A Igreja que virou bar. Ou: Quando a Igreja está entregue aos leigos


As fotos abaixo foram tiradas no interior da igreja de São João Batista, em Cedro-CE.

A quermece tradicional, após a Novena, estava sendo feita do lado [de fora] da igreja, quando pouco tempo depois cai uma chuva. Para não perder o dinheiro da tal quermece alguém tem uma idéia de jerico e põe a “bendita” quermece para dentro da igreja. E aí virou aquela baderna carcterística. Vejam as fotos abaixo.

P6230078

P6230077 P6230076 P6230075

P6230074

Notem que a “reverência” ao Sagrado é patente: ou seja NENHUMA!

Além da novena ao estilo bem modernista, com palminhas e tudo aquilo que se têm mais “direito” de se fazer errado na Liturgia, o Templo é profanado com uma “bendita” quermece dentro dele.

O Altar do Sacrifício não é mais Altar, agora é banquinha de leilão de quermece. Os bancos viraram mesa de bar e as “oferendas” são postas pelo altar. Absurdo!

O que vale mais: o lucro de uma “bendita” quernece ou a Dignidade de Nosso Senhor Jesus Cristo e o seu templo?

Isto é o que acontece quando a Igreja é entregue aos leigos… e com o aval do clero é pior e mais grave ainda.

São João Batista que denunciou o viver desregrado dos judeus deve estar muito satisfeito no Céu agora ao ver as atitudes de seus “fiéis” lhe festejando profanando e desrespeitando o Templo d’Aquele que ele foi precursor. Ele que disse que se quer era digno de atar-lhe as sandálias, vê agora seus “fiéis” vendendo salgados no Altar do Senhor. Absurdo! Profanação!

O que Nosso Senhor faria? Vejamos:

“Jesus entrou no templo e expulsou dali todos aqueles que se entregavam ao comércio. Derrubou as mesas dos cambistas e os bancos dos negociantes de pombas, e disse-lhes: Está escrito: Minha casa é uma casa de oração (Is 56,7), mas vós fizestes dela um covil de ladrões (Jr 7,11)!” (Mt21, 12-13)

Anúncios
Publicado em Polêmicas. 6 Comments »

6 Respostas to “A Igreja que virou bar. Ou: Quando a Igreja está entregue aos leigos”

  1. Geraldo Dalla Nora Says:

    Eu não sou católico conservador, tenho algumas opiniões divergentes quanto a vários assuntos, mas realmente este pessoal do Ceará foi longe demais, afinal um templo onde se honra a DEUS não pod em hipotese nem uma ser profanado deste geito, mas aqui onde moro , norte do RGS em tempos passados, um monsenhor para arecadar dinheiro também fez das suas, chegou a instalar um cinema no prédio da igreja, e olha que os filmes que eram passados não tinham muita moral não, Igreja para mim não deve misturar o mundano com o sagrado, o máterial com o espiritual, infelizmente hoje em dia nem os bispos e padres se entendem mais, uns vão para um lado, outros para outro, uns fazem politica partidaria de um partido outros de outro e assim por diant, se preocupam mais com coisas passageiras e mundanas do que o transcedental, creio que só Cristo voltando para por ordem na casa

  2. Francisco Silva de Castro Says:

    Denuncie isto ao bispo da diocese de Cedro o mais depressa possível. Não se pode tentar pelo menos denunciar.

  3. Maria do Socorro Saraiva Moura Says:

    Oi Moisés, como moradora do Conjunto Habitacional como você, tínhamos preparado aquela noite de São João com os moradore do Conjunto Habitacional, a parte social, inclusive com sua genitora. E aí fomos supreendidos na hora do leilão com uma chuva e em respeito aos presentes que poderiam ajudar a Igreja na sua manuntenção tomamos uma atitude de entrar na Igreja, haja vista, que toda pastoral e Igreja não consegue viver sem ajuda extra, então resolvemos entrar na Igreja para finalizar a parte social dando o resultado da rifa e do desfile e vedemos o restantes dos bolos e frangos. E de forma nenhuma, foi vendido bebida aos presentes.Me aponte quem comprou na Igreja bebida, pois eu como leiga , tentando ser atuante. denunciaria a quem compete. Gosto de você, mas o que lhe informaram não se procede, qualaquer informação mais precisa conversa com agente e o vigário. Um abraço.
    Maria do Socorro Saraiva Moura.

    • Moisés Gomes Says:

      Prezada, boa noite.
      Sugiro-lhe a lida do documento da Igreja Católica Redemptionis Sacramentum.
      Ademais, sua noção de sacralidade está muito aquém da que deveria ser de uma verdadeira católica.
      Para que fique claro:
      Restaurante: Lugar de refeição;
      Palco: Lugar de apresentações\danças\teatro\etc.;
      Cama\quarto: Lugar de dormir;
      O ALTAR, NA IGREJA: Lugar de celebrar o Santo Sacrifício da Missa.
      A Casa de Deus é uma casa de oração. E nada, nada mesmo, justifica uma profanação. Nem um lucro de uma festinha, nem a prevaricação de um vigário, nem seja lá o que for. Profanação e desrespeito ao sagrado não se justificam.
      Se desejar posso tentarlhe explicar mais, tudo baseado na Doutrina da Igreja de Cristo, que é o que deve nos guiar. Se não… passar bem 🙂

  4. Socorro Saraiva Says:

    Aqui ajoelho o meu coração, apesar de não conhecer tanto, mas você estava lá e que deveria nos ajudar nessa hora, conduzindo a comunidade a não entregar as faixas de Raínha e Rei, inclusive a sua filha linda foi a comtemplada como RAINHA DO BAIRRO, peco muitas vezes, inclusive agi sem saber. Outra coisa tenho interesse em saber muito sobre o Documento da Igreja, me avise que irei com muito prazer, para não chegar outro momento e não ficar calada, pois estando presente comunguarei com as mesmas atitudes dos presentes.
    Maria do Socorro Saraiva Moura

    • Moisés Gomes Says:

      Prezada Socorro, a paz de Jesus e o amor de Maria!
      Reconheço também minha falta, minha grande falta, em ter silenciado diante daquele fato pelo simples fato de temer a reação e também por mero e medíocre respeito humano, apesar de minha indignação. Com certeza meu pecado foi maior que o de todos juntos alí.
      Nada contra a barraca e as quermeces, desde que sejam em local adequado. E também nada contra bebida alcoolica, afinal beber não é pecado. Toda Missa começa com uma bebida alcoolica (o vinho) e termina com o Sagrado Líquido da nossa Salvação.
      Muitas faltas, mas muitas mesmo, são cometidas em nossa Paróquia e Diocese por pura desorientação de nós leigos e por falta de catequese daqueles que têm a obrigação de ensinar: o clero. Mas nada que justifique a nossa ignorância, ainda mais nestes tempos de internet.
      Aproveitando então seu interesse no assunto, lhe lanço um desafio:
      Lançar um curso/grupo de estudo sobre o documento Redempitionis Sacramentum em nossa Paróquia, com permissão do Padre é claro, voltado para as lideranças com foco principal ao pessoal que atua na liturgia.
      Caso aceite o desafio aqui vai um link de onde baixar o referido documento: AQUI ou AQUI 😉


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

FSSPX - Portugal

Tudo por amor a Jesus Cristo, Nosso Senhor.

Movimento Magistrados para a Justiça

"Uma visão conservadora de temas relacionados ao Direito"

O Legado d'O Andarilho

opiniões, considerações políticas e religiosas.

Roberta Acopiara's Blog

Just another WordPress.com weblog

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

pregarevangelho

Só mais um site WordPress.com

:.:Paródias da Professora Décia:.:

Paródias de uma professora cedrense!

Fratres in Unum.com

Ecce quam bonum et quam jucundum habitare fratres in unum.

Compartilhar é preciso.

Sinta-se livre para conhecer, aprender e compartilhar

§|Olhar Católico|§

Um Olhar Católico sobre o mundo!

Pacientes na tribulação

Apologética católica

Grupo S. Domingos de Gusmão

Fiéis Católicos de Maringá

Missa Tridentina em Brasília

Santa Missa no Rito Romano Tradicional

Vida, dom de Deus

Gratiam tuam, quaesumus, Domine, mentibus nostri infunde; ut qui, angelo nuntiante, Christi Filii tui encarnationem cognovimus, per Passionem eius et Crucem, ad Resurrectionis gloriam perducamur. Per eumdem Christum Dominum nostrum. Amen.

%d blogueiros gostam disto: