O fim do mundo?


Terceiro segredo e o fim do mundo

PERGUNTA

Nome:
Raquel Maria


1º setembro 2007.
Prezado professor,
Misericórdia, Graça e Paz!
De vez em quando, visito este site. Gosto muito de ler a sessão das cartas, pois tiram muitas dúvidas. Espero que o senhor possa me ajudar com esta que está me "fritando os miolos".
Tem-se ouvido falar muito atualmente em Fim dos Tempos…
É tanta aparição de nossa Senhora! Tantos segredos! Tantas profecias! Por um lado, fico sempre com a impressão de que isso não é algo certo, mas como não tenho um amplo conhecimento não sei nem questionar as pessoas que falam sobre estes assuntos escatológicos, e nem discernir o que é certo do que é errado.
Já ouvi falar as seguintes coisas:
– que o 3º segredo de Fátima não foi todo revelado;
– que haverá três dias e três noites de trevas, que não se poderá sair de casa, nem olhar para fora da janela; que só será acesa vela benta, etc.;
– as pessoas que afirmam isto dizem estar baseadas na Bíblia – evangelho de Mateus 24, livro de Daniel, etc. – e em aparições de Nossa Senhora e de Jesus;
– Que estas tribulações que ocorrerão não constituem o "Fim do Mundo com a volta de Jesus", mas seria o "Fim dos Tempos";
– Que depois destas tribulações do "Fim dos tempos", vai haver um "novo Céu" e uma "nova terra"; que os "justos habitarão a terra" e "haverá algum tempo de paz", como afirma Jesus nas Bem-aventuranças e Nossa Senhora de Fátima;
Eu pergunto:
– a Igreja omitiu a revelação completa do 3º segredo?
– existe essa diferença de "fim do mundo" e "fim dos tempos"? Isso não seria uma forma de milenarismo? Bem… pelo que eu entendo, com meu parco conhecimento, milenarismo é uma coisa errada, não é?
– O que a Igreja diz a respeito destas coisas? O que é certo e o que é errado em tudo isso?
– Afinal, nós podemos dizer que estamos no Fim dos Tempos?
– Já li a respeito das visões de Mediogorie, e não vi coisas ruins; falam de: conversão, confissão, oração, jejum, participar da Missa, rezar o rosário, etc. Porque não podem ser verdadeiras? Que ponto prova, especificamente, que elas são erradas?
– Umas pessoas que conheço dizem que a Igreja liberou (não aprovou) os escritos da Vassula Riden, e provam isso com documentos. Afinal, são certas ou não?
Por favor ajude-me com estas dúvidas. Não sei o que responder para as pessoas que conheço que acreditam nestas coisas. Nem sei o que é certo e o que é errado, só sei que acho tudo isso muito estranho. Parece que só passa medo nas pessoas.
Se não for possível publicar minha resposta no site, pelos menos mande-me um e-mail.
Aguardo.
Que Deus o abençoe.
Em JMJ,
Raquel Maria

RESPOSTA

Data:
4 Setembro 2007


Muito prezada Raquel,
Salve Maria.

     Você raciocina e se expressa muito bem.

     Você notou muito bem que, hoje, em dia, o número de aparições é excessivo. Contam-se mais de 250 aparições de Nossa Senhora. Evidentemente, a grande maioria, para não dizer quase todas, são falsas, e são propagadas para desmoralizar ou desacreditar a de Nossa Senhora em Fátima.

     Exemplo de profecias e aparições falsas são as de Medjugorje. De Vassula Ryden, nem se fale, porque nem católica ela é, e diz heresias às catadupas. Jogue fora tudo o que vem de Medjugorje, Vassula, Garabandal, Padre Gobbi, etc

     Por outro lado, muitas dessas aparições falam de cataclismas imensos e anunciam o fim do mundo.

     Tudo falso.

     Ora, Nosso Senhor Jesus Cristo disse, nos Evangelhos, que ninguém sabe quando será o fim do mundo, e que Ele viria de surpresa, quando ninguém o esperasse.

     Cristo nos apontou alguns sinais do fim dos tempos, isto é, dos tempos precedentes ao fim do mundo. Mas esses sinais não nos permitem dizer quando será o fim do mundo, porque o precedem com séculos de distância.

     Do Terceito Segredo de Fátima só foi revelada a visão que os três pastorinhos tiveram. Como demonstraram Solideo Paolini e Antonio Socci em seus livros, a explicação de Nossa Senhora sobre a visão de um Papa que sai de uma cidade arruinada, sobe uma montanha encimada por uma cruz, e, então, é fuzilado por soldados que o matam a tiros e flechadas, e depois massacram Cardeais, Bispos, padres e religiosos não foi publicada.

     Uma interpretação possível é que a cidade arruinada é a Cidade de Deus, a Igreja Católica, Roma. A montanha encimada pela Cruz é um Calvário: a Missa de sempre. Um Papa libera a Missa de sempre (Bento XVI acaba de fazer isso) e , por isso será assassinado.

     Alguns tentaram enganar o povo católico dizendo que essa visão se aplica ao atentado feito contra João Paulo II, em 1981.

     Isso é um absurdo, pois no atentado a João Paulo II ele não morreu. Não houve nenhum Cardeal, Bispo ou padre assassinado. A ousadia em dar essa explicação absurda é incrível..

     Dessa parte do Terceiro Segredo, se tem alguns indícios que tornam bem claro o que nele está.

     Jacinta teve visões de um Papa apedrejado num palácio, e outra do papa rezando com o povo diante de uma imagem do Imaculado Coração de Maria. Isso não aconteceu ainda.

     O Cardeal Pacelli, depois Pio XII, disse ao Conde Enrico Galleazzi, dizem que em 1935 (mas essa data pode ser falsa):

"Estou obcecado pelas confidências da Virgem à pequena Lúcia de Fátima. Essa obstinação de Nossa Senhora diante do perigo que ameaça a Igreja, é um aviso divino contra o suicídio que representaria a alteração da fé, em sua liturgia, sua teologia e sua alma”.(…)

“Ouço em redor de mim os inovadores que querem desmantelar a Capela Sagrada, destruir a chama universal da Igreja, rejeitar seus ornamentos, dar-lhe remorso de seu passado histórico”.
“Pois bem, meu caro amigo, estou convicto que a Igreja de Pedro deve assumir o seu passado ou então ela cavará sua sepultura"

     De onde o futuro Pio XII teria retirado essas coisas?

     Não foi nem do Primeiro, nem do Segundo Segredo de Fátima. Nossa Senhora nunca disse isso nesses segredos. Em nenhum livro constam essas palavras que Pio XII atribui à revelação de Fátima.

     Logo, ele as tirou do Terceiro Segredo.

     No Terceiro Segredo de Fátima, Nossa Senhora teria mandado avisar que não se mudasse a doutrina, e não se tocasse na Missa, que isso seria um espécie de "suicídio", que a Igreja cavaria a sua "sepultura". Seria como que uma auto demolição da Igreja, como o próprio Paulo VI confessou que foi feito no Concílio Vaticano II. Nossa Senhora avisava que, se isso fosse feito, viriam grandes desgraças para a Igreja e para o mundo.

     Nossa Senhora mandou que o Terceirto Segredo fosse revelado em 1960, "porque nessa data seria mais fácil compreendê-lo" declarou a Irmã Lúcia, a terceira vidente de Fátima.

     Ora, quando João XXIII leu o Terceiro Segredo, ele decretou que se mantivesse tudo em segredo pois que não sabia se a revelação era do céu ou era humana. João XXIII não acreditou na mensagem de Nossa Senhora e decidiu convocar o Concílio, que Nossa Senhora afirmava que não se convocasse.

     No discurso de abertura do Concílio Vaticano II, João XXIII respondeu ao aviso de Irmã Lúcia, declarando que era contrário "aos profetas de desgraças" que anunciavam catástrofes. O otimismo de João XXIII pretendeu ver mais claro e mais longe do que Nossa Senhora…

     O Concílio Vaticano II mudou a doutrina e, com base nele, Paulo VI fez uma Nova Missa…

     Depois falou em auto demolição da Igreja e da fumaça de Satanás que entrou no templo de Deus…

     Advinhe-se por onde…

     O Cardeal Ottaviani leu o Terceiro Segredo e disse que ele estava escrito em uma só página, tendo apenas 25 linhas. E sobre o Terceiro Segredo o  Cardeal Alfredo Ottaviani, numa conferência de 1967, disse que o Vaticano decidira em 1957 não publicar o Terceiro Segredo de Fátima "Para evitar que uma coisa tão delicada, destinada a não ser dada em alimento ao público, venha, por qualquer razão, ainda que fortuita, a cair em mãos estranhas" (Cardeal Alfredo Ottaviani, apud Antonio Socci, Il Quarto Segreto, Rizzoli,  5a. edição, Fevereiro de 2007, p. 37).

     Corre ainda que o Cardeal Ottaviani teria dito:

Tive a graça e o dom de ler o texto do terceiro segredo. […] Posso lhes dizer apenas isto: que virão tempos muito difíceis para a Igreja e que é preciso muita oração para que a apostasia não seja grande demais”.

     Sobre o Terceiro Segredo de Fátima, Cardeal Oddi observou que
"Ele não tem nada a ver com Gorbachev. A Virgem Abençoada nos alertou contra a apostasia na Igreja."

     O Cardeal Ciappi, teólogo do Papa, e que leu o Terceiro Segredo, escreveu que ele tratava de uma grande apostasia que afetaria o mais alto cume da Igreja. Portanto, que atingiria até mesmo um Papa.

    Essas declarações são confirmadas pelo que fez entrever o já falecido Padre Joaquin Alonso (+1981), que por dezesseis anos foi o arquivista oficial em Fátima, o qual entrevistou Irmã Lúcia por diversas vezes, e nos deu o seguinte testemunho:
"É portanto completamente provável que o texto faça referências concretas à crise de fé dentro da Igreja e à negligência dos próprios pastores [e as] brigas internas no seio mesmo da Igreja e de grave negligência pastoral da alta hierarquia…
"No período precedente ao grande triunfo do Imaculado Coração de Maria, coisas terríveis estão previstas para acontecer. Essas coisas formam o conteúdo da Terceira parte do Segredo. O que são elas? Se em Portugal o dogma da Fé sempre será preservado, pode-se claramente deduzir daí que em outras partes da Igreja esses dogmas tornar-se-ão obscuros ou se perderão totalmente…

     O texto não publicado menciona circunstâncias concretas? É bem possível que mencione não apenas uma crise real da fé na Igreja durante este interstício, mas, por exemplo, à semelhança do segredo de La Sallete, haja mais referências concretas às brigas internas de Católicos ou à queda de sacerdotes e religiosos. Talvez o texto faça até referência aos erros da alta hierarquia da Igreja. Por esta razão, nenhuma delas é externa a outras comunicações que Irmã Lúcia teve sobre o assunto. (Cfr A. Socci, Il Quarto Segreto, p. 81)

     O Bispo Amaral, o terceiro Bispo de Fátima, disse o seguinte sobre o Segredo em uma palestra em Viena, Áustria, em 10 de setembro de 1984:

"Seu conteúdo diz respeito apenas a nossa fé. Identificar o [Terceiro] Segredo com anúncio de catástrofes ou com um holocausto nuclear é deformar o significado da mensagem. A perda da fé por um continente é pior do que a aniquilação de uma nação; é fato de que a fé está diminuindo na Europa." (Apud A. Socci, op cit, p. 83).
     Há ainda a famosa citação do Cardeal Luigi Ciappi, teólogo pessoal de quatro Papas, incluindo o Papa João Paulo II:
"No Terceiro Segredo é predito, dentre outras coisas, que a grande apostasia na Igreja começa no topo."

     Em 1982, Irmã Lúcia escreveu ao Papa João Paulo II:

"Se não constatamos ainda a consumação completa do final desta profecia, estamos nos aproxiamndo dela a grandes passos" (Apud Antonio Socci, Il Quarto Segreto, ed. cit. p. 55).

     Portanto, o atentado de Agca contra o Papa João Paulo II em 1981 não foi a realização do Terceiro Segredo.

     O Papa João Paulo II, em 1994 declarou a Vittorio Messori:

"Quando fui atingido pelo projétil do homem que fez o atentado na praça de São Pedro, não me dei conta, a princípio, ao fato de que era aquele extamente o aniversário do dia em que Maria apareceu às três crianças em Fátima, em Portugal, dizendo-lhes aquelas palavras que, com o fim do século, parecem aproximar-se de seu cumprimento" (João Paulo II, Vracare il Soglio della Speranza, Mondadori, Milano, 1994, p. 243, apud A. Socci, op. cit . p. 56).

     Portanto, também João Paulo II, que leu o Terceiro Segredo, achava que a profecia do Terceiro Segredo não se cumprira no atentado de 1981, mas que estávamos ainda nos aproximando dela, em 1994…

     Os Católicos têm bons motivos para acreditar que haveria ainda uma parte do Segredo – um segundo texto ainda a ser revelado – de "conteúdo explosivo" referente à apostasia massiva na Igreja.
     Todos os cataclismos sensacionalistas que correm pela internet, hoje, são repetições de falsas profecias que agitam os católicos desde o fim da Idade Média. Por exemplo, a famosa profecia dos três dias de trevas e das velas bentas é inteiramente falsa.

Pior que um dilúvio de fogo nuclear foi o Concílio Vaticano II e a Nova Missa de Paulo VI.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

FSSPX - Portugal

Tudo por amor a Jesus Cristo, Nosso Senhor.

Movimento Magistrados para a Justiça

"Uma visão conservadora de temas relacionados ao Direito"

O Legado d'O Andarilho

opiniões, considerações políticas e religiosas.

Roberta Acopiara's Blog

Just another WordPress.com weblog

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

pregarevangelho

Só mais um site WordPress.com

:.:Paródias da Professora Décia:.:

Paródias de uma professora cedrense!

Fratres in Unum.com

Ecce quam bonum et quam jucundum habitare fratres in unum.

Compartilhar é preciso.

Sinta-se livre para conhecer, aprender e compartilhar

§|Olhar Católico|§

Um Olhar Católico sobre o mundo!

Pacientes na tribulação

Apologética católica

Grupo S. Domingos de Gusmão

Fiéis Católicos de Maringá

Missa Tridentina em Brasília

Santa Missa no Rito Romano Tradicional

Vida, dom de Deus

Gratiam tuam, quaesumus, Domine, mentibus nostri infunde; ut qui, angelo nuntiante, Christi Filii tui encarnationem cognovimus, per Passionem eius et Crucem, ad Resurrectionis gloriam perducamur. Per eumdem Christum Dominum nostrum. Amen.

%d blogueiros gostam disto: