, quaesumus, Domine, mentibus nostri infunde; ut qui, angelo nuntiante, Christi Filii tui encarnationem cognovimus, per Passionem eius et Crucem, ad Resurrectionis gloriam perducamur. Per eumdem Christum Dominum nostrum. Amen.

%d blogueiros gostam disto: