Mentira estampada da propaganda maçônica


[A propaganda maçônica sempre fêz questão de estampar “que ela proíbe expressamente discutir sobre política e religião”, no entanto como é típico desta Ordem, a mentira e enganação, principalmente direcionada aos neófitos, é a regra que a conduz. A notícia abaixo exprime muito bem que a Maçonaria discute sim política e é óbvio que ela influencia de maneira poderosa a sociedade levando-a cada vez mais para o caos. Ora, se política ela discute, é lógico crer que também religão é discutida nos ambientes maçônicos. E como! Bastam ver as ultimas declarações do GOF. Não são poucas as especulaçãoes da infiltração da Maçonaria no Concílio Vaticano II que explodiu a bomba que hoje é a crise da Igreja]

 

Maçonaria quer influir na política do País

Ricardo Santana

Os maçons da Grande Oriente do Brasil (GOB) estão em processo de campanha para a eleição de um novo Grão-mestre geral. O senador Francisco Mozarildo de Melo Cavalcanti concorre ao posto e fez campanha na última segunda-feira com os maçons da Loja Maçônica Arquitetos de Ormuzd, de Bauru.

A GOB é um ramo da maçonaria brasileira mais tradicional. Cavalcanti é senador da República pelo Estado de Roraima. O senador do PTB comenta que a maçonaria tem como objetivo retomar sua atuação política decisiva nos rumos da política do Brasil sem partidarização. Cavalcanti contextualiza que a maçonaria contribuiu nos principais eventos históricos do Brasil. O senador cita a influência de membros da maçonaria na Proclamação da Independência, Abolição da Escravatura e Proclamação da República. Ele detalha que os três movimentos foram planejados e executados por membros da maçonaria. Atualmente, os maçons têm atuado fortemente contra a corrupção. Cavalcanti cita que, pela inserção social dos membros maçons, a instituição tem muito a contribuir com o processo político brasileiro. “É um século para batalhar pela educação, contra a corrupção, a liberdade, igualdade e fraternidade”, cita o senador.

Formalmente, a maçonaria existe no Brasil desde 1822 e no mundo é uma instituição milenar. A atuação da maçonaria também se destaca no campo assistencial com manutenção de creches e escolas.

Cavalcanti está visitando as lojas do Estado de São Paulo em que a GOSP está muito presente, em todas as regiões. Conforme informação do site da GOSP, são mais de 746 Lojas, com mais de 21 mil obreiros e presente em cerca de 230 municípios (36% das 645 cidades paulistas).  A renovação de Grão-mestre geral é realizada a cada cinco anos e a próxima eleição está agendada para o dia 9 de março de 2013.

Fonte: JCNET

De novo o Grande Oriente da França


Retirei de: http://freirojao.blogspot.com.br/2012/11/a-maconaria-mostra-sua-cara.html
“A definição dos direitos humanos depende só da vontade coletiva dos homens.”
 
“O Grande Oriente da França condena energicamente as declarações da Igreja Católica acerca do projeto de lei sobre a abertura do matrimônio civil a todos os parceiros, que será apresentado na quarta ao Conselho de Ministros.”
(…)
“A referência feita pelo cardeal André Vingt-Trois de que ‘as profundas mudanças legislativas poderiam transformar radicalmente as relações que sustentam nossa sociedade’ refletem posturas obscurantistas completamente descompassadas das necessárias evoluções sociais e políticas de nosso tempo.”
(…)
“Em nome da laicidade, o Grande Oriente da França recorda que as igrejas devem estar restritas unicamente à esfera espiritual [grifos meus], e não devem interferir, com imprecações e declarações violentas e detestáveis, no legítimo debate público e democrático (…).”
(Projet de loi sur le mariage pour tous,
disponível em francês no site do Grande Oriente da França)
Pois é, mon chers, eu não vou relembrar as sucessivas declarações da Igreja de incompatibilidade da fé católica com a maçonaria. Eis ai suas cores sendo demonstradas. Se vocês não acreditam na Igreja, acreditem na maçonaria contra a Igreja em suas próprias palavras.
Repito aqui as palavras indignadas e corretas do blog Ecclesia Una:
“A nota segue. As declarações do cardeal de Paris, Vingt-Trois, condenando o casamento gay, são, no linguajar maçônico, “posturas obscurantistas”, “declarações violentas e detestáveis”. Ah, o velho anticlericalismo maçônico… O mesmo que tentou destruir a Igreja Católica no século XVIII; o mesmo que tirou a educação religiosa de nossas escolas; o mesmo que atacou a família, militando por todas as vias possíveis a favor do divórcio… o mesmo que, agora, quer restringir as igrejas “unicamente à esfera espiritual”! E depois vêm alguns – bispos, até! – dizer que, ah!, deve havercomunhão fraterna entre os católicos e os maçons… Que comunhão fraterna, cara-pálida? Estão querendo tirar nossa liberdade de entrar na esfera política, de participar do debate público! Estão querendo calar a nossa boca! E, no fim, ainda falam de “democracia”… Só se for a democracia do demônio: todo mundo pode “dar pitaco”, menos os bispos, padres e leigos católicos.”

Interessante análise do filme Anjos e Demônios


O vídeo abaixo eu o encontrei no siteAnti Nova Ordem Mundial” e achei sóbrio o suficiente para compartilhar com meus poucos leitores. Ele faz uma breve análise das intenções “conspiratórias” do filme que, na minha opinião, fazem sentido. Só não gostei do final do filme onde aparentemente o autor insinua uma passado sujo da Igreja, o que não deixa de ser normal tratando-se de um protestante (isso, pelo que presumi, o cara é protestante).

Para deixar claro: não indico a leitura ou seguimento deste site e autor do vídeo, e convido ao caro (e raro) leitor a, caso interesse em lê-los mesmo assim, olhá-los critica e “católicamente”.

Sou um católico fervoroso, devoto de Nossa Senhora, Temente a Deus e MAÇON


Sou um católico fervoroso, devoto de Nossa Senhora, Temente a Deus e MAÇON.
Confesso-me diretamente com Ele, e sempre que posso, comungo.
Essa “birra” da igreja não tem qualquer embasamento. NÓS sabemos o porque.
A maçonaria não é uma religião.
“È um conjunto de ensinamentos relativos à moral, apresentados e explicados sob a forma de símbolos e alegorias”.
Não tentem misturar as coisas…

Quer saber mais? Dá uma olhada nestes comentários aqui.

Publicado em Maçonaria. Tags: . 1 Comment »

“À mocidade é que devemos dirigirnos, a ela é que devemos seduzir, sem que disso desconfie, sob o estandarte das sociedades secretas”


 

Você jovem que se interessa pelo secreto, que vê na Maçonaria uma instituição curiosa e interessante de ser seguida, ou tal vez até mesmo algo bom, veja os métodos desta instituição. Veja que não vem de agora:

Esmagai o inimigo quem quer que ele seja, esmagai o poderoso à força de maledicência ou de calúnias; mas principalmente esmagai-o no ovo. À mocidade é que devemos dirigirnos, a ela é que devemos seduzir, sem que disso desconfie, sob  o estandarte das sociedades secretas. Para caminhar com passos contados, mas seguros, nesta via perigosa, duas coisas são indispensáveis. Deveis simular a simplicidade das pombas e a prudência das serpentes. Vossos pais, filhos e mulheres, até, devem sempre ignorar os segredos que guardais no peito; e se vos aprouvesse, para melhor iludir as vistas inquisitoriais, ir muitas vezes à confissão, estais como de direito autorizados a guardar o silêncio mais absoluto sobre estas coisas. Vós sabeis que a mínima revelação, o mais leve indício que escape no tribunal da Penitência ou em outra qualquer parte, pode acarretar grandes calamidades, e que o revelador voluntário ou involuntário assina a sua sentença de morte.

Documento da Loja Maçônica Alta Venda apreendido pela Polícia dos Estados Pontifícios em 1846.

“Envolvei-o com todos os laços que puderdes armar-lhe debaixo dos pés”


Êis os métodos daquela que se diz uma ordem de justiça e verdade:

Uma palavra que se inventa com habilidade e se tem a arte de derramar no seio de certas famílias honradas e escolhidas para que daí desça aos botequins e destes às ruas: uma palavra pode algumas vezes matar um homem. Se um padre chegar de Roma para exercer alguma função pública nos confins da província, indagai logo qual é o seu caráter, antecedentes, qualidades e defeitos principalmente. É ele um inimigo declarado? (…) Envolvei-o com todos os laços que puderdes armar-lhe debaixo dos pés: criai-lhe uma dessas reputações que atemorizam as crianças e as velhas; pintai-o cruel e sanguinário, contai alguns feitos de crueldade que possam facilmente gravar-se na memória do povo. Quando os jornais, por intervenção nossa, se aproveitarem destas narrações, que eles aformosearão inevitavelmente, pelo respeito à verdade, mostrai ou antes fazei mostrar por algum respeitável imbecil, essas folhas onde estão relatados os nomes dos indivíduos e os excessos inventados. Na Itália não faltarão, como não faltam para as mentiras úteis à boa causa. Com jornal, cuja língua ele não compreende, mas onde encontrar o nome do seu juiz ou delegado, o povo não precisa de outras provas. Ele está na infância do liberalismo, crê nos liberais como depois crera em nós, não sabemos muito em que.

Documento da Loja Maçônica Alta Venda apreendido pela Polícia dos Estados Pontifícios em 1846.

“para destruirmos o rochedo sobre o qual fundou Deus a sua Igreja”


Planos maçonicos do século XIX que aparentemente, repito: aparentemente, estão bem encaminhados. Por que tanto silêncio do clero brasileiro quanto a esta maldita sociedade? Leia o que se segue:

(…)O Papa, seja ele quem for, não virá para as sociedades secretas: a estas é que cumpre dar os primeiros passos para a Igreja, a fim de vencê-los a ambos (o Papa e a Igreja).

O trabalho que vamos empreender não é obra nem de um dia, nem de um mês ou ano: pode durar muitos anos, um século talvez; mas, em nossas fileiras, morre o soldado e o combate continua. Não está em nossa mente angariar os Papas para a nossa causa, fazer deles neófitos para os nossos princípios, propagadores de nossas idéias. Seria sonho ridículo e por qualquer modo que os sucessos volteiem, que os cardeais e prelados, por exemplo, hajam entrado por vontade ou surpresa em uma parte dos nossos segredos, não é isto uma razão para desejarmos a sua elevação à cadeira de Pedro. Esta elevação perder-nos-ia: bastava a ambição para os impelir à apostasia, a necessidade do poder havia de forçá-los a imolar-nos. O que devemos pedir, procurar e encontrar, como os judeus esperam o Messias, é um Papa adaptado às nossas necessidades.

(…)

Assim marcharemos com mais firmeza ao assalto da Igreja, do que por meio dos escritos de nossos irmãos da França, e até do ouro da Inglaterra. Quereis saber a razão? É porque, deste modo, para destruirmos o rochedo sobre o qual fundou Deus a sua Igreja, não precisamos de vinagre corrosivo, pólvora, ou mesmo de nossos braços: teremos o dedinho do sucessor de Pedro envolvido na conspiração e este dedinho vale, em tal cruzada, todos os Urbanos II e S. Bernardos da Cristandade.

Não duvidamos chegar a este termo supremo de nossos esforços; mas quando e como? Ainda se não acha desembaraçada a incógnita. Sem embargo, como nada nos deve desviar do plano traçado e, pelo contrário, tudo deve concorrer para ele, como se o êxito feliz devesse coroar desde o dia de amanhã a obra apenas planejada, queremos nesta instrução que ficará secreta para os simples iniciados, dar aos prepostos da Alta Venda conselhos que eles deverão transmitir à universidade dos irmãos, sob a forma de doutrina ou memorandum. Importa principalmente, usando de certa discrição cujos motivos são palpáveis, nunca deixar pressentir que estes conselhos dimanam das ordens desta Venda. Manobra-se aí em demasia com o clero para que possamos a esta hora brincar com ele como com um desses pequenos soberanos ou príncipes que um sopro faz desaparecer.

Documento da Loja Maçônica Alta Venda apreendido pela Polícia dos Estados Pontifícios em 1846.

FSSPX - Portugal

Tudo por amor a Jesus Cristo, Nosso Senhor.

O Legado d'O Andarilho

opiniões, considerações políticas e religiosas.

Roberta Acopiara's Blog

Just another WordPress.com weblog

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

Blog do Curso Técnico em Informática do IFCE - Campus Iguatu

pregarevangelho

Só mais um site WordPress.com

:.:Paródias da Professora Décia:.:

Paródias de uma professora cedrense!

Fratres in Unum.com

Ecce quam bonum et quam jucundum habitare fratres in unum.

Compartilhar é preciso.

Sinta-se livre para conhecer, aprender e compartilhar

§|Olhar Católico|§

Um Olhar Católico sobre o mundo!

Pacientes na tribulação

Apologética católica

Grupo S. Domingos de Gusmão

Fiéis Católicos de Maringá

Missa Tridentina em Brasília

Santa Missa no Rito Romano Tradicional

Vida, dom de Deus

Gratiam tuam, quaesumus, Domine, mentibus nostri infunde; ut qui, angelo nuntiante, Christi Filii tui encarnationem cognovimus, per Passionem eius et Crucem, ad Resurrectionis gloriam perducamur. Per eumdem Christum Dominum nostrum. Amen.

%d blogueiros gostam disto: