A verdadeira falsa entrevista de Francisco ao La Repubblica!


Eugenio Scalfari, fundador do La Repubblica, admitiu ter atribuído ao Papa palavras que este não disse!

Jean-Marie Guénois, em Le Figaro

Publicado em 22/11/2013

Tradução Montfort 

Eugenio Scalfari, antigo diretor do La Repubblica, finalmente reconheceu ter atribuído ao Papa Francisco afirmações que esse último nunca fez em uma entrevista publicada na Italia em 1º. de outubro último.

 

imbroglio da verdadeira-falsa entrevista do papa Francisco, em 1º. de outubro, no La Repubblica, quotidiano de esquerda italiano, continua a provocar ondas. O site oficial do Vaticano acaba de retira-la para evitar toda confusão entre “texto jornalístico” e “magistério do Papa”. Quanto ao autor da entrevista, Eugenio Scalfari, 89 anos, fundador desse jornal, ele reconheceu, ontem, ter ”posto entre aspas” frases que nunca foram pronunciadas pelo Papa, afirmando, entretanto, ter reportado fielmente o essencial do que lhe tinha dito Francisco em uma conversa espontânea. E, sobretudo, que ele tinha recebido o sinal verde, antes da publicação, de um dos dois secretários pessoais do Papa.

Contudo, vê-se agora, claramente, que o encontro concedido por Francisco a esse jornalista era de ordem pessoal e que jamais fora previsto como uma entrevista propriamente dita. Sem anotações e sem gravação, Eugenio Scalfari, portanto, reconstruiu uma entrevista, como reconheceu quinta-feira em Roma, afirmando que sempre trabalhou assim ao longo de sua brilhante carreira.

Um imbroglio embaraçoso

Ficou claríssimo também que um dos dois secretários do Papa, acusado publicamente por Scalfari, deu sinal verde à publicação. O jornalista fizera questão, de fato, de submeter o texto final à aprovação, antes da publicação, mas Francisco, posto diante do fato consumado, não teria tomado o tempo de reler, “confiando”, segundo Scalfari, no seu trabalho.

Resumindo, um imbroglio do começo ao fim, que constrange hoje profundamente o Vaticano: utilização e manipulação de uma conversa particular para transforma-la à revelia do Papa em uma entrevista; autorização evidentemente subtraída ao Papa para a publicação de um texto que ele não reviu pessoalmente; escusas do autor, uma das referencias do jornalismo italiano, para encobrir o fato de que ele escreveu de memória, do começo ao fim, essa pseudoentrevista.

Na Igreja Católica, essa “entrevista”, publicada em três páginas do La Repubblica tinha suscitado uma profunda incompreensão e um grande mal estar. As formulações chocantes e sem nuance do Papa Francisco o faziam aparecer como um verdadeiro “progressista”, na linha do chamado “espírito do Concílio Vaticano II”, portanto, em ruptura total com o pontificado de Bento XVI. Em outras palavras, como digno herdeiro daquele que foi o adversário do Papa alemão – o Cardeal Martini. Esse último, hoje falecido, era amigo próximo de Scalfari, o qual é, por sua vez, declaradamente laico [ou seja, ateu!]. São encontradas, aliás, formulações “martinianas” características na entrevista, que nunca antes tinham sido pronunciadas pelo Papa Francisco! Eis aí o inconveniente da memória, que não hesita em projetar e a tomar seus desejos pela realidade…

Teria sido uma posição extremada do Papa Francisco, que não combinava nem com o exame dos fatos e gestos, nem com os discursos efetivos de seu pontificado. No dia seguinte dessa estranha publicação, Le Figaro, que havia logo e diretamente verificado junto a Eugenio Scalfari as condições de seu encontro com o Papa, foi a primeira mídia a questionar a autenticidade e a credibilidade desse “documento” que merece, como um caso modelo, o título de “verdadeira falsa entrevista”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

FSSPX - Portugal

Tudo por amor a Jesus Cristo, Nosso Senhor.

Movimento Magistrados para a Justiça

"Uma visão conservadora de temas relacionados ao Direito"

O Legado d'O Andarilho

opiniões, considerações políticas e religiosas.

Roberta Acopiara's Blog

Just another WordPress.com weblog

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

pregarevangelho

Só mais um site WordPress.com

:.:Paródias da Professora Décia:.:

Paródias de uma professora cedrense!

Fratres in Unum.com

Ecce quam bonum et quam jucundum habitare fratres in unum.

Compartilhar é preciso.

Sinta-se livre para conhecer, aprender e compartilhar

§|Olhar Católico|§

Um Olhar Católico sobre o mundo!

Pacientes na tribulação

Apologética católica

Grupo S. Domingos de Gusmão

Fiéis Católicos de Maringá

Missa Tridentina em Brasília

Santa Missa no Rito Romano Tradicional

Vida, dom de Deus

Gratiam tuam, quaesumus, Domine, mentibus nostri infunde; ut qui, angelo nuntiante, Christi Filii tui encarnationem cognovimus, per Passionem eius et Crucem, ad Resurrectionis gloriam perducamur. Per eumdem Christum Dominum nostrum. Amen.

%d blogueiros gostam disto: