Ameaçam colunista católico após crítica à “paternidade dupla” em certidão

Vítima de estrupo paterno é convencida por católicos a não abortar


Por: LUIZ CAMPOS JR.
luiz.junior@bomdiasorocaba.com.br

Rede Bom Dia | 28 de Agosto – A adolescente de 14 anos, grávida de quatro meses após sofrer abusos do pai, não vai mais abortar a criança que espera.

Segundo o tio da menina, o soldador Urbano Silva Ataíde, 50, a decisão foi tomada em conjunto pela família após receberem a visita de religiosos um dia antes da data marcada para a realização do procedimento autorizado pela Justiça. “Estava tudo programado para que o aborto fosse na segunda-feira (20), mas antes, no domingo, veio um grupo de pessoas da igreja católica para conversar e mostrar que tirar a vida da criança não seria a melhor atitude e que há outras soluções para esse problema, como a adoção”, conta Urbano. “Até a Elba Ramalho [cantora e católica fervorosa] ligou para a minha sobrinha para conversar pessoalmente e pedir para que ela não fizesse o aborto.”

De acordo com uma das tias da menina, que prefere não se identificar, a decisão inicial de abortar foi precipitada e tomada num momento de muito nervosismo.

Ela conta que durante a visita dos religiosos foi apresentado um vídeo aos familiares, mostrando como é o procedimento de interrupção da gravidez. “Vimos que nesse estágio, após 16 semanas de gestação, há muito sofrimento para o feto. Estávamos vendo apenas o nosso lado e não o da criança que vai nascer e não tem culpa de nada”, conta a tia.

No entanto, acrescenta ela, a decisão do cancelamento do aborto começou a surgir  logo após os exames feitos na adolescente para saber se o bebê apresentava algum tipo de problema de formação. “A saúde da criança está ótima, graças a Deus, pois havia o risco de apresentar alguma anomalia pelo fato do grau de parentesco dos pais, mas vimos que o bebê já está formado e será uma menina”, lembra.

De acordo com Urbano, a intenção da adolescente agora é dar a criança para adoção. “Ela está satisfeita por evitar tirar uma vida e ainda poder fazer outra família feliz”, diz.


Segundo ele, a garota já começou a ter acompanhamento psicológico para enfrentar a gravidez e está sob os cuidados das tias –  a mãe abandonou os filhos há cerca de um ano.

Apelo/ Conforme os familiares da adolescente, entre os integrantes do grupo de católicos que visitou a residência estava o arcebispo metropolitano de Sorocaba, Dom Eduardo Benes  de Sales, que na semana retrasada deu início a uma cruzada religiosa contra o aborto.

No dia 17, após a divulgação da intenção da menor em acabar com a gestação, Dom Eduardo enviou uma nota ao  BOM DIA onde reconhecia a tragédia pessoal da menina, mas se posicionava contra a interrupção da gravidez e conclamava a sociedade  a ajudar a adolescente a criar o filho.

Já no dia 19, o arcebispo ainda ofereceu a missa de encerramento do 29º Cenáculo de Sorocaba em intenção da manutenção da vida. “Ofereço especialmente esta missa para uma criança que está sendo testada no seu quarto mês de gestação”, disse.

Ontem, o  BOM DIA tentou entrar em contato com o arcebispo para saber mais detalhes sobre a intervenção realizada junto a família da adolescente, mas ele não estava na cidade e o diácono responsável por acompanhá-lo nas conversações não tinha autorização para falar em nome da igreja.

Entenda o caso/ No dia 14, o pedreiro Alexandre Vieira, 37, foi preso em flagrante acusado de tentativa de estupro contra uma das três filhas adolescentes. Em depoimento, a vítima, de 14 anos, confirmou que estava grávida do pai e que era abusada desde os 12 anos. A filha mais velha,  17,  também teria sofrido abusos.

De acordo com  Ana Luiza Salomone, delegada da Mulher de Sorocaba, responsável pelo caso, o pedreiro continua preso na Cadeia Pública de Pilar do Sul, onde aguarda julgamento pelos crimes de tentativa de estupro e estupro de vulneráveis.

RELEMBRE O CASO

Polícia investiga estupro a adolescente
-Arcebispo clama para adolescente evitar o aborto

Publicado em Aborto. Leave a Comment »

As palavras do Papa João Paulo I sobre Lefebvre


Andrea Tornielli | Tradução: Olhar Católico.

Sacri Palazzi, 25 de agosto – Até o Papa Luciani se preocupava com a reconciliação com o arcebispo tradicionalista Marcel Lefebvre. Foi o que revelou ao diretor do TV2000, Dino Boffo, o secretário de João Paulo I, Don Diego Lorenzi, em uma entrevista por ocasião do centenário do nascimento do “Papa sorridente”, que será transmitido amanhã [foi ontem] às 18h30 no TV2000. “O problema de Lefebvre – disse Lorenzi – que ainda está na ordem do dia, já estava nos pensamentos e preocupações do Papa João Paulo I”. O secretário do Pontífice disse que, referindo-se a história de Lefebvre, João Paulo I lhe dissera: “O manto intocado da Igreja Católica Romana tem um buraco.” “E desejava – conclui Don Lorenzi – que esta emenda viesse a ser recomposta o mais rápido possível (…)”.

Em sua recente biografia do Papa João Paulo I (publicado pela editora San Paolo), escrito por Marco Roncalli, esta tarde, novamente reforçada com a publicação de trechos do L’Osservatore Romano, vem reconstruir o pensamento e a preocupação do futuro Papa num confronto contra os  lefebvrianos. Uma preocupação que remonta aos anos antes da eleição, e que por ele foi visto como uma emergência (…).

Os senadores não querem ser incomodados


Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
Se você tentou mandar a mensagem para o Senado, deve ter percebido que não é possível “colar” no campo “Mensagem” da página do Senado que indicamos, o texto que sugerimos.

Aparece a seguinte mensagem:

Instituto Plinio Corrêa de Oliveira

Isso prova o quanto os senadores estão “preocupados” com a opinião dos brasileiros.

Colocam esse dispositivo exatamente para que ninguém se organize coletivamente e proteste!

Eles querem que você lute sozinho. Que você se sinta um Dom Quixote diante do poderoso moinho do Senado Federal.

Isso é inaceitável!

Eles querem seu voto, mas não querem sua opinião!

Eles gostam de – em período eleitoral – andar pelas ruas com seus bajuladores de plantão, abraçando idosos e crianças, tomam café no botequim da esquina, etc…

Depois de eleitos o que acontece?

DISTANCIAMENTO.

Montam dispositivos para dificultar manifestações dos eleitores, como esse que colocaram no Site do Senado.

Nenhuma mensagem podemos enviar!
Mas nós não desistimos fácil.

Achamos uma brecha e é por ela que iremos passar e levar a mensagem aos senadores.

Você pode enviar a mensagem que escrevemos abaixo na página da Ouvidoria do Senado Federal (aqui).

Segue a mensagem.

Senhores senadores,

Como cidadão brasileiro, contribuinte e eleitor, venho pedir que os Srs. ouçam suas consciências de cristãos e não permitam, em hipótese alguma, que o aborto seja ampliado no Brasil, nem a maconha liberada, muito menos que seja criminalizada a chamada homofobia, tampouco que a pena para o infanticídio seja diminuída.Enfim, que não seja aprovado por esta Casa de Leis nenhum item do Código Penal que contrarie as Leis de Deus e a vontade da grande maioria da população brasileira.

Estaremos atentos e acompanharemos a atuação de cada Senador para sabermos votar de modo mais consciente nos próximos pleitos.

Vamos eleger aqueles que são favoráveis à proteção
da vida.

Com esperança em sua decisão acertada, despeço-me.

(seu nome completo).

Eu tenho absoluta certeza que sim, pois não vai lhe custar nada, e, ao fazer isso, você ainda poderá ajudar a:

– salvar milhões de bebês do aborto;
– prevenir o vício das drogas;
– fazer com que não se cometa injustiças penais e muitas outras coisas erradas aos olhos de Deus.

Fale sobre a página de ouvidoria do Senado com todos os que você conhece e peça a eles que também enviem estas sugestões.

O tempo está se esgotando, é a hora de agir.

Cordialmente,

Instituto Plinio Corrêa de Oliveira

Mario Navarro da Costa
Diretor de Campanhas do
Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
www.ipco.org.br

PS: Se você ainda não sabe detalhes do Código Penal, não deixe de ver o vídeo de alerta que preparamos: www.diganaoaculturadamorte.com.br

PS2: O novo Projeto de Código Penal contém ainda outros dispositivos perversos. Em breve eu lhe escreverei para esclarecer sobre isso.

Maçom terrorista é condenado a 21 anos na Noruega


“De acordo com o movimento nacional-socialista, os maçons são uma organização sionista. Sendo eu um maçom, eu sei que isto é não somente uma afirmação falsa, mas realmente bastante ridícula”

É, é ele mesmo. Este cara é um maçom. Evidentemente a mídia não iria publicar tamanho fato para que todos saibam.

Ele foi pintado de cristão, diga-se de passagem que nunca leu a Bíblia e nem estudou o cristianismo, e “ultradireitista”, vejam só! Mas a verdadeira identidade de Anders Behring Breivik permanece oculta à grande maioria, convenientemente é claro.

Pois bem, o rapaz iluminado acima, filho da Viúva, foi condenado a 21 anos de prisão, pena máxima em seu país, e caso seja comprovado seu perigo à sociedade após estes 21 anos pode ainda permanecer preso.

Reaja agora mesmo contra a reforma do Código Penal


Estamos na iminência de se aprovar no Brasil o aborto, eutanásia, agenda homossexual, drogas, prostituição, etc.
Trata-se da Reforma do Código Penal Brasileiro que anda em marcha acelerada.
Precisamos reagir urgentemente. Não podemos aceitar que nos seja imposto
esse Novo Código Penal.

Acesse o link abaixo e saiba como reagir! É rápido e fácil.

http://www.lepanto.com.br/lepanto/por-que-tanta-pressa-reaja-agora-mesmo-contra-a-reforma-do-codigo-penal/

Desde já agradecemos a participação de todos.

Atenciosamente,
Equipe Lepanto
www.lepanto.com.br

__._,_.___
| através de email | Responder através da web | Adicionar um novo tópico
Mensagens neste tópico (1)
Atividade nos últimos dias:

Visite seu Grupo

Leia outras notícias:
http://br.groups.yahoo.com/group/noticias-lepanto

Nota: As mensagens são selecionadas pela sua relevância e não necessariamente representam o pensamento da Frente Universitária Lepanto

*******************************************
Mensagem Padrão
(1) Para sair da lista (Unsubscribe):
Envie um e-mail em branco para
noticias-lepanto-unsubscribe
(2) Para se cadastrar na lista (Subscribe):
Envie um e-mail em branco para
noticias-lepanto-subscribe
(3) Para alterar seu e-mail:
retire seu e-mail antigo (unsubscribe)
acrescente seu e-mail novo (subscribe)
(5) Não deixe de preencher o seu cadastro
http://www.lepanto.com.br/cupom.htm

Obs: Inscreva-se também em nossa lista de santos: http://br.groups.yahoo.com/group/hagiografia

Ofertas HP: ProBook 4430s

Fábulas eleitorais por Carlos Ramalhete


Carlos Ramalhete – Fábulas eleitorais – Colunistas – Gazeta do Povo.

Em todo ano eleitoral a mesma fábula é repetida em tom paternalista: a função dos legisladores eleitos – explicam pausadamente – é propor leis, não oferecer auxílios. Deixam de lado, claro, que as leis que eles propõem são auxílios: asfalto aqui, iluminação acolá, posto de saúde alhures. As que não o são, em geral, melhor seria que não existissem: dia disso ou daquilo, medalha pra Fulano, proibições arbitrárias, e o que mais lhes vier à telha.

A recente aprovação pelo Senado de cotas de 50% para vários tipos de coitadinhos nas universidades federais, verdadeira pá de cal em qualquer chance de tornar minimamente decente o ensino superior brasileiro, consegue ser ao mesmo tempo esmola com o dinheiro alheio e arbitrariedade. Melhor seria, já disse, se não legislassem.

Ao mesmo tempo, o Código Penal, que na sua interpretação atual é percebido pela massa da população como tremendamente leniente, tornando quase impossível a prisão de um ladrão, tem uma versão nova entregue pronta por uma comissão de ideólogos para que o Senado a aprove num prazo que não permite qualquer debate. E – como se poderia esperar – o Código proposto é ainda mais leniente com o crime. Ele parte do princípio ideológico de que o criminoso é um coitadinho, forçado ao crime pela sociedade malvada, e que, portanto, mais vale punir a sociedade que prender o criminoso.

Isso – que tem efeitos gravíssimos sobre a população, especialmente sobre os mais pobres, que não têm carros blindados nem cercas elétricas – não merece discussão. Legislar, aparentemente, é agora sinônimo de escrever utopias. O papel, sabemos todos, aceita tudo. A realidade, contudo, permanece a mesma. Continua sendo aquela em que o povo vota no político que vai botar postinho de saúde ou ceder a ambulância particular (qual é a diferença?) e em que os viciados em crack – cujo porte não dá cadeia – sustentam o vício com furtos cometidos contra as casas dos pobres, com portas frágeis e sem alarme, seguros de que o furto não tem punição legal.

Se os supostos representantes do povo realmente o fossem, se a fábula repetida nos anos eleitorais fosse real, se a lei atendesse aos desejos da população, não me espantaria se víssemos a volta da forca em praça pública e das chibatadas. O oposto diametral do novo projeto de Código Penal. Do mesmo modo, o bom senso já indica que de nada adianta criar cotas nas universidades se as escolas continuam diplomando analfabetos. Seria bom se realmente tivéssemos representantes eleitos. Muita coisa iria mudar.

FSSPX - Portugal

Tudo por amor a Jesus Cristo, Nosso Senhor.

Movimento Magistrados para a Justiça

"Uma visão conservadora de temas relacionados ao Direito"

O Legado d'O Andarilho

opiniões, considerações políticas e religiosas.

Roberta Acopiara's Blog

Just another WordPress.com weblog

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

pregarevangelho

Só mais um site WordPress.com

:.:Paródias da Professora Décia:.:

Paródias de uma professora cedrense!

Fratres in Unum.com

Ecce quam bonum et quam jucundum habitare fratres in unum.

Compartilhar é preciso.

Sinta-se livre para conhecer, aprender e compartilhar

§|Olhar Católico|§

Um Olhar Católico sobre o mundo!

Pacientes na tribulação

Apologética católica

Grupo S. Domingos de Gusmão

Fiéis Católicos de Maringá

Missa Tridentina em Brasília

Santa Missa no Rito Romano Tradicional

Vida, dom de Deus

Gratiam tuam, quaesumus, Domine, mentibus nostri infunde; ut qui, angelo nuntiante, Christi Filii tui encarnationem cognovimus, per Passionem eius et Crucem, ad Resurrectionis gloriam perducamur. Per eumdem Christum Dominum nostrum. Amen.

%d blogueiros gostam disto: