Frase de caminhão


Quando ia ao trabalho ví esta frase em um caminhão e achei interessante publicar aqui:

"O alfabeto de Deus é OBDC"

Quem diria hein!? E muitos buscando o ABC… Dai-me a graça Senhor de aprender este santo alfabeto!

"A concórdia não é uniformidade de opiniões, mas concordância de vontades" (S. Tomas de Aquino).

4ª Parte da Medidação: Colóquio


"O colóquio consta de três coisas, a saber: ação de graças, oferecimento e petição. As graças se dão a Deus pelos bons propósitos que me der, os quais se hão de oferecer ao mesmo Deus e pedir seu auxílio para os por em execução e juntamente se hão de encomendar a Deus as necessidades públicas e particulares, dizendo no cabo um Pater Noster, e se a oração for dirigida à Virgem Nossa Senhora, se pode dizer uma Ave Maria"(Meditações para todos os dias da semana, pelo exercício das três potências da alma, conforme ensina sto. Inácio, pelo padre Alexandre de Gusmão, ano de 1689)

3ª Parte da Medidação: Meditação ou Consideração


"A terceira adição chamamos essa mesma meditação, ou consideração, a qual consta assim mesmo de quatro coisas: a primeira é aplicação das potências; a segunda, aplicação de si mesmo; a terceira, aplicação do mistério; a quarta, o fruto da meditação.

A aplicação das potências se faz desta forma: traz-se à memória o mistério, ou ponto, que há de meditar; logo vai o entendimento discorrendo sobre ele, até que a vontade se vai movendo a abraçar o que o entendimento meditou, de sorte que da memória é a representação do mistério, do entendimento à ponderação, e da vontade o tirar do fruto.

A aplicação de si se faz quando um acomoda a si, conferindo com sua vida e costumes o que medita.

A aplicação do mistério é que em tanto se há um de deter na consideração do mistério até que sinta mover-se a vontade e se sentir mover-se não tem que passar a outro ponto.

O fruto da oração são os bons propósitos e santos desejos que da consideração tirou" (Meditações para todos os dias da semana, pelo exercício das três potências da alma, conforme ensina sto. Inácio, pelo padre Alexandre de Gusmão, ano de 1689).

2ª Parte da Medidação: Preparação Próxima


"A segunda adição, que é a preparação próxima, contém quatro pontos: o primeiro é a preferência de Deus; segundo, oração preparatória; terceiro, composição de lugar; quarto, petição.

A preferência de Deus se há de fazer na maneira seguinte: estando em pé a um ou dois passos do lugar da meditação, por tempo de um ou dois Credos, me resolverei que estou na mesma presença de Deus, e que venho a tratar com Ele o negócio de minha salvação; feita uma profunda reverência com o coração, cabeça e joelhos em terra, faço o sinal da Cruz.

A oração preparatória é pedir a Deus Nosso Senhor graça para que todos os meus pensamentos e ações naquela oração sejam para glória Sua.

A composição de lugar é representar primeiro na imaginação o mistério que ei de meditar, logo imaginar-me-ei no lugar onde o tal mistério se obrou.

A petição é que peço a Deus graça para conhecer bem aquele mistério, e exemplo dele, para dele me aproveitar, conforme a matéria da meditação." (Meditações para todos os dias da semana, pelo exercício das três potências da alma, conforme ensina sto. Inácio, pelo padre Alexandre de Gusmão, ano de 1689).

1ª Parte da Medidação: Preparação Remota


"[A] preparação remota, contém duas coisas: a primeira é ler, ou ouvir, os pontos da meditação à noite, gravando-os na memória antes de dormir; a segunda, repeti-los logo que despertar pela manhã antes de outros pensamentos" (Meditações para todos os dias da semana, pelo exercício das três potências da alma, conforme ensina sto. Inácio, pelo padre Alexandre de Gusmão, ano de 1689).

Quais as partes da meditação?


"As adições da oração mental ou da meditação são cinco: preparação remota, preparação próxima, meditação, colóquio e exame"(Meditações para todos os dias da semana, pelo exercício das três potências da alma, conforme ensina sto. Inácio, pelo padre Alexandre de Gusmão, ano de 1689)

Como ter bom fruto da meditação?


"Para que da meditação se tenha bom fruto, há de preceder disposição e preparação. A disposição é a pureza da consciência e desejo ardente de nosso aproveitamento espiritual e, como diz Cassiano, a preparação que fizermos para ela.
As preparações para ser qual se requeiram se devem fugir [de] certos impedimentos que divergem [d]a meditação, e se hão de aplicar certas ajudas que a facilitam. Os impedimentos S. Bernardo os resumiram em poucas palavras: sentidos divertidos, cuidados que “picam” e culpas que “mordem”. As ajudas são as que comumente chamam de adições ou partes da meditação que para maior clareza e facilidade vão dispostas na forma seguinte [no próximo post]" (Meditações para todos os dias da semana, pelo exercício das três potências da alma, conforme ensina sto. Inácio, pelo padre Alexandre de Gusmão, ano de 1689)

FSSPX - Portugal

Tudo por amor a Jesus Cristo, Nosso Senhor.

Movimento Magistrados para a Justiça

"Uma visão conservadora de temas relacionados ao Direito"

O Legado d'O Andarilho

opiniões, considerações políticas e religiosas.

Roberta Acopiara's Blog

Just another WordPress.com weblog

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

pregarevangelho

Só mais um site WordPress.com

:.:Paródias da Professora Décia:.:

Paródias de uma professora cedrense!

Fratres in Unum.com

Ecce quam bonum et quam jucundum habitare fratres in unum.

Compartilhar é preciso.

Sinta-se livre para conhecer, aprender e compartilhar

§|Olhar Católico|§

Um Olhar Católico sobre o mundo!

Pacientes na tribulação

Apologética católica

Grupo S. Domingos de Gusmão

Fiéis Católicos de Maringá

Missa Tridentina em Brasília

Santa Missa no Rito Romano Tradicional

Vida, dom de Deus

Gratiam tuam, quaesumus, Domine, mentibus nostri infunde; ut qui, angelo nuntiante, Christi Filii tui encarnationem cognovimus, per Passionem eius et Crucem, ad Resurrectionis gloriam perducamur. Per eumdem Christum Dominum nostrum. Amen.

%d blogueiros gostam disto: