FUNDAMENTALISMO BÍBLICO


Dom Fernando Arêas Rifan*

O mês de setembro é o mês da Bíblia, todo dedicado a despertar e promover entre os fiéis o conhecimento e o amor dos Livros Santos, a Palavra de Deus escrita, redigida sob a moção do Divino Espírito Santo, motivando-os para sua leitura cotidiana, atenta e piedosa. No próximo dia 29, último domingo de setembro, celebraremos o dia nacional da Bíblia, véspera do dia de São Jerônimo, o grande tradutor dos Livros Santos.

A Bíblia é o livro sagrado por excelência, escrito para o nosso bem. “Toda a Escritura é inspirada por Deus, e útil para ensinar, para repreender, para corrigir e para formar na justiça. Por ela, o homem de Deus se torna perfeito, capacitado para toda boa obra” (II Tim 3, 16-17).

O ponto central da Bíblia, convergência de todas as profecias, é Jesus Cristo. O Antigo Testamento é preparação para a sua vinda e o Novo, a realização do seu Reino. “O Novo estava latente no Antigo e o Antigo se esclarece no Novo” (Santo Agostinho).

Devemos venerar profundamente as Sagradas Escrituras. Mas a religião cristã não é uma “religião do Livro”, como alguns a intitulam. O cristianismo é a religião da Palavra de Deus, não de uma palavra escrita e muda, mas do Verbo encarnado e vivo (São Bernardo). Por isso, proclamamos, ouvimos e acolhemos a Sagrada Escritura como Palavra de Deus, na linha da Tradição Apostólica, da qual é inseparável (Dei Verbum, 20).

Assim sendo, a Igreja Católica reprova a leitura fundamentalista da Bíblia, que teve sua origem na época da Reforma Protestante e que pretende dar a ela uma interpretação literal em todos os seus detalhes. O “literalismo” propugnado pela leitura fundamentalista constitui uma traição tanto do sentido literal como do espiritual, abrindo caminho a instrumentalizações. O fundamentalismo tende a tratar o texto bíblico como se fosse ditado palavra por palavra pelo Espírito e não chega a reconhecer que a Palavra de Deus foi formulada numa linguagem e numa fraseologia condicionadas a cada época (cf. Bento XVI, Verbum Domini, 44). O fundamentalismo desnatura a mensagem da Palavra de Deus. Tem uma tendência a uma grande estreiteza de visão, considerando, por exemplo, conforme a realidade uma antiga cosmologia já ultrapassada, só porque se encontra expressa na Bíblia; isso impede o diálogo com uma concepção mais ampla das relações entre a cultura e a fé. Quer usar certos textos da Bíblia para confirmar ideias políticas e atitudes sociais marcadas por preconceitos racistas, por exemplo, simplesmente contrários ao Evangelho cristão (cf. Pont. Com. Bíblica – A Interpretação da Bíblia na Igreja).

No rádio ou na TV, continuamente somos invadidos por mensagens fundamentalistas abrasadas contras os males do nosso tempo: anunciam catástrofes iminentes, possuem um código secreto que predisse certos eventos ocorridos no mundo, opõem-se à presença de mulheres trabalhando fora ou na política, etc., citando sempre a Bíblia ao pé da letra. Esse modo de interpretar é atraente e sedutor, como todo radicalismo, mas acaba por desacreditar e tornar antipática a própria Bíblia. Há que se notar, porém, que, embora o fundamentalismo bíblico tenha nascido no protestantismo, nem todos os evangélicos são fundamentalistas. E o fundamentalismo bíblico também pode atingir os meios católicos.

*Bispo da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney

http://domfernandorifan.blogspot.com.br/

ARTIGO FOLHA 500 II FUNDAMENTALISMO BBLICO.docx

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

FSSPX - Portugal

Tudo por amor a Jesus Cristo, Nosso Senhor.

Movimento Magistrados para a Justiça

"Uma visão conservadora de temas relacionados ao Direito"

O Legado d'O Andarilho

opiniões, considerações políticas e religiosas.

Roberta Acopiara's Blog

Just another WordPress.com weblog

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

pregarevangelho

Só mais um site WordPress.com

:.:Paródias da Professora Décia:.:

Paródias de uma professora cedrense!

Fratres in Unum.com

Ecce quam bonum et quam jucundum habitare fratres in unum.

Compartilhar é preciso.

Sinta-se livre para conhecer, aprender e compartilhar

§|Olhar Católico|§

Um Olhar Católico sobre o mundo!

Pacientes na tribulação

Apologética católica

Grupo S. Domingos de Gusmão

Fiéis Católicos de Maringá

Missa Tridentina em Brasília

Santa Missa no Rito Romano Tradicional

Vida, dom de Deus

Gratiam tuam, quaesumus, Domine, mentibus nostri infunde; ut qui, angelo nuntiante, Christi Filii tui encarnationem cognovimus, per Passionem eius et Crucem, ad Resurrectionis gloriam perducamur. Per eumdem Christum Dominum nostrum. Amen.

%d blogueiros gostam disto: